quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Capitulo 16

O voo foi longo e tranquilo, Vanessa dormiu a maior parte da viajem, a outra parte ficou conversando com a mãe ou olhando pela janela pensando em Zac. Ao chegar em Nova York, elas foram para o hotel, onde ficariam hospedadas. 


 - Vai lá agora?
 - Mais tarde. - sorriu 
 - Tudo bem, eu vou deitar, estou cansada
 - Vou dar uma volta por ai
 - Cuidado - disse Gina dando um beijo na testa da filha antes dela sair.
 - Pode deixar - sorriu


Vanessa não sabia onde iria, ou o que pretendia fazer só queria andar, pensar um pouco, pensar na vida, no passado, nos bebes e em Zac. A paisagem de onde estava era linda, estava perto do central park, sentou em um banco e ficou pensando.


Com Zac e Hanne.


 - Esta bem amor? - disse Zac chegando perto da cama. 
 - Sim. Vamos dar uma volta?
 - Com certeza. Onde gostaria de ir?
 - Sei lá, passear, ir ao central park talvez. - sorriu
 - Vamos.


Depois de se arrumarem, foram andando de mãos dadas pelas ruas de nova york rumo ao central park, parando em lojas e conversando. De longe Hanne viu Vanessa sentada em um banco no park, sentiu seu sangue fervendo de ódio, apesar de esta arrependida de esta fazendo isso com Zac não queria ver ele com Vanessa de jeito algum.


 - Amor vamos voltar?
 - Porque? Vamos dar uma volta no parque e depois voltamos
 - Não, então vamos nessa loja - disse puxando para a loja.


O que Hanne realmente não esperava e que os planos de Vanessa naquele momento era ir a mesma loja. Hanne tentou levar Zac para o mais fundo da loja pelo máximo de tempo possível.


 - Bom dia em que posso ajuda-los?
 - Vou experimentar esse vestido - disse Hanne. - Amor fique aqui que eu já volto.
 - Ta bem - ela deu um selinho nele e depois entrou no vestiário.


Pouco depois de Hanne entrar no vestiário Zac levantou e foi andar pela loja para ver se achava algo de entereçante.


 - Vanessa? - viu ela de longe e automaticamente foi ate ela. - Oi Vanessa
 - Han? - ela se virou e seu coração disparou - Oi Zac - sorriu
 - O que faz aqui?
 - Vim falar com você - sorriu tímida


Hanne assim que saiu do vestiário viu os dois conversando e ficou furiosa, deixou o vestido ali mesmo e foi ate eles.


 - Ola Vanessa, amor eu e o bebe estamos com fome.
 - Oi Hanne. - disse desfazendo o sorriso e segurando para não chorar. 
 - Perai Hanne, o que queria me falar Vanessa. 
 - Não era nada de importante, eu já vou. Tchau Zac
 - Vanessa espera...


Porem foi tarde de mais, assim que ela saiu da vista deles desabou em lágrimas.


 - Hanne, só estávamos conversando.
 - Eu sei, me desculpe. - abaixou o rosto.
 - Tudo bem, mas não faça isso mais.


Quem quer matar a Hanne poe o dedo aqui que já vai fechar e não adianta chorar!!!!
lol
O que acharam...? Obs: vou tentar sem mais presente no blog mês que vem... 
(quem sabe que dia e amanha??? Vou chorar:'()
XxxxX
10 Coments para o próximo 

sábado, 27 de agosto de 2011

Capitulo 15

Em quanto esperava a ligação de Ashley, Vanessa pensou o que falaria para Zac e pensou se ele aceitaria as desculpas dela. Ele de certa forma tinha todo o direito de agir como ela, mas Vanessa imaginou que ele seria mais compreensivo.


 - Hey Baby - disse Ashley assim que Vanessa atendeu. - Eu consegui a informação que queria
 - Então?
 - New York City. (obs: ashley deu o endereço todo ok?)
 - Valeu Ash - sorriu esperançosa. 
 - De nada, mas me conta qual vai ser o nome dos meus sobrinhos?
 - Gabriella e David

 - São perfeitos


Vanessa e Ashley ficaram no telefone pelas próximas uma hora, colocaram as fofocas em dia, Ash perguntou o que Vanessa pretende falar para Zac.


 - Ei, mas você esta preparada para talvez quando chegar lá ele estiver com outra?
 - Não. Mas vou arriscar.
 - Você também sabe que não pode se estressar certo?
 - Eu sei Ashley, vou fazer tudo na maior calma possível. 
 - Espero que sim.


Elas conversaram mais um pouco depois disso, e desligaram o telefone, Vanessa ligou para a companhia aérea, pediu para que reservassem sua passagem para o dia seguinte.


No dia seguinte.


Aquele seria o dia o qual Hanne nunca se esquecera... Ou talvez... Bem, aquele era o dia da ultra-sonografia, o dia que Zac iria fazer uma surpresa para Hanne, uma surpresa bem inesperada. A falsa consulta estava marcada para as dez da manha, um horário em que Zac estaria com certeza no trabalho, foi o que Hanne havia planejado. 


 - Bom dia amor - disse Zac acordando Hanne com um beijo no rosto. - Vamos nos arrumar, temos que ir à consulta
 - Bom dia, que horas são?
 - Nove horas.

Hanne logo caiu em si, o que diabos Zac estava fazendo ali?


 - O que você esta fazendo aqui, não devia estar trabalhando?
 - Devia, mas quis lhe fazer uma surpresa, vou a consulta com você.
 - Han? Mas... Mas... - "pensa, pensa, pensa... já sei" - Eu tive que remarcar a consulta para semana que vem.
 - Hum, que pena. Mas mesmo assim semana que vem eu vou com você e hoje posso aproveitar para mimar minha futura mulher e meu bebe. - disse passando a mão na barriga dela.


Aquele gesto de Zac fez ela se sentir muito culpada, ele estava realmente acreditando que ela estava gravida, que ele seria pai, ele seria mas não pai dos filhos dela. 


 - Zac, eu não estou me sentindo muito bem, vou ficar deitada e depois desço para tomar o café - deu um meio sorriso e depois virou para o lado.
 - Deve ser por causa da gravidez, o que esta sentindo?
 - Dor no coração. - disse melodramatica.
 - Estou lá em baixo qualquer coisa me grite. 
 - Claro.


Zac foi para a sala de tv, ligou a tv e ficou rodando os canais ate achar alguma coisa interessante para assistir, acabou que por fim assistiu uma matéria no E! sobre a Vanessa, onde fotografaram ela conversando e rindo com Charles.


 - É pelo menos ela estará sendo feliz.


Para Zac não importava com quem ela estivesse, mas sim que ela estivesse sendo feliz....


Com Vanessa


Gina iria com Vanessa ate Nova York, para que se algo acontecesse Vanessa tivesse alguém ao seu lado. 

 - Esta pronta Vanessa?
 - Não, eu não vou.
 - Porque não?
 - E se ele estiver com outra? Se ele tiver me esquecido? E se ele não quiser me ver nunca mais depois do tanto que eu esnobei ele?
 - Você só vai saber se for lá.
 - Então prefiro não saber.
 - Ande vamos, troque de roupa e enfrente os problemas, corra atrás dele, se ele estiver com outra, paciência. 


Vanessa deu um meio sorriso tristonho e concordou. Em poucas horas estava dentro de um avião rumo a New York...


O que acharam???
Se não tiverem gostado do capitulo falem que vou tentar melhorar no próximo..
10 comentário para o próximo
Xo

Divulgação e Desculpas

Eu sou muito enrolada... Sorry (Me explicando) Eu não postei o capitulo ontem porque estava sem ideias, literalmente, e quando as ideias vieram (por volta das seis e meia) tive que tomar banho pra ir no aniversario do neto da minha vizinha, Davi que fez um aninho... (ele é uma grassinha, e lá encontrei minha professora do prezinho - ela foi minha professora quando tinha tres anos - ai fiquei com a filinha dela caçula, Alice de seis meses) Hoje... Sem falta (juro) que vai ter capitulo..


Pessoal esse é o Blog da Bella, Secret Love 
Passem lá.. Vale MUITO à pena
Xo

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Divulgação

Oii.. O VHudgens Style, mudou de site e de nome, agora ela se chamara Vanessa Hudgens Fashion Blog, e esse é o Site.. 
Passem lá.. Gostaria que divulgassem pra mim, Por favor.. :)
(http://vanessahudgensfashionblog.blogspot.com/)


obs: se eu conseguir terminar o capitulo hoje eu posto, mas se não conseguir, so amanha. Sorry..
XOXO

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Sorry

Desculpem pela demora do capitulo, estou resolvendo uns problemas... Estava pensando em mudar o blog de site, mas ai bateu uma preguiça de conseguir todos esse 79 seguidores... Então acho que vou continuar nesse mesmo.. Estou de castigo, então acho que ate depois de amanha o capitulo sai..
XO.. Não me abandonem 

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Eu volto no domingo...

Pessoal, vou fazer uma pequena viajem... e vou hoje daqui a pouco, e volto no domingo de tarde... Então domingo (dependendo a hora que eu voltar) tem capitulo
XO

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Capitulo 14

obs: também achei que eles falaram eu te amo para o outro muito rapido, concordo... Mas não e aquele tipo de te amo que você diz pra uma pessoa que conhece a muito tempo, mas um te amo que mostra que estão tentando superar o passado.


Depois da inusitada surpresa no Shopping, Hanne ficou deitada o resto do dia conversando com Zac, ele pareceu bem compreencivel quanto a isso, evitou fazer perguntas, quando ela quiser e se sentir segura quanto aquilo ela contará, claro se ele tiver que saber... Porem Zac não se contia de curiosidade então perguntou:


 - O que aconteceu no shopping?
 - Encontrei um ex-namorado - mentiu - Ele era obcecador por mim, não me deixava fazer nada, mal respirar se autorização... 
 - Mas o que aconteceu entre vocês para ficar tão abalada?
 - Não quero falar sobre isso agora Zac
 - Tudo bem - disse ele um pouco decepcionado. - Não quero força-la a nada esta bem? - ela concordou


Durante a semana Hanne contratou uma organizadora de casamento para a ajudar com os preparativos, Zac estava insistindo para ir com ela na próxima ultra-som. Queria ver bebe, mas Hanne sempre tinha uma desculpa esparafada. A próxima consulta era para uma semana antes do casamento, Zac decidiu fazer uma surpresa para Hanne, não iria trabalhar naquele dia e iria com ela na consulta.
Vanessa por sua vez estava mais do que feliz, seus bebes estavam saudáveis, o que era otimo para ela que se preocupava muito com a saúde deles. O nome já estava basicamente decidido Gabriella e David. David foi uma escolha de Stella e Gabriella foi escolha de Vanessa. Ela pensava em Zac o tempo todo, Charles sabia que quando ela estava parada sentada na varando sozinha com uma chicara de café na mão ela estaria pensando em Zac.


 - Pensando no Zac? - disse ele sentando-se ao lado dela
 - Não... - gaguejou
 - Sabia que você ainda mente mal.
 - Você me pegou - riu um pouco sem graça.
 - Você ainda ama ele nê? - ela confirmou. - Eu ta amo, mas tenho que dizer: você esta sendo estúpida. - ela ficou surpresa - Você deveria ir atrás dele, perdoar ele, Vanessa quem vive passado e museu. 
 - Mas...
 - Mas, o caso é que você e orgulhosa de mais, não consegue admitir seus erros. Você devia ir atrás dele, vá atrás da sua felicidade


Ele sorriu e depois saiu de perto dela, era basicamente daquilo que ela precisava, quase um puxão de orelha. Ela sorriu e ficou pensando no que ele falou, pensou bem e entrou em casa.

 - Vou viajar - disse sentando na bancada da cozinha
 - O que? - disse Stella comendo um pedaço de bolo
 - Vou para... Para onde vou? - pensou, onde Zac estaria? Ela sabia bem quem poderia ajuda-la.
 - Mas vai viajar para que?
 - Vou atrás da minha felicidade - sorriu e subiu para o quarto.
 - Ela vai atrás e do Zac isso sim. - Stella riu


Vanessa entrou no quarto, pegou o celular e ligou para Ashley.


 - Hello baby - disse Ashley
 - Hello Tizz. 
 - Sumida, como esta meu bebezinho?
 - Estão bem.
 - Estão? Perai são gémeos? - gritou - Ai meu Deus!!! Vou ser madrinha de dois - comemorou 
 - Hei, calminha, mas não foi pra isso que eu te liguei. 
 - Pra que então oras?
 - Faz um favor pra mim? - Ashley disse Hurum - Liga pro Zac e pergunta onde ele ta, mas não fala que eu que quero saber.
 - Mas pra que você quer saber? 
 - Vou falar com ele.
 - Graças a Deus caiu na real. - riu
 - Rá Rá Rá 
 - Então vai fazer isso?
 - Sim


Pouco depois Vanessa desligou, sorriu e sentou na cama. Gina entrou logo em seguida no quarto da filha.


 - Finalmente tomou juízo e vai falar com ele 
 - Sim, graças a Charles

Ela levantou a sobrancelha surpresa, Gina porem não estava muito confiante com essa viajem, imagina se Zac estiver com outra? Tivesse esquecido Vanessa, apesar do pouco tempo que estão separados... E se ele tivesse seguido sua vida em frente? Gina não queria desanimar Vanessa, mas o nervosismo poderia fazer mal para o bebe e isso não era o que queriam.


Desculpem o tamanho do capituloo.. pequeno..
É porque estou ocupada, parei de fazer o que estava fazendo pra vim terminar (começar) a escrever, porque vi que tinha 16 coments.. e fiquei SUPER feliz com isso. Obrigada
xoxo
ps: 10 para o próximo

domingo, 14 de agosto de 2011

Selinhos...

Oie... 


Micaella obrigada pelos selinhos.. Obrigada mesmo!!!
Bruh... Quanto a sua proposta: adoraria.. Meu msn é: Madelynn_ann@hotmail.com








Vou endicar os cinco para nove blogs que eu adoro... e tem um selinho que tem tres perguntas para responder... Elas são:
 1. Você se considera uma boa escritora?
- Sim, as vezes.. Tem dias que estou super inspirada e ai o capitulo sai bom, ai me considero uma boa escritora.. Mas em outra horas.. pessima. lol


 2. Qual foi a maior loucura que você já fez pela Demi? 
 3. Você gostaria que o Joe e a Demi fizessem Camp Rock 3?
obs: eu não sei responder a pergunta 2 e 3, porque não sou fã da Demi, e nem de Camp Rock.. (tanto que ainda nem vi o dois).. lol!! Mas respeito e não critico.



Capitulo 13

Hanne e Lillie ficaram no shopping ate uma hora antes do jantar com os pais dela. Quando ela chegou em casa e viu que estava vazia, Zac provavelmente tinha saído... Ela colocou as sacolas no sofá e foi para o banho. 
Zac chegou em casa e viu as sacolas no sofá e ouviu o som do chuveiro e logo percebeu que Hanne tinha chegado, revirou os olhos ao imaginar que ela com certeza iria fazer zilhões de perguntas. Entrou no quarto escolheu um terno e colocou em cima da cama e esperou Hanne sair do banho.


 - Oi meu amor - disse ao sair do banho
 - Oi. O que fez?
 - Compras, e você onde estava?
 - Fui dar uma volta.
 - Onde foi?
 - Ali. - pegou a toalha e disse: - vou tomar banho. - logo ele entrou no banheiro e trancou a porta.  
 - Grosso. - sussurrou.


Zac não era grosso só estava cansado de chatice de Hanne... Pouco antes das sete os dois já estavam prontos, eles foram para o carro e para o restaurante onde encontrariam com os pais de Hanne. 
Os pais de Hanne estavam sentados em uma mesa no fundo do restaurante, estavam já tomando vinho quando Zac e Hanne chegaram.


 - Ola mamãe, papai. - disse Hanne cumprimentando os pais. 
 - Senhor - disse Zac serio apertando a mão do pai de Hanne. 


O jantar ocorreu sem muitas novidades - ate terminarem de jantar. Os pais de Hanne gostaram de Zac, e ficaram felizes pela filha estar feliz. 


 - Agora, a melhor parte da noite... - disse Hanne sorrindo. - Mãe, Pai, Zac e eu vamos nos casar.
 - Minha filha que otimo. - comemorou a mãe de Hanne
 - Parabéns minha filha - disse o pai dela.
 - E... estou gravida. 
 - Que maravilha. - disse a mãe de Hanne. - Serei avó


Hanne ficou com medo, estava se metendo em uma encrenca grande de mais... Mas fazia isso por sua felicidade. Os pais dela aceitaram Zac e concordaram com o casamento e ficaram felizes com a gravidez... Voltaram para casa por volta das onze e meia, quando estavam no quarto, Zac tirou o terno e Hanne chegou perto dele. 


 - Zac.
 - O que foi? - virou-se, e percebeu que estavam tão próximos - Hanne, eu quero me desculpar.
 - Por?
 - Por ser tão cruel com você, por não te dar atenção, por não te dar amor.

Ela sorriu, finalmente estava conseguindo o que queria, mas não percebeu que Zac estava sendo realmente sincero, que estava arrependido de verdade. Ela colocou os braços em volta do pescoço dele e beijou Zac. O resto da noite foi só amores...


 - Bom dia Hanne. - disse Zac beijando-a.
 - Bom dia amor. - disse retribuindo o beijo.
 - Dormiu bem?
 - Muito bem - sorriu maliciosa lembrando-se da noite anterior.


Com Vanessa


 - Oi Charles. - disse indo ate ele.
 - Bom dia Hudgens, dormiu bem?
 - Sim.
 - Como esta se sentindo?
 - Otima. - sorriu. - O que esta fazendo?
 - Vou levar os cavalos para dar uma volta, quer vim?
 - Adoraria - sorriu.


Eles colocaram as galochas e pegaram as rédeas dos cavalos.


 - O que fez ontem? Não te vi ontem o dia todo
 - Fui na cidade compras mantimentos
 - Hum. 


Eles ficaram em silencio durante alguns minutos, amararam os cavalos na árvore e se sentaram ali.


 - Pretende ficar aqui ate quando?
 - Ate os bebes nascerem, não tenho certeza. 
 - Qual será o nome já pensou?
 - Sim, Gabriella e David, talvez.
 - São lindo, e serão duas crianças lindas, igual a mãe.

Ela sorriu encabelada e abaixou um pouco o rosto, ele levantou o rosto dela e disse:


 - Eu te amo.
 - Eu também - deixou-se entregar pelos sentimentos que guardava dês de pequena.


Charles aproximou-se mais o rosto de Vanessa e a beijou, ela se entregou aquele momento, aquele beijo... Aquela pessoa. Achou que era momento de seguir em frente, momento de esquecer o passado e criar seu futuro.


 - Vanessa... Eu quero te ver feliz. - sorriu ao olhar para ela. - Quero que seja feliz seja com quem for.
 - Obrigada. Serei feliz aqui. - acariciou o rosto dele e deu um selinho e se levantou - Vamos voltar.
 - Claro.


Durante todo o caminho nenhum dos dois tiveram coragem de tocar no assunto do beijo, ficaram em silencio ate voltarem para casa.


 - Obrigada pelo passeio. - sorriu.
 - Sempre que quiser estarei aqui.
 - Obrigada de novo - ela deu um beijo no rosto dele e entrou em casa. 


 - Onde estava? - disse Gina assim que Vanessa entrou
 - Fui dar uma volta com Charles. Vou para meu quarto. - antes de subir deu um beijo no rosto da mãe
 - O que deu nela? - perguntou Stella
 - Sei lá


As duas riram...


Com Hanne e Zac


 - O que pretende fazer hoje? - disse Zac
 - Não sei, estava pensando de ir ao salão fazer unhas e escovar o cabelo.
 - Não, vamos ao shopping
 - Serio? Você odeia ir ao shopping.
 - Eu sei, mas vou fazer um sacrifício
 - Otimo - sorriu.


Hanne estava usando um vestido, uma sapatinha e um casaco Burberry, e Zac uma roupa social com um casaco Dolce & Gabbana. Foram para a garagem e depois direito para o shopping... A primeira loja a qual Hanne arrastou Zac, foi a Gap. Uma loja bem tradicional nos EUA, não vende roupas caras mas de qualidade. 


 - Olha quem encontro aqui - disse Alex à Hanne
 - O que faz aqui? - perguntou surpresa
 - Nada, estou morando aqui... E você.
 - Estou com Zac.
 - Ah então conseguiu o que queria? Com minha ajuda lembra-se?
 - Sim consegui, e se você estragar minha vida, eu te mato.
 - Serio? Estou morrendo de medo. - riu - Eu faço o que eu quizer sua idiota, caso não se lembra eu levei Vanessa ate onde você e Zac estavam e eu fiz ela acreditar que seria melhor não falar com Zac. E caso queira saber, eu posso ir muito bem ate ela dizer que você me ameaçou pra fazer aquilo
 - Você não teria coragem
 - Duvida? - ergueu as sobrancelhas. - Cuidado... Estou de olho em você.


Alex saiu antes que Zac voltasse. 


 - Zac, vamos embora?
 - O que? Mas acabamos de chegar
 - Por favor - começou a chorar. 
 - Tudo bem, calma, não chora - disse abraçando. ela.


Eles voltaram para casa, Zac sugeriu que Hanne fosse se deitar, estava nervosa e aquilo poderia prejudicar o bebe.

 - Esta melhor - disse Zac entrando no quarto com uma caneca de café para Hanne
 - Sim - sorriu - obrigada
 - Só estou cuidando de você e do meu filho


Aquelas palavras foram um baque pra Hanne, como se sentisse culpada pelo que estava fazendo.

 - Zac, se eu fizer algo que você não gostasse, você me perdoaria?
 - Sim. O que ouve?

 - Nada - mentiu.
 - Ei, fique tranquila... Eu te amo
 - Eu também te amo - beijou ele


EEEEEEEEEH, finalmente um capitulo grande. kk
O que acharam..
Eu mudei todo o final da fic.. Vai ter grandes revelações nos próximos capítulos.
xoxo
REMEMBER: 10 comts para o próximo

sábado, 13 de agosto de 2011

Capitulo 12

Com Zachary e Hanne


 - Vamos falar com meus pais amanha esta bem amor? - disse olhando para ele sorrindo.
 - Ta - disse sem um pingo de animação.
 - Depois vamos na igreja marcar a data, olha o vestido, seu terno, daminhas, salão e tudo mais. Será tudo perfeito. Vou me casar com quem amo - comemorou com algumas palminhas.


"e eu não, pensou Zac". A felicidade execiva de Hanne estava dando nos nervos, em momento nenhum ela deixava de falar nesse casamento, de manha comentava sobre um vestido da nova coleção da Carolina Herrera, ou um novo sapato Oscar de la Renda, jóias e mais. Zac realmente não estava feliz com isso. 


 - Amor?
 - Hum? - disse tirando os olhos do jornal.
 - Você acha que o bebe é menino ou menina? - Perguntou Hanne
 - Eu não sei - depois de responder voltou os olhou para o jornal
 - Você prefere menina ou menino?
 - Não sei - disse sem olhar para ela.
 - Zachary, pode fingir pelo menos estar feliz com isso. 
 - Claro, me desculpe - disse dobrando o jornal e colocando em cima da mesa - Fale!
 - Ah esquece - disse se levantando indo ate o sofá e pegando sua bolsa. - Vou ao shopping com Lillie.
 - Claro


Assim que ela saiu Zac só faltou dar graças a Deus. Hanne era muito chata, tudo o que ele fazia ela devia estar sabendo, onde ia... O jantar com os pais de Hanne era naquela noite, Zac não estava tenso, mas seria difícil interpretar alguém que não é... Alguém que ama Hanne, ou que esta animado por esse casamento. Claro, se quando o bebe nascer e for constatado que é realmente dele, ele dará toda a assistência nescessaria, mas se não for constatado que é dele, ele pedira um divorcio imediatamente.
Com Hanne e Lillie


 - O Zachary esta um saco essa manha - reclamou - Ele não prestou atenção em nada que disse - disse em quanto passava pelos corredores da Zara
 - Você diz isso todo o dia. - constatou.
 - Eu sei, mas você vai ver, eu ainda vou conseguir fazer ele se apaixonar por mim
 - Claro que vai. Mas o que vai fazer quando ele descobri que não esta gravida?
 - Nem sei, vou enrolar ele.. dizendo que talvez foi um erro medico.


Com Vanessa


 - Dormiu bem querida? - disse Gina entrando no quarto de Vanessa com uma bandeja 
 - Sim. - deu um meio sorriso.
 - O que foi querida, te conheço e sei que não esta tudo bem. 
 - Sinto falta do Zac, só isso.
 - Converse com ele... Deixe de ser cabeça dura Vanessa, isso só lhe fará mal.
 - Eu não vou conversar com ele, eu sei o que ele fez e isso não tem volta mãe.. Você mesma me ensinou isso.
 - É.. Certo, mas acho que ensinei errado... Mas me lembro de ter te ensinado que você tem que ouvir o outro lado da historia. Não só o seu.
 - Eu sei, mas não consigo acreditar que ele fez isso.
 - E se ele não tiver feito, já pensou?
 - Não. 
 - Pois pense


Gina deu um beijo na testa de Vanessa e saiu do quarto deixando a bandeja ali. Vanessa depois que a mãe saiu pensou no que ela disse... E se ele não tivesse a traído? Se Hanne tivesse armado? Mas ai logo veio na cabeça de Vanessa... E se ele tiver ficado com Hanne? São duas possibilidade e ela por ser orgulhosa e teimosa de mais preferiu acreditar na pior. Ela pegou a caneca e lembrou-se do passado. Do primeiro beijo com Zac, da primeira vez deles, da primeira briga, do primeiro momento de ciumes. De idas ao shopping, ao cinema, a praia... Eram muitos momento e todos ele traziam lembranças e saudades, sentimento que naquele momento Vanessa tentava esconder.


Heiiii... Finalmente sai um capitulo nê???
Não ficou maior porque meu pai ta mandando eu sair do computador..¬¬'
Mas se tiver 10 comentários eu posto um BEM GRANDÃO amanha.. :P
XO

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Ei...Desculpee

Gente o capitulo ta demorando ne??? Desculpe.. Ontem fiquei enrrolando e não postei.. (sorry) e hoje o mesmo(quase, mas sorry) vou tentar fazer de tudo pra postar amanha..
xoxo
ps: não me abandonem!!

domingo, 7 de agosto de 2011

Capitulo 11 - mini

Durante a semana vários amigos de Vanessa a parabelizaram pela gravidez e amigos e parentes mais proximos davam muitas sugestões de nomes, entre eles o que mais agradou Vanessa foi: Gabriella e David ou Alice e Jake. Vanessa adorou todas as sugestões, mas as que mais agradou-a foram essas. Dias apos dar a noticia da gravidez para Zac, Hanne viajou para Nova York.

 - Já vai - disse Zac, apos acordar - oi - disse desanimado ao ver Hanne.
 - Oi meu bebe. - disse entrando no apartamento. - Porque não me disse que estaria viajando para cá? Assim poderíamos ficar juntinhos.

"Sera que ela não percebe que eu não amo ela?" - pensou Zac.

 - Hanne, o que você quer? - disse antes que ela enchesse mais o saco.
 - Quero que você assuma essa criança. 
 - Quer o que??? - gritou
 - Que você assuma esse bebe Zac. Meu pai vai me matar se descobrir que estou gravida, e ainda mais se o pai dessa criança não assumi-la.
 - Quem me garante que você realmente esta gravida?
 - Os médicos. - tirou um papel da bolsa. 

No teste de gravidez e na ultra sonografia confirmava a gravidez, ela estava saindo da quarta semana... As chances de Zac ser o pai eram grande, já que a quase cinco semanas atrás eles dormiram juntos. 

 - Tudo bem, vou assumi-la. Mas assim que ela nasce vou pedir um teste de DNA.
 - Já era de se esperar. - deu um meio sorriso. - e tem mais uma coisinha. 
 - Hum?
 - Você precisara se casar comigo.
 - Não, ai já é de mais... - Hanne o interrompeu.
 - Eu não quero força-lo - "na verdade quero" pensou - mas você sabe como meu pai é, ele vai força-lo de qualquer forma, ele não ira aceitar.

"Tem como ficar pior?" - pensou 

 - Vamos nos casar daqui um mês. - Hanne sorriu, tinha Zac em suas mãos agora.

"Pensei que seria mais difícil, Zac acha que tivemos algo realmente" - Pensou Hanne sorrindo.

Vanessa estava em casa, curtindo a familia e a gravidez. Já havia conversado com a mãe e explicou que iria morar com os filhos em Los Angeles, iria ficar com os pais em Salinas ate os filhos completarem um mes, e depois iria para Los Angeles. 

Sorry.. Again..
O capitulo ta uma merda... ne?? Vocês estão gostando da fic??
Porque vou ser sincera com vocês, o Zac e a V so vão ficar junto no final da fic... então... Sei lá.. vai ficar meio enjoativo não???
Digam o que acham PLEASE..
COMENTEM. 
xoxo

sábado, 6 de agosto de 2011

Sorry...

Não vai ter capitulo hoje.. de novo.. Hoje fiz cupcake com as minhas melhores amigas.. E não saiu muito bom (bom ficou, mas ele não saiu certinho lol) fizemos uma bagunça.. literalmente.. E agora vou em um aniversario.. Então não vai da pra postar. Mas amanha tem capitulo
xoxo

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Divulgação

Oie.. vim aqui divulgar meu blog..
VHudgens Style... 
É sobre noticias e moda, tudo relacionado a Vanessa...
Passem lá.. e divulgem..
xoxo


Thais.. Me passa o lick do seu facebook porque não estou conseguindo te achar.
xoxo²

Capitulo 10

Os tres dias seguintes passaram bem rápidos, Vanessa chorava todos os dias, se trancava dentro do quarto, sentava segurando as pernas e chorava, chorava tudo o que podia e não podia, seu pais, Stella e Charlles tentavam ajuda-la, alegrando-a, fazendo sair de casa ou pelo menos pensar em coisas positivas. 
Hoje era o dia que Vanessa descobriria o sexo do bebe. A sorte dela foi que estava usando um casaco grande de mais para que sua pequena barriga pudesse ser percebida por Zac três dias atrás, mas para a infelicidade de ambos, ainda estavam separados.
Quem estava acompanhando Vanessa naquele dia era Gina, Vanessa disse que preferia ir sozinha, mas Gina insistiu e Vanessa acabou concordando, a medica que iria atende-la durante toda a gravidez se chamava Alicia Wood, Drª Wood, ela era uma otima medica. Havia alguns minutos que Vanessa já estava no consultório, e Alicia estava fazendo algumas perguntas como de costume.

 - Como esta se sentindo?
 - Bem. 
 - Enjoos, mal estas? Nada?
 - As vezes, muito pouco na verdade, senti mais enjoos antes de vim para cá, mas deve ser por causa do voo. - concluiu ela.
 - Certamente. Como esta sua alimentação.
 - Venho me alimentando muito ultimamente. - riu. - Mais do que o normal


Drª Wood explicou algumas coisas praticas e tirou as duvidas de Vanessa e Gina, agora havia chegado o momento mais esperado para Vanessa, Qul sera o sexo do bebe? Ela vem pensado em nome a semana toda, menos nos três últimos dias, que vem estado trancada no quarto. Vanessa se deitou e a doutora ligou o aparelho, a casa movimento que fazia com a maquina explicava algo. 


 - Meus parabéns senhorita Hudgens. Você será mamãe de gemeos.
 - Gemeos? - exclamou, estava sem reação, não sabia se ria ou se chorava. - Como assim gemeos?
 - Sim, um casal, esta aqui e a menina e esse o menino.
 - Milha filha parabéns.. - disse Gina que já não se contia de lágrimas.


Gemeos? Como assim gemeos? Vanessa ainda estava abismada com a situação, nunca imaginou que pudessem ser gemeos. Um menino e uma menina. Ual!! 
Elas marcaram uma nova consulta para a décima segunda etapa da gestação. Ao chegarem em casa estavam todos na sala, assim que Vanessa entrou, Stella disse:


 - E ai? 
 - Hum... Acho que vou manter segredo, não quero que ninguém saiba alem de mim e da mamãe - brincou
 - Vanessa - disse cruzando os braços. - Fala por favor. 
 - Não - disse rindo
 - Mamãe
 - São gémeos querida
 - Gémeos? Quer dizer dois?
 - Não Stella sete - murmurou (desculpem tive que por isso, amo fazer isso quando perguntam coisas óbvias)
 - Ah meu Deus, são gemeos, vou ter dois sobrinhos, haran, haran - disse dançando.


A noticia foi alegria na certa, quanto para Greg e Stella, mas Charles não ficou tão contente assim pela noticia... 


Zac já não estava mais na Califórnia. Depois daquele dia com Vanessa se mudou para Nova York... A distancia será melhor para ele e para ela. Zac comprou um apartamento com cobertura e lá recomeçaria do zero.

 - Oi Zac. - disse Hanne no telefone
 - Oi hanne - disse sem um pingo de animação
 - Preciso falar com você
 - Fale.
 - Pessoalmente. 
 - Sinto muito mas não será possível
 - Porque não?
 - Não estou em Londres
 - Não? - quase gritou
 - Não, mas o que precisa falar comigo.
 - Eu estou gravida
 - Como é?
 - Sim, estou de três semanas Zac
 - Oh meu Deus o que eu fiz?


Zac odiou aquela noticia, seria melhor que tivesse sumido. Já não tinham muitas chances com Vanessa mais, e agora com isso suas chances acabaram de vez. 


OIEE :)
Ai esta o capitulo (o capitulo horrível!!)
Mas espero que gostem
xoxo
ps¹: 10 comentários para o próximo
ps²: não esqueçam de votar

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Enquete

Oie... Eu fiz mais uma enquete, sobre o nome dos gemeos.. As opções são.
 - Victoire e Alexander
 - Gabriella e David
 - Alexandra e Martin 
 - Alice e Jake
 - Carolinna e Allan 
 - Jennie e Philip
Então.. vocês tem ate o dia 25 para votar... Então votem muito.
xoxo


Ps: amanha tem capitulo 

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Capitulo 9

No dia seguinte, ao desembarcar em Los Angeles, Zac pegou outro voo e foi direto para Salinas, de lá alugou um carro e foi ate a fazenda da família Hudgens, que era uma estrada de três horas e meia. 
Vanessa tinha acabado de acordar, trocou-se, colocou um agasalho, fez suas higiene e desceu para o café.


 - Bom dia. - disse Vanessa
 - Bom dia querida - disse sua mãe dando-lhe um beijo no rosto.
 - Bom dia Vane - disse Charles puxando a cadeira para que ela pudesse sentar-se
 - Obrigada - sorriu.


O café ocorreu sem problemas, Vanessa conversava feliz com sua família e estava curtindo bem o momento... A ultra-sonografia estava marcada para daqui três dias, Vanessa mal podia conter-se de felicidade, Gina então? Nem se fala... Com certeza seria a avó mais babona de todas. Cuidava de Vanessa como se ela ainda fosse um bebe ou se gravidez fosse uma doença muito grave, mas ela dizia que isso era apenas para a segurança dela e do neto. Ela não se importava com os mimos da mãe, de fato gostava.
Era quase dez da manha, Vanessa pegou seu café e sentou-se na varanda. O clima estava frio, um vendo que soprava forte e gelado, então nada melhor do que um bom café para esquentar. 

 - O que faz aqui sozinha? - perguntou Charles sentando ao lado dela.  
 - Nada... Só pensando.
 - Pensando em que?
 - Curioso você hein? Não mudou nada. - riu
 - Alguns hábitos nunca mudam
 - Fato. - ela riu.


Eles ficaram conversando, Vanessa ainda não queria falar sobre o que aconteceu entre ela e Zac e Charles é claro não iria insistir. Eles avistaram um carro ao longo da estrada, Vanessa perguntou-se de quem seria, pensou ser Gabriella, uma antiga amiga que morava na cidade.
Antes de que o carro avansasse Vanessa entrou para dentro e pegou um pouco mais de café. O carro parou bem perto de onde Vanessa estava, ela observou bem quem saiu do carro, com certeza não era Gabriella. 


 - O que ele faz aqui? - disse para si mesma. Ela deixou a caneca em uma mesinha ao lado da cadeira e foi ate ele, seus passos eram curtos, mas fortes. - O que faz aqui Zachary?
 - Preciso falar com você.
 - Mas eu não quero falar com você
 - Vanessa, por Deus. Me escute.
 - Não. - disse cruzando os braços. 
 - Nada aconteceu naquela noite, Hanne me...
 - Eu disse que não quero saber, me deixe em paz. - disse cortando a fala dele. - Me deixe ser feliz Zac.
 - Pretende ser feliz como?
 - Sem você. - disse segurando-se para não abraça-lo e beija-lo.
 - Tudo bem então, mas saiba... Eu sempre vou te amar. 
 - Adeus Zac. - disse buscando forças em seu interior para não chorar.


Zac não respondeu, olhou com um olhar triste e de decepção, e entrou no carro. Vanessa deu meia volta e entrou dentro de casa sem falar com ninguém e sem olhar para ninguém, mantia sempre seu olhar baixo.
Zac logo constatou que aquela longa viajem fora uma perca de tempo, ele não imaginava que iria desistir tão fácil, mas será melhor assim, cada um em seu canto e deixe que o futuro apague as decepções do passado. Ele quando disse que amava Vanessa disse serio, em todo esse tempo nunca deixou de ama-la, e nem deixará. 
Vanessa estava se desmanchando em lágrima, havia prometido a si mesma nunca mais chorar por Zac ou por qualquer homem que fizesse-a sofrer, mas era impossível, assim que trancou a porta do carro, foi ate a janela e viu o carro de Zac saindo, deu-lhe ai um enorme arrependimento, queria esta com ele, curtir aquela gravidez sem problemas e em paz com o homem que amava... Mas era orgulhosa de mais para fazer isso.


 - Vanessa abra a porta - disse Gina. 
 - Eu não quero falar com ninguém.
 - Filha, vamos conversar
 - Não.


O fato que estar mal com Zac, fazia ela descontar em tudo e em todos, principalmente nas pessoas que mais amava. Pensar em Zac foi a única coisa que Vanessa fez o resto da manha, era como se pudesse sentir ele ali, ao seu lado, abraçando-a e dizendo que a amava, mas era apenas uma fantasia, um conto de fadas muito bem elaborado... E aquela era a realidade dura e dolorosa realidade.


Ok.. não ficou tão grande quando eu esperava, mas acho que ficou bom..
E você acham o que??
10 para o próximo 
xoxo