segunda-feira, 21 de novembro de 2011

The little aviso.

Apartir de agora, como estou sem tempo, não poderei atualizar o Vanessa Hudgens Fashion Blog como já devem saber, mas ele continuara sendo atualizado por uma amiga minha. Para manterem-se sempre informados..
Clique aqui para acessar o site

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Eu realmente sinto muito.

Bom... Sabia que um dia as coisas iriam ficar realmente apertadas e que eu teria que vim aqui falar isso, nesse final de ano percebi que as coisas não podem ficar mais do jeito que estão.
Durante todo esse ano, eu me dedicava mais ao blog, do que a escola e outras coisas da minha vida social. E agora as coisas ficaram realmente "feias pro meu lado". A partir de domingo não irei postar mais, motivo: terei que me dedicar 110% a outras coisas. Eu pretendia terminar essa historia ate o inicio do mês, mas com a falta de comentários não foi possível.
Pretendo sim voltar e terminar essa historia, porem só TALVEZ pro dia 9 de Dezembro ou 23 de Dezembro. Não sei bem ao certo, dependera da minha dedicação ao que vou fazer. Quanto ao Vanessa Hudgens Fashion Blog ira ficar um pouquinho desatualizado, e ao One-Shot By Maddi, terá sua estreia adiada, para Dezembro. Não espero que entendam, mas espero que não me abandonem e que não fiquem chateados comigo..
Ate Dezembro..
Xoxo

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Divulgação

Esse é o blog da Carolzinha: Storys!
Passem lá, acho que vai ser muito bom (porque acho, porque ela ainda não fez postagem alguma.. Mas aposto que será otimo)

Só mais uma coisinha... Cade os comentários??? Faltam dez.. Se não, nada de capitulo.
xoxo Comentem

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Capitulo 28 + Divulgação

Oie.. Desculpa a demora, estava (ou estou sei lá) sem um pingo de paciência, sem animo pra postar, alem de sem animo pra fazer tudo... Alem de vim postar o capitulo vim divulgar dois blogs super legais, o primeiro o da Barbara: O fim nunca é o fim e também a Let's Lanza pediu pra divulgar o blog da Manu: A Prostituta e o Empresário. Então esta ai, os dois blogs. São super legais Vale à pena passar lá.
Agora o capitulo... :/

As horas se passavam, o desespero aumentava e nada daquele telefone tocar novamente. Zac já estava a beira do precipício. Tentou ligar novamente para o numero que ligou para seu telefone, mas em todas as vezes que tentava a mulherzinha com a voz chata dizia que o numero não existia. Zac estava frustrado. Porque justo hoje. Tinha planos para aquela noite, mas não, o carro tinha que estragar no meio do caminho, para piorar, estava sem sinal. Não conseguia se quer chamar um guincho. 
Vanessa naquela casa não estava menos aflita que Zac, os filhos dormiam como se nada se passava, tranquilos e serenos. Vanessa estava em um quarto do segundo andar, onde as janelas estavam bloqueadas com madeiras e grades. Impossível de fugir dali. Alem do mais, que Alex tinha homens pela redondezas trabalhando para ele, e algum movimento estranho Alex seria avisado.

 - Como vai minha queria esposa? - disse Alex entrando no quarto com um bandeja de comida. - Com fome?
 - Com nojo desse lugar, e principalmente de você.
 - Ah, que pena, mas terá que se acostumar. Já que moraremos juntos pelo resto da eternidade. Eu, você e nossos filhos lindos.
 - Eu te odeio.
 - Eu também te amo - colocou  bandeja ao lado dela e disse: - Se tentar algum gracinha já sabe ne? - saiu do quarto.

Vanessa jogou a bandeja no chão, se levantou, e fechou a porta. Se levantou e ficou andando de um lado para o outro. Sem saber o que fazer, com fome, com saudades de Zac e com medo resolveu dormir. Quem sabe quando acordasse não poderia perceber que aquilo era um pesadelo. Que nada estava acontecendo. 
Mas para sua infelicidade na manha seguinte, tudo se comprovou real. Aquela casa, aquele lugar, aquela pessoas. Tudo era real. Eram por volta das oito da manha, os meninos já estavam acordados, brincando com alguns brinquedos que estava no berço. Vanessa pegou os pequenos e desceu.
Surpreendeu-se ao ver um advogado na sala. Como Alex dissera que iria fazer. Vanessa deu alguns passos para trás, rezando para que Alex não tenha a visto, porem foram em vão.

 - Vanessa querida, venha cá. - Vanessa sem alternativa obedeceu. - Esse é Carlos Magno o melhor advogado de toda Espanha, especialista em divórcios. 
 - Prazer. - disse fria. 
 - Prazer é meu senhorita. Sente-se que conversaremos sobre o divorcio.
 - Amor, deixe as crianças com as babá, as contratei hoje. Essa são Júlia e Maria.

As babá pegaram Gabi e David que resmungaram mas logo pararam, Vanessa olhou para a mesinha de centro, havia alguns papeis que determinariam seu futuro. A conversa foi longa. o Advogado foi curto e claro quanto ao divorcio. 

 - Agora basta assinar aqui, que enviaremos os papeis para Zachary. - disse o advogado.
 - Eu... Eu... Eu.. não.. não.. - Alex a fitava como se fosse mata-la.
 - Amor, venha cá um instrantinho.

Alex e Vanessa foram a uma salinha pequena, parecido com um escritório. Ele a colocou contra a parede, segurava seu braço com força e dizia frio. 

 - Se você não assinar aquela porra de divorcio, eu juro que na frente daquele advogado, mato você e seus filhos. E depois vou atrás de Zachary.
 - Por favor não faça isso.
 - Então assine aquele papel.
 - Eu assino - disse chorando. - Me solta esta me machucando.
 - Agora para de chorar, lave o rosto e vá assinar aquela merda. - soltou ela, que caiu no sofá ao lado.

Alex voltou para a sala, deixando Vanessa desesperada no escritório. Ela fez o que ele disse, voltou para a sala, pediu desculpas pela demora. Pegou a caneta. Fitou o papel, não com duvida, mas sim com medo. Medo do que podia vim, medo do que o Zac pensaria sobre isso. Medo de tudo. Alex disse:

 - Vamos amor, quanto mais rápido melhor certo?
 - Certo. - sua voz falou ao concordar.

Vanessa, vendo não ter outra alternativa assinou o papel. Soltou a caneta e colocou a mão no rosto. Poderia esta cometendo o maior erro de sua vida. Mas naquele momento era o que achava certo, para salva a vida de seus filhos, e de seu verdadeiro amor. Quem sabe um dia não voltam a se encontrar?

O que acharam?? Fiz meu melhor 
14 Comentários para o próximo :D
xoxo

sábado, 12 de novembro de 2011

Capitulo 27 - mini

Vanessa tentava permanecer-se calma, mas parecia impossível. Alex dirigia em alta velocidade, Vanessa estava com os filhos no colo, iria protege-los, aconteça o que acontecer. Zac ao chegar em casa, estranhou a calmaria. Chamou por Vanessa, mas sem resposta. Procurou no quartos dos filhos, no quarto deles, no banheiros.. Nada! Vanessa não estava em nenhum canto daquela casa. Sua bolsa estava lá, as chaves do carro, as bolsas das crianças. Tudo o que ela precisaria para sair estava ali.
Ele logo percebeu que só poderia ter sido culpa de Hanne a Alex. Zac estava se culpando pelo que tinha acontecido, "como pude tão estúpido a isso?" - perguntava a si mesmo. "Se acontecer alguma coisa com os meninos ou a Vanessa, eu me mato" - pensou. Zac estava desesperado, andava de um lado para o outro sem saber o que fazer. O telefone tocou, ele deu um pulo e foi atender.

 - Vanessa?
 - Sinto decepciona-lo Zachary
 - Onde esta a Vanessa, Hanne?
 - Ela esta bem. Mas não estará daqui alguns minutos.
 - Se você tocar em um fio de cabelo dela eu juro que te mato.
 - Ei, calminha ai, caso você não faça o que mandarmos, jamais verá ela novamente.
 - Primeiro deixe-me falar com ela.

Hanne passou o telefone para Vanessa, e disse que ela teria cinco minutos.

 - Zac?
 - Meu amor você esta bem? Eles fizeram alguma coisa?
 - Estou bem, só estou assustada. Estou com medo Zac.
 - Vai ficar tudo bem. Eu não vou deixar que eles façam nada com vocês.

Hanne tomou o celular de Vanessa e disse tempo esgotado.

 - Ate mais Zachary
 - Espe...

Hanne desligou antes que Zac pudesse terminar a frase. Ao chegarem em seu destino, era um lugar afastado de tudo, era parecido com uma fazenda, porem um pouco abandonada. A casa era grande, devia ter uns três andares, tinha uma piscina nos fundos e um pequeno jardim na frente. Hanne entrou primeiro, depois Vanessa e Alex atrás de Vanessa, apontando a arma para ela.

 - A partir de hoje essa será sua nova casa. - disse Alex colocando a arma em cima de uma mesinha de centro.
 - Como é?
 - Isso mesmo, amanha um advogado vira para iniciar o processo do divorcio, e logo logo você será minha mulher.
 - Nunca.
 - Claro que sim, a menos que queria ver seus lindos bebes mortos.

Vanessa deu um passo para trás, se assustou com o modo de como ele disse. Foi tão frio, sem sentimentos era melhor obedecer.

O que acharam???
Bom, ruim, péssimo, maravilhoso??
Queria pedir desculpas por não ter postado antes, e também por não postas no one-shot by maddi. Estou super atolada, tenho dois trabalhos pra fazer, provas, livros pra ler. Estou sem tempo, mesmo. Eu não sei quando irei postas no one-shot by maddi, quando tiver um tempinho eu posto lá.. ok??
dez comentários para o próximo capitulo.. XD

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Sorry, Sorry, Sorry...

Era pra mim ter postado ontem no blog (one-shot by maddi) nê?? mas aconteceu uns imprevistos, eu tinha esquecido que tinha prova de matemática, (sorte que lembrei a tempo de estudar), depois tive que fazer muitos deveres... Queria postar hoje, mas não vai da estou lotada de trabalhos pra fazer, tem trabalho de geografia da professora nova, trabalho de historia (um jornal), tenho dever de duas matéria (o pior muito, e deveres atrasados também), tenho que ler um livro em dois dias, pra prova de literatura... e alem do mais, tenho medico, vou tentar fazer de tudo pra postar ate quarta, aqui e no one-shot by Maddi.. Ok.. xoxo <3

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Divulgação

Vanessa Hudgens Fashion Blog (on Facebook) - agora também na rede social, você poderá acompanha as atualizações do blog. Um modo diferente de nos mantermos sempre actualizados na nossa Diva, Vanessa.
Vanessa Hudgens Fashion Blog - você que tem algum conta no Blogger, é fã da nossa querida Vanessa, quer manter-se sempre atualizado nas noticias, aparições publicas, novos projetos, e também o estilo de Vanessa. Esse é o luga ideal.
One-Shot By Maddi - meu mais novo blog, de one-shot. Ou seja, historia curtas, rápidas de lê, e divertidas de escrever. Contendo um único capitulo, nele inicio, meio e fim, será inspirada em livros, filmes, ou todas de total autoria minha.

 Obs:
        - A primeira One, esta quase no fim, ate amanha, ou domingo posto. 
        - Já comentou no capitulo de Don't you remember? Não?! Esta esperando o que? Quanto mais comentários tiver, mais rápido vou postas o próximo capitulo

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Capitulo 26

Semanas após o natal. Estava tudo muito calmo, Vanessa não havia voltado a trabalhar, Zac sim. Estava quase próximo ao ano novo, eram por volta das seis da tarde, David e Gabi estavam agitados, Vanessa estava tentando dar papinha para eles, mas parecia impossível. Eles riam das tentativas fracassadas da mãe.

 - Coopera meu amor - disse para Gabi. - David é pra comer, não fazer bagunça. - riu - Nunca pensei que seria tão difícil cuidar de dois bebes.

David estava com o rosto todo sujo de papinha de banana -(eu acho uma delicia, tem gosto tipo de doce de banana, esperimentei a da vitoria uma vez kk) - tinha derramado vários cereais no chão, a cozinha estava realmente uma bagunça. Gabi nem se fala, sempre avançava a mãozinha na colher e derramava a papinha toda, sujando ela e Vanessa.
Estava começando a escurecer, "Zac já devia ter chegado" - pensou, um vento frio entrou pela porta que dava à varanda, Vanessa se assustou. Seu coração acelerou, tinha alguém ali. Ouvirá passos, não eram os de Zac, se não teria ouvido o barulho do carro. Assustada levantou, colocou algo para entreter os meninos. Puxou uma faca do faqueiro e foi em direção a porta de entrada para tranca-la.

 - Surpresa? - disse Alex

Vanessa se assustou, deu um passo para trás e olhou para os filhos, estavam entretidos com a bagunça que fizeram.

 - O que esta fazendo aqui? - disse com a faca próximo a ele.
 - Vim fazer uma vizitinha de velhos amigos, não posso?

Hanne entrará na casa agora, porem pela porta principal, se aproximou dos meninos e disse:

 - Eles não são as coisinhas mais linda que você já viu Alex. - disse pegando David. Que resmungou um pouco. - Devem ser o orgulho da mamãe e do papai.
 - Coloque ele na cadeirinha, e saia de perto deles ou...
 - "Ou" o que? - disse Hanne. - Vanessa, sabe que não tem coragem de fazer nada.

Vanessa ficou calada, seria melhor que não a provocasse, ela estava com David no colo, poderia fazer alguma coisa contra seus filhos, e se fizesse, Vanessa nunca se perdoaria.

 - Então, onde esta o maridinho? - em um movimento rápido, Alex conseguiu tirar a faca da mão de Vanessa, e coloca-la contra seu pescoço.

O coração de Vanessa estava acerrelado, onde Zac tinha se enfiado? Via Hanne brincando com David, Gabriella olhava atenta a atitude de Hanne a a reação de David. Ales não era nem um pouco gentil, torcia o braço de Vanessa a ponto de achar que se colocasse um pouco mais de força o quebraria.

 - Responde. - foi bruto, apertou com a mão o braço de Vanessa que gritou de dor.
 - Esta trabalhando. - respondeu - Você esta me machucando. - gemeu.
 - Serio, e se eu fizer isso? - apertou mais o braço de Vanessa
 - Para. Para por favor - girou.
 - Sabe que é bom vê-la implorando assim. - jogou Vanessa no sofá.

Hanne pegou Gabriella também, e se aproximou de Alex.

 - Meus parabéns Vanessa, você tem a família perfeita. - disse Hanne. - Tem um otimo marido, e filhos adoráveis. - disse colocando os bebes no chão. - Mas acho que as coisas não deveriam ser assim tão otimas.

Hanne após colocar os meninos no chão, rodeou um pouco a sala. Alex colocou a faca no móvel da TV, tirou uma arma e apontou para Gabriella.

 - Se fizer alguma coisa, eu atiro.
 - Eu não faço nada, eu juro. Mas agora não aponta essa arma para eles, por favor.
 - Calada. - disse frio.

Vanessa obedeceu, temendo que alguma coisa acontecesse. Hanne parou perto de uma foto que estava proximo a tv, era Zac e Vanessa no dia do nascimento dos gémeos, outra a do primeiro mês de Gabriella, segundo, terceiro (alguém ai já viu aqueles porta retratos de bebes que mostram os meses, então é tipo esse, caso não, clique aqui) e o mesmo de David porem azul.

 - Mas você tem algo que é meu. - abaixou os porta-retratos. - E que por direito tomarei posse.

Ouviu-se logo o barulho de um carro se aproximando, logo todos na casa constataram que era Zac. Hanne pegou Gabriella, mandou que Vanessa pegasse David e que saísse da casa sem fazer barulho. Hanne foi na frente, Vanessa atrás, com medo do que poderia acontecer e Alex por ultimo, apontando a arma para a cabeça de Vanessa...

aaaaaaaaaaaaah, eles voltara.. o.O
Então... mesmo faltando um comentário eu resolvi postar, porque estou feliz :P
Então... 14 comentários para o próximo capitulo desse misterioso trama...
xoxo