segunda-feira, 30 de maio de 2011

When Love Happens

Personagens:
 - Vanessa Hudgens
 - Zac Efron
 - Alex Pettyfer

   Zac e Alex são amigos dês de pequenos, estão sempre jogando basquete ou paquerando a garotas na praia. Alex é um pouco mais sem noção do que Zac, ele bebe e quando bebe perde totalmente a cabeça... Briga com qualquer um que tenha se metido em seu caminho - ou em qualquer um que tenha tirado algo que ele amava. Zac já era diferente, não bebia e era mais na paz.
   Alex já foi preso duas vezes, em ambas por dirigir embriagado... Alem de ter ido para a delegacia por causar briga em um restaurante(bar)... Zac só foi uma vez, mas só para testemunhar na briga do bar, para dizer quem havia começado e qual o motivo. Mesmo com muitos problemas Alex era uma otima pessoa, carinhoso, brincalhão, romântico...
  Certo dia eles estavam na praia, fazendo o de costume... Quando vêem uma garota, usando short jeans, uma regata, camiseta por cima, com suas sapatinhas na mão correndo atrás de seu cachorro.

 - Ímpar. - Alex
 - Par. - disse Zac
 - Já - disse Alex. Zac jogou 3 e Alex 4 - Ganhei. - Ele sorriu e foi ate a garota. 

 - Oi - disse ele.
 - Ola - disse ela tirando o cabelo do rosto e abaixado para pegar a cachorrinha. - Sou Vanessa. - disse ao se levantar
 - Alex, você não é daqui é?
 - Não, sim.. Acabei de me mudar - ela riu.- Vim de Nova York... 

 Eles conversaram em quanto ela caminhava de volta para casa, Alex a acompanhou, se despediu dela com um beijo no rosto... Eles marcaram de sair no próximo final de semana. 

 - Ela é uma gata - disse ele. - Ela acabou de se mudar, o pai dela é advogado e a mãe enfermeira.
 - Opa, advogado? Se eu fosse você andava na linda...

  Zac riu e Alex ficou serio. Nos dias seguinte, Alex ia sempre na casa de Vanessa, ele estava se apaixonando por ela... E ela estava meio indecisa. Certo dia:

 - Oh me desculpe - ela estava dando com Luci (sua cadelhinha) e esbarrou com o sorvete em um garoto.
 - Tudo bem.
 - E Zac não é?
 - Sim.
 - Alex me apresentou a você não lembra?
 - Sim lembro.
 - Me desculpe pela camisa. 
 - Ah tudo bem. Mas já que estraguei seu sorvete, vou lhe pagar outro. - Não precisa obrigada
 - Não eu incisto...

Alex estava do outro lado da rua, parado segurando um buque que flores. Com a raiva ele jogou as flores no chão e saiu morrendo de raiva de Zac e Vanessa.


O que acharam??
 Bem todas as ideias foram otimas, eu as adorei, mas não consegui criar um conflito para nenhuma... Conseguia criar o incio, menos o meio e fim... Ai hoje na aula me veio essa ideia... O que acharam??
BOM, RUIM, MARAVILHOSO, HORRIVEL...?
FIC ESTREIA: 01/06/2011
Aviso: A CADA CAPITULO DEVE TER NO MINIMO 10 COMENTARIOS, PARA QUE O OUTRO SEJA POSTADO...
xoxo

domingo, 29 de maio de 2011

Sobre nova fic...

Oie... Pelo que vi nos comentarios, algumas pessoas querem uma nova fic. Mas tem um detalhe, eu não sei sobre o que escrever... Já tive ideia para tres fics, essa seria a quarta... Então.. Se vocês quizerem deixar as ideias de vocês aqui, eu aceitarei as sujestões. :D
ps: tem que ser com Zanessa, não sei escrever com outro casal ok?Todas as ideas serão bem vindas.
xoxo

sábado, 28 de maio de 2011

Capitulo 54 (Epilogo)

 -  Bem... Er - ele gaguejou um pouco e depois disse: - Vou direto ao ponto ok? - ela concordou - V quer se casar comigo
 - Sim.

Eles sorriram, Zac a beijou e colocou o anel em seu dedo. Jake que estava na janela olhando tudo com a mãe de Zac, Starlla disse rindo.

 - O papai beijou a mamãe - ele riu e colocou a mão na boca.

Logo ele pegou seu casaco e correu ate eles. Zac pegou ele e jogou-o para cima, ele gargalhou e disse:

 - Amo vocês. - ele abraçou Zac e Vanessa que também o abraçaram.

Meses mais tarde...
 
Greg e David estavam tornando-se amigos novamente, David havia se desculpado por tudo que havia feito no passado, e Greg claro, aceitou suas desculpas...
Vanessa e Zac casaram-se um mês depois, em uma cerimonia simples, nada muito extravagante e apenas para alguns parentes e amigos. Se casaram no jardim da casa de David.

 - Eu te recebo como minha mulher e a ti, prometo ser fiel, amar e respeitar, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias de nossas vidas - disse Zac
 - Eu te recebo como meu esposo e a ti, prometo ser fiel, amar e respeitar, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias de nossas vidas - disse Vanessa segurando a mão de Zac pronta para colocar a aliança
 - E com o poder designado a mim, eu os declaro marido e mulher. Pode beijar a noiva.

Zac puxou para perto de si e a beijou. Logo depois do beijo, Jake correu ate eles e Zac pegou-o no colo, e tiraram a primeira fotografia como uma família, e como casados.

A lua-de-mel, passaram em uma das propriedade de David, a casa era um pouco afastada do centro comercial de Londres, tinha à sua volta uma paisagem divina. Na qual havia árvores, arbustos, e alguns animais. 

 - Jake volte aqui 

Jake adorou o lugar, em quanto eles andavam pela região acharam um gato, ele era pequeno, branco e de olhos azuis e Jake correu atrás do bichinho, quando voltou ele estava com o gatinho no colo. Após muito implorar Jake conseguiu ficar com o bichinho e deu a ele o nome de "fofinho". 

 Três meses depois...

Após o casamento, se mudaram para o centro de Los Angeles. Compraram uma casa onde havia um jardim grande no qual Jake e Fofinho poderiam correr à vontade, havia também uma piscina, a casa era grande, com uma sala de jantar e ao lado a sala de visitas, cozinha, um quarto e banheiro no andar de baixo, no andar de cima, mais três quarto todos com seu banheiro. Um quarto de jogos para Jake e Zac, uma sala de cinema/tv.
Vanessa estava trabalhando em uma revista como modelo e fotografa, e Zac administrando a empresa do pai em Los Angeles e algumas vezes na Califórnia.

Vanessa havia acabado de chegar do trabalho e Jake estava jogando bola com Zac no jardim, ela tirou o casaco e o sapato de salto, colocou uma sandalha comum e foi ate ele.

 - Oi amor. - disse Zac. Ele a beijou.
 - Oi mamãe. - Jake estava lindo, estava com dois anos e 4 meses.
 - Amor. - disse ela, ela sorria constante mente, esta muito feliz - Eu estou gravida.
 - Serio? -  perguntou Zac virando-se para ela.
 - Sim.
 - Ai meu Deus.

Ele a abraçou e a rodou pelo ar.

 - O que foi mamãe? - perguntou Jake sem entender nada
 - Meu amor, você vai ter uma irmãzinha ou um irmãozinho.
 - Serio - os olhinhos dele brilharam, a meses vinha pedindo Vanessa um irmão. - Mas onde esta ele?
 - Aqui dentro - Vanessa colocou a mão na barriga, que havia uma pequena ondulação.
 - O que ele faz ai?

Vanessa riu, não iria explicar essas coisas para o filho de dois anos. Disse apenas, que Zac colocou uma sementianha ali dentro e ela iria "florescer". E seis meses depois iria ver o bebe (ela estava de três meses).

Seis meses depois nasceu uma menininha de olhos azuis, cabelo castanho claro, um pequeno anjo, a qual eles a nomearam de Alexandra (mas à apelidaram de Lexi).

 Anos depois...

Estavam todos juntos novamente, Lexi estava com três anos, Jake com cinco, Vanessa e Zac estavam mais felizes do que nunca.
Greg e David juntaram as filiais novamente. Starlla adorava mimar os netos. Sempre dava a eles doces, brinquedos...

Albert pegou 20 anos de prisão, por assassinado, sequestro, e outras acusações do passado, e tinha cumprido apenas três anos e meio da pena...

Era inverno. Estavam todos em Paris na casa de Greg. Dois dias depois do natal, Zac e Vanessa levaram os filhos para esquiarem. Estavam todos agasalhados. Eles se divertiram, Jake tentou esquiar e sempre que ficava de pé e tentava andar, caia. Lexi ria dele, mas quando chegou a vez dela, ela mal saiu do lugar.

  


Era igual um conto de fada, onde tudo termina em um "felizes para sempre". Para Zac e Vanessa esse era o conto de fadas deles, sua vida. Eles se amavam incondicionalmente, e assim como amavam os filhos incodicionalmente. E nada, nunca, nada iria mudar isso...

FIM...

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Capitulo 53

Divulgação:
Esse é o blog da Patii & Niih
Passem lá..

Agora o capitulo 53:

  - Vanessa, será que podemos recuperar o tempo perdido?

A reposta dela foi um curto e claro sim. Ambos sorriram, e em reflexo Zac a beijou, mas logo se separou e disse:

 - Desculpe

Vanessa ignorou o pedido dele e voltou a beija-lo. Sentia falta dele, dos lábios dele, do carinho, dos "te amo" ditos todos os dias, se possíveis seria a todo momento. Saíram do restaurante de mão dadas, as coisas não poderiam esta melhores. Agora só faltava o pedido de casamento. Ao chegar em casa encontraram Jake brincando com a filha da vizinha Elizabeth - mais conhecida com o Liz -  e Brittany e Chad conversando vigiando os dois brincarem.

 - Ola. - disse Brittany assim que viu ele entrarem.

Jake se levantou, correu ate Zac, que o mesmo o abraçou.

 - Resolveram? - perguntou Brittany animada
 - Sim. - Vanessa sorriu.

[...]

As coisas entre eles não poderiam estar melhor. Estavam se dando melhor do que antes... Eles conversavam seria mente sobre Vanessa e Jake se mudarem para o apartamento de Zac. Para viverem finalmente como uma família unida e feliz. E assim fizeram. Assim que contaram para Jake ele ficou super feliz, gostava de Zac, e considerava Zac seu pai, mesmo não sabendo que ele era realmente seu pai. Ele era pequenininho de mais para entender essas coisas.

Faltava duas semanas para o natal... Eles resolveram passar o natal com os pais de Zac para contarem a novidade... Assim fizeram, e dois dias depois da decidiram estavam desembarcando em Londres. Jake estava dormindo no colo de Vanessa e ela disse:

 - Esse lugar me trás más lembranças.
 - Mas a partir de agora só irar trazer lembranças boas meu amor - ele a beijou em quanto esperam o táxi.

Assim que chegaram na casa, foi na certa uma confusão, Albert não gostou nada de ver Vanessa ao lado de Zac, e muito menos de ver a criança no colo que Zac agora. David ficou um pouco confuso.
As coisas para eles não estavam nada explicadas...

Mais tarde no mesmo dia...

Jake estava no jardim brincando com Zac e com David. Vanessa estava terminando de arrumar algumas coisas no quarto quando ouviu a porta se abrir.

 - Amor pensei que estava lá em baixo - ela se virou, se assustou e disse: - o que você faz aqui?
 - Acho que seu pai não entendeu bem o que quis dizer com "nunca mais ao lado de Zac"
 - Me solte, esta me machucando.
 - Essas são umas das consequencias de não obedecer.

Logo Zac e Jake se cansaram, e ambos subiram para o quarto para ficarem com Vanessa.

 - Solte ela - disse Zac assim que entrou no quarto.
 - Mamãe. - algumas lágrimas brotaram no olho de Jake
 - Não chora meu amor...

Vanessa odiava ver Jake chorando, assim como qualquer criança. Zac aumentou o tom de voz, e logo David que estava dois andares a baixo conseguiu ouvir os gritos.

 - O que esta aconte... Albert? - se surpreendeu ao ver a cena. Albert era seu "melhore amigo", seu "aliado"
 - Pois bem David, acho que esta na hora de você saber de tudo. Não foi Greg que te roubou! Fui eu. Eu fui eu também que matei a mãe da Vanessa. Fui eu que armei para que Vanessa ficasse longe de Zac para sempre, mas vejo que Greg e Vanessa são pessoas muito desobedientes - a frase final ele disse em tom de deboche.
 - Não - disse Amanda entrando no quarto. - Eu não aqui mais fazer parte disso, Vanessa fez sua parte, eu que deixei Zac parti, vi que ele não era feliz e nunca seria. Então fiz o que fiz
 - Mas porque meu anjo? - perguntou Albert - Poderia ter tudo que quisesse, as maiores casas, carros de luxo, iates, jatinhos, roupas e jóias. Porque?
 - Por amor.

David mandou que seus segunraças tirassem Albert de dentro de sua casa imediatamente, assim que ele soltou o pulso de Vanessa ela correu para os braços de Zac, pegou Jake no colo e fez com que ele logo parasse de chorar.
David percebeu que Amanda fazia parte disso, mas não a expulsou de sua casa, já que ela teve um bom coração e fez o que era certo.
Dias depois David ligou para Greg o convidando para passarem o natal juntos. Como uma família.

No natal

A família esta toda reunida, em paz, pela primeira vez. Jake usava uma roupa de papai noel e ia constantemente em caixa em caixa em baixo da árvore pegar um presente.
Zac e Vanessa estavam andando pelo jardim agasalhados, que estava coberto por um punhado de neve. Sentaram-se em um banco perto a uma fogueira, Zac colocou a mão no bolso do casaco, procurou o que queria, e ao acha-lo disse:

 - Isso é para você. Feliz natal amor.
 - Obrigada - Vanessa pegou o pequeno embrulho e ao abri-lo disse: - É lindo Zac.
 - Bem... Er - ele gaguejou um pouco e depois disse: - Vou direto ao ponto ok? - ela concordou - V quer se casar comigo?


Pessima noticia: a fic esta chegando ao fim.. :(
Mas ainda há alguns capitulos pela frente...
Querem saber a resposta dela (acho que já é obvia ne? kk)
10 Comentarios para o próximo!!

Evelly: tudo bem não gostar da fic, é um direito seu. Mas bem que poderia ter falado, poderia dizer o que acha que poderia ser melhorado e eu o fazia... Mas bem.. Isso também já aconteceu comigo. Em alguns blog e livros, mas me obrigava a terminar de ler , pois se não ler, não saberei se podera melhora... Mas que bom que agora esta gostando :D

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Capitulo 52

No dia seguinte lá estavam eles sentados um de frente para o outro. Ambos não disseram nada dês de que chegara, apenas um oi e fizeram o pedido.
Ambos estavam reparando em cada detalhe deles. Vanessa reparava em como Zac mudou, mas continuava lindo como sempre, enquanto Zac reparava que ela continuava perfeita e delicada como sempre...

 - E e como vai as coisas?- perguntou Vanessa quebrando o silencio.
 - Vão bem, mas acho que poderiam ir melhor, o que esta fazendo actualmente?
 - Ando trabalhando como modelo e algumas vezes como fotografa. E você
 - Gerenciando a imprensa do meu pai.

A conversa ocorria sem problemas, Vanessa e Zac conversavam, relembravam os bons tempos, sobre tudo. O telefone de Vanessa tocou, ela pediu desculpas e se afastou um pouco de Zac, mas era uma distancia razoável para que ele pudesse ouvir a conversa.

 - Vanessa! - exclamou Brittany
 -  O que ouve?
 - O Jake não para de chorar.
 - Mama - pode ouvir ele de fundo.
 - Deixe-me falar com ele.

Brittany passou o telefone para Jake. Vanessa conversava com ele com a voz mais manhosa possível.

 - Oh meu amor, mamãe já esta indo pra casa.
 - Vem logo.
 - Estou indo. Agora meu anjo para de chorar ta? Quando chegar vamos ao parque ta?
 - Ta - disse ele ainda meio as lágrimas.

Jake logo desligou, Vanessa desligou e voltou a sentar-se com Zac.

 - E você esta casada?
 - Não.
 - Namorando?
 - Não
 - Então, me desculpe me intrometer, mas... quem é meu amor?

Vanessa ficou em silencio e pensou "esta na hora" iria falar, para ele sobre Jake, e iria dizer também que ele é filho de Zac.

 - Meu filho, Jake.
 - Mas você disse que não esta namorando ou que esta casada..
 - Então, de quem ele é filho?
 - Seu.
 - O que?
 - Isso mesmo. - ela fez um minutos de silencio, bebeu um gole d'água e disse: - Eu estava gravida antes de sumir, mas não sabia, não soube ate ele nasce.
 - Como assim?

Ela explicou tudo à ele. E ele disse:

 - Porque não me falou antes?
 - Eu tentei, liguei uma vez antes e uma depois, na ultima, sua mulher... - ele a interrompeu.
 - Ex-mulher. 
 - Claro. Ela disse que iriam se casar, e que não era para te interromper mais, então disse que não iria...

Uma raiva subiu sobre suas veias, Amanda não podia ter feito isso, ela não tinha o direito.

 - Eu posso ve-lo?
 - Claro. - ela sorriu.

Saíram do restaurante, pegaram um táxi e foram para o apartamento de Vanessa. Ao chegarem lá Jake correu para Vanessa, que o pegou no colo e disse:

 - Jake esse é Zac.
 - Ola. - disse Zac um pouco serio.
 - Oi. - Zac sorriu, "ele é lindo" pensou Zac.
 - Demorou - disse Jake encostando a cabeça no ombro de Vanessa, mas logo levantou e disse: - Parque
 - Claro, mas primeiro casaco.

Jake desceu do colo de Vanessa e foi pegar seu casaco.

 - Ele é a sua cara - disse Vanessa.
 - Ele é lindo. Uma gracinha

Vanessa sorriu, Zac iria acompanhar eles ao parque, já que agora sabia de tudo. No parque Jake saiu correndo, e Vanessa e Zac foram logo atrás dele.

 - Logo vou falar para ele que você é o pai dele, mas primeiro vou deixa-lo acostumar com a sua presença.
 - Tudo bem, espero o tempo que for.

O resto do dia foi tranquilo, Jake se divertiu bastante, ele sem perceber chamou Zac de "papai"...
Zac nem ligou, adorou na verdade.

Dias mais tarde...

A presença de Zac no apartamento de Vanessa ficava mais constante que o normal, Jake um dia chegou perto de zac e disse:

 - Posso te chamar de Papai?
 - Claro.
 - Ta bom papai - ele deu um beijo no rosto de Zac e saiu correndo.

No mesmo dia, mais tarde Zac e Vanessa saíram para jantar, e quando estavam quase acabando Zac disse:

 - Vanessa, será que podemos recuperar o tempo perdido?

OIIIII!! Obrigada pelos comentários...
Hoje eu to feliz e triste...
10 Comentários para o próximo...

[...]
Bem, hoje é o aniversário do blog... :D
Um aninho. Nesses um ano que passei aqui aprendi muita coisa, me divertir e fiz novas amizades(Bruna, Mayara, Larissa, Amabia, Larissa, Ana Paula, Paula, Thais... Se estiver esquecendo alguem falaem!)Amigas que eu adoro, mesmo não as conhecendo pessoalmente eu as adoro.
 Não sei bem o que falar, não sou boa em escrever "discursos".
Mas quero agradecer a todos que seguem, leem, e comentam... A todos em geral.
Obrigada, amo vocês e espero estarmos juntos aqui no próximo ano!!
xoxo

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Divulgação.

VHudgens Style
Pessoal, esse blog é meu, sobre noticias e o estilo da Vane...
Então... Bem... Passem lá :D

Capitulo 51

Depois do almoço, Zac começou suas buscas de novo... Já tinha passado em três apartamento e no quarto finalmente encontrou.

 - Hudgens? Hudgens? - ficou repetindo o cara da recepção. - Sim, Vanessa Hudgens. Apartamento 102
 - Ela esta?
 - Não, sinto muito. Ela saiu com o filho.
 - Ah... Filho?
 - Sim, o Jake de 2 quase dois anos.
 - Ah... - ele começou a dar meia volta, mas voltou e disse: - Pode entregar um bilhete a ela?
 - Claro.

Zac pediu um papel e uma caneta. Escreveu um bilhete e deixou o telefone no mesmo. Entregou a ele e agradeceu.
Quando saiu ficou pensando de quem seria o Jake, Vanessa teria se casado com outro? Ela teria o esquecido de vez? E talvez fosse um equivoco ter ido atrás dela. Mas agora que já tinha feito não ira voltar atrás. As perguntas continuaram as mesmas, mas em nenhum momento passou em sua cabeça que Jake poderia ser seu filho.

Quando Vanessa voltou, Jake chegou na beirada do balcão e disse:

 - Oi.
 - Oi Jake - respondeu. - Senhorita Hudgens tem um bilhete para a senhora.
 - Apenas Vanessa, já disse.
 - Ok, me desculpe.

Vanessa pegou o bilhete e as duas primeiras coisas na qual bateu os olhos foi no telefone e no nome de Zac. Ela sentiu um calafrio pelo corpo e depois seguiu Jake que já estava correndo para apertar os botões do elevador. Quando entraram no apartamento Jake correu para o quarto e Brittany disse:

 - O que foi? Parece que viu um fantasma. - ela riu depois.
 - Olha - ela entregou o bilhete para ela e ela disse
 - O que você vai fazer? Ele diz que precisa falar com você urgente.
 - Eu li, e eu não sei o que vou fazer.

Elas passaram algum tempo conversando sobre o assunto, Brittany saiu e Vanessa pegou o telefone, começou a discar os números, mas parou.

 - Mama estou com fominha. - disse ele sentando no colo de Vanessa.

  Vanessa deixou o telefone e o papel de lado e foi prepara algo para Jake comer. Em quanto Jake comia o biscoito de chocolate com um copo de leite, Vanessa o observava e lembrava-se dos bons momento vividos ao lado de Zac, da primeira vez que se beijara, de quando ficaram perdidos, quando tiveram sua primeira noite juntos... Eram muitos os momentos, todos traziam um sentimento de culpa e saudade. Assim que Jake terminou de lanchar ele foi desenhar.

Vanessa se decidiu, iria voltar atrás no que fez, e iria desmanchar a burrada que a prendia no passado...

 - Alo? - disse Zac.

Vanessa ficou muda. A voz dele continua a mesma coisa, so um pouco mais rouca, o que deixava sexy.

 - Alo, olha se for algum...
 - Ola.

Zac reconheceu a voz de Vanessa de imediato, continuava a mesma voz simples e delicada. A qual ele adorava.

 - Vanessa?
 - Ola, Zac, você disse que precisava falar comigo
 - Oh meu Deus, achei que você não iria me ligar
 - Porque não?
 - Você sumiu por quase dois anos Vanessa.
 - Tenho meus motivos, e você agora esta casado, e tem uma filha que imagino ter quase dois anos. Certo?
 - Errado. Amanda perdeu o bebe e não me casei com ela
 - Sinto muito, e porque não se casou com ela?
 - Pra vim atrás da mulher que eu amo. Só... só não sei se ela ainda me ama.

Vanessa não respondeu, por mais que queria, ficou com medo.

 - Vanessa podemos marca de nos encontra um dia desses?
 - Claro. - ela sorriu
 - Amanha esta bom pra você?
 - Esta otimo

Eles marcaram de almoçarem juntos, quando ambos desligaram, Vanessa sorria igual uma boba apaixonada. "Ele ainda me ama" repetia para si mesma super contente. Foi ver o que Jake estava fazendo.

 - O que é isso filho?
 - O mundo.- disse ele.

Jake estava cheio de tinta, e segundo ele o mundo era... Não tem como explicar...

Quando Brittany chegou, Vanessa contou que ligou para Zac e ela disse:

 - E...
 - Vamos almoçar juntos amanha.
 - Que otimo, ai finalmente podem resolver isso.
 - Mas, preciso que fique com Jake.
 - Claro... Será um prazer... Mas vai falar do Jake para Zac. 
 - Vou sim. Acho que ele deve saber

O resto do dia foi tranquilo, Vanessa levou Jake ao parque um pouco, assistiram filmes de desenho, e depois foram dormir... Pouco antes de Jake dormir.

 - Mama?
 - Oi querido?
 - E... - ele parou de falar. Não terminou a frase e disse: - Boa noite
 - Ah, boa noite meu amor.

Depois disso Jake e Vanessa dormiram...

Oii... Gostaram?
Desculpa por não ter postado ontem...
Mas aqui esta o capitulo...
Adivinhe que dia é amanha??? O niver do blog hehe.. :D
10 Comentarios para o proximo
xoxo

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Capitulo 50

A viajem foi longa, mas valeria a pena no futuro. Quando desembarcou em Los Angeles era de manha bem cedo, então ele foi para o hotel e esperou algumas horas, ate que fosse ver Vanessa...

Jake assim que acordou tratou logo de acordar Vanessa.

 - Neve, lá fora...

Ele cobrou de Vanessa o que ela avia prometido, e ela iria fazer. Era por volta das dez da manha e em Los Angeles eram seis... Vanessa deu café da manha em Jake primeiro e depois foram ao central parque...

 - Mama ta com calor.
 - Mas la fora vai esta frio, não pode tirar o casaco. ta?

Ele assentiu. Quando foram para rua ele quase soltou a mão de Vanessa e atravessou a rua, mas ela pegou ele antes que o fizesse, ele resmungou, mas Vanessa não o soltou. Ela o soltou quando estavam já no parque...
Lá haviam poucas crianças, Jake correu de um lado para o outro, fez forma de um anjo no chão, Vanessa o ajudou a fazer um boneco de neve, fizeram guerra de neve e depois foram a Starbucks.

Horas mais tarde...

Zac resolveu que estava na hora... Ele pegou as chaves do carro que alugou e foi ate a casa de Vanessa.

 - Vanessa Hudgens esta?
 - Ela o senhor Hudgens não vêem aqui há quase dois anos e meio. - disse a empregada
 - Mas sabe onde eles estão morando?
 - A ultima vez que soube deles o Senhor Hudgens estava no Canada e a Senhorita Hudgens estava em Nova York.
 - Ah sim, obrigada.
 - Mas, quem é o senhor.
 - Namorado da Vanessa.
 - Ah, sim... - ela fez silencio e depois disse - Ela esta morando em um apartamento perto do central parque.
 - Obrigada

Ele sorriu e saiu. Agora tinha um local - tecnicamente - certo. Agora só falta saber qual é o apartamento dela. Mas iria fazer tudo para ir atrás dela... Comprou uma passagem para Nova York e foi olhar algumas coisas na empresa que se situava em Los Angeles.


  Quando voltaram para o apartamento, Jake estava dormindo. Estava exausto, correu, pulou, escorreu, balançou... e se divertiu muito...

 - Ola pai. - disse assim que entrou no apartamento.
 - Ola querida. - ele ajudou Vanessa  a tirar o casaco de Jake e depois deitou ele no sofá. - Onde foram?
 - Ao parque

Ela conversou um pouco com o pai, ate ele receber um telefonema. Vanessa ficou o resto do dia com Jake, brincaram, assistiram alguns filmes...

No dia seguinte...

  Zac iria viajar bem cedo, quanto mais cedo melhor, mais rápido veria Vanessa, e mais rápido estaria feliz por completo. Desembarcou em Nova York de tarde, por volta das duas da tarde... Começou sua busca a cada apartamento da cidade - é claro, nas redondezas do central parque. -
  No seu primeiro dia na cidade nada... Nada de Vanessa. Deixou para continuar no dia seguinte, no qual iria olhar um apartamento para morar, já que pretendia ficar em Nova York...

E finalmente ele esta no lugar certo nê?
Estão gostando??
10 Comentários para o próximo...
xoxo

domingo, 22 de maio de 2011

Selinhos...


A Mica me deu esses dois selinhos... Obrigada amore. :)

Capitulo 49

No dia seguinte, Zac embarcou para a Itália. Foi uma viajem longa... Imaginava que Vanessa ainda estaria lá, porem para sua infelicidade não... Assim que estava em frente a casa, bateu na porta e uma menininha de seis anos ruiva abriu.

 - Ola - disse ela.
 - Oi, é... A Vanessa esta?
 - Que Vanessa? - ela fez uma careta.

Uma mulher adulta, também ruiva, com um algumas manchinhas no rosto e olhos verdes, ela chegou atrás da menina e disse:

 - Ava, vá brincar. - a menina obedeceu - Em que posso ajuda-lo?
 - Greg Hudgens mora aqui?
 - Não ele se mudou.
 - Pode me informar para onde? - perguntou Zac.
 - Me desculpe, mas não sei.
 - Ah, tudo bem. Desculpe o incomodo.
 - Tudo bem - a mulher sorriu.

Zac saiu, e agora ela pode ter ido para mil e um lugares... Ele pensou que talvez ela estivesse em Los Angeles, lá era a ultima escolha. Logo providenciou uma passagem para Los Angeles, que seria as sete, e teria muito tempo para pensar em o que iria falar para Vanessa quando chegasse lá...


Jake estava em pé ao lado da cama de Vanessa com um ursinho de pelúcia, e estava de bico.

 - Mama - ele chamou Vanessa e ela não respondeu.

Ele fez um esforcinho para subir na cama, e se encolheu ao lado de Vanessa. Vanessa percebeu o a abraçou.

 - Oi meu amor. - disse ela
 - Mama. - ele beijou o rosto dela e sorriu.
 - Esta acordado a muito tempo?

Ele negou. Não disse se tinha acabado de acordar ou não. Vanessa levantou, ele subiu nas costas de Vanessa e foram para a cozinha. Ele estava rindo e gritando "Urul". Assim que ele colocou ele no chão ele pediu pela mamadeira. Jake deitou no sofá e ficou assistindo desenho, Vanessa sentou ao lado dele em quanto ele mamava.

 - Bri - disse ele largando a mamadeira e correndo ate Brittany, que acabará de chagar.
 - Oi meu amor. - ela o abraçou.
 - Onde foi? - perguntou Vanessa
 - Não viu o bilhete? - disse se sentando ao lado da amiga
 - Não. - negou.

Brittany nem tinha dormido em casa para falar a verdade... Jake estava encolhidinho no colo dela assistindo ao desenho.

 - Jake adivinha onde vamos? - perguntou Vanessa, tentando fazer mais divertido do que era.
 - Ao parque? - perguntou tirando o bico da boca
 - Não, um lugar muito divertido.

Ele não respondeu.

 - Ao medico.
 - Ah. - ele desceu do colo de brittany e saiu correndo. Ambas riram e Vanessa foi atrás dele.
 - Jake - chamava ela. Ela olhou em tudo qualquer canto, no meio de suas roupas, na cozinha, no quarto dele... e nada. Ate ela ouvir um espirro vindo de de baixo da cama. - Rá achei você.
 - Aah - ele gritou, levantou e bateu a cabeça na cama e começou a chorar.

Vanessa puxou ele de la de baixo e disse:

 - Oh filho, viu. Por isso que não pode ficar debaixo da cama. Vai dodoi no neném. - Ele estava choramingando. Vanessa abraçou ele e com uma voz carinhosa disse que iria ficar tudo bem. Ele aos poucos foi parando de chorar...

Ele odiava medico, sempre chorava, mas depois que saia do consultorio começara a rir e a fazer gracinha. E sempre que iam ao medico, era um brinquedo comprado ou uma ida ao parque.
Dessa vez foi um brinquedo. Ele viu um tricicolo na loja e logo já estava mostrando Vanessa o brinquedo.

 - Ola Jake - disse o porteiro.

Jake o ignorou e saiu pedalando, estava empolgado de mais...
Vanessa disse:

 - Ola.
 - Tem uma carta para a senhora.
 - Ah, obrigada.

Vanessa entrou com Jake e ele disse assim que viu Brittany e Chad.

 - Olha. - ele levou o brinquedo ate eles.
 - Olha, que bonito. É de quem? - disse Chad
 - Meu
 - Posso dar uma volta?
 - Não - ele fez carinha de bravo.
 - Porque não?
 - Porque é meu.

Eles riram e Jake foi andar pela casa... Já de noite.

 - Mama? - disse Jake.
 - Oi amor?
 - Natal. - disse apontando pra janela

Eles já estavam em Dezembro, Jake tinha quase dois anos, um ano e dez meses na verdade. O medico disse que ele era uma criança saudável, esperta e grande pra idade dele, Vanessa se sentiu orgulhosa. Ele foi ate a janela e disse:

 - Neve. - ele colocou o rosto no vidro.

Vanessa que estava sorrindo ficou seria, lembrou-se de tudo que aconteceu em Dezembro de anos atrás. Foi a época mais feliz que vivera, sentia falta de Zac, muita. Mas estava decidida a esquece-lo, por mais que fosse difícil, teria que consegui...

 - I lá.
 - Filho esta tarde, já é de noite. Amanha podemos ir ta?

Ele fez biquinho e voltou a deitar ao lado de Vanessa. Ela ficou triste por ver o filho triste, então disse:

 - Podemos ir lá na varanda.

Ele logo colocou um sorriso no rosto, colocaram o casaco e foram lá. Jake ficou encantado com a neve. Ele já tinha visto neve, mas era muito pequenininho, ele tinha cinco meses. Se encantou, jogou neve na Vanessa com a neve que estava no chão... E depois foram dormir...

E o que acharam???
Espero que tenham gostado...
Obrigada pelos comentarios...
10 PARA O PROXIMO...
xoxo

Divulgação

Always on your side
é o blog da Amambia...
Passem lá... É otimo

Pessoal, eu vou postar o capitulo 49 hoje...
Mas falta dois comentariozinhos... Então quem vai comentar???
Capitulo 48

sábado, 21 de maio de 2011

Capitulo 48

Meses mais tarde...

Jake estava com cinco meses, era a alegria da casa. Vanessa ainda dividia o apartamento com Brittany. Greg se mudou para Nova York para ficar mais perto da filha e do neto. Era final de semana, Vanessa estava em casa com Jake que estava brincando com alguns bichinhos de pelúcia.

Amanda estava com quase sete meses, eles já tinham decidido o nome do bebe, seria Júlia. Zac estava andando pelo parque, estava pensando, nesses últimos meses estava com uma sensação de que devia voltar atrás e ir atrás de Vanessa. Ele decidiu que iria, mas primeiro iria ligar para ele. Pegou o telefone e fez isso.

Assim que o telefone tocou, Vanessa viu quem era, e logo se lembrou do que Zac disse, ou a Amanda, mas tanto faz... Ela não atendeu. Desligou o celular, pegou o casaco do filho e saiu de casa...

Zac voltou pra casa assim que recebeu um telefonema de amanda.. Ela estava desesperada, ela estava chorando. Levou Amanda para o hospital e logo a péssima noticias... O bebe havia nascido, porem havia morrido.
Amanda esta desesperada, isso não podia ter acontecido, chorava descontroladamente, Zac estava triste, poxa era sua filha. Ele estava ali ao lado de Amanda à consolando... Era uma situação dificil, Amanda iria precisar muito da compreensão de Zac...

Vanessa colocou o filho no balanço. Ele estava se divertido, estava gargalhando.. Vanessa sorria ao ver como se divertia.

Um pouco mais tarde, Vanessa voltou para casa porque estava começando a chover...  O que menos queria era um bebe gripado... Vanessa mimava muito Jake, é claro único filho e após ter ele de uma maneira estranha, ela dava todo amor, carinho e atenção que ele precisava...

Um ano depois...

As coisas entre Zac e Amanda não estava nada bem, eles brigavam sempre e resolveram dar um tempo, para Zac estavam apenas dando um tempo no tempo, para ver se as coisas entre eles melhoravam, mas para Amanda? Eles tinham terminado, ele ainda estava apaixonado por Vanessa e não queria saber mais dela... Uma semana depois disse eles conversaram, para ver como iria ficar as coisas.

 - Sabe de uma coisa Zac - disse Amanda gritando, ela estava muito nervosa. - Pode ir atras da Vanessa, sei que é isso que você quer.
 - Não, se ela sumiu é porque ela não me ama - ele estava totalmente equivocado.
 - Não, ela te ama, ela ligou e eu disse à ela para não nos incomodar mais, disse que você iria se casar comigo e iríamos ter uma filha e ela disse que não iria incomodar mais.
 - Porque fez isso?
 - Fiquei com medo de te perder, Zac eu te amo.
 - Amanda.... - ela o interrompeu
 - Sabe porque estamos juntos?

Ele negou..

 - Meu pai ameaçou o pai de Vanessa, e disse que se ele não tirasse ela de perto de você ela iria morrer.
 - O que? - agora era ele que estava nervoso.
 - Isso mesmo, agora eu estou mandando, vá atrás dela. Vá tatrás da sua felicidade. - ela sorriu, era difícil para ela fazer isso. Ela o amava e muito, mas não poderia obriga-lo a ficar com ela contra vontade dele... Seria melhor vê-lo feliz do que infeliz.

Zac sorriu e assim fez. Ligou para o aeroporto e providenciou logo uma passagem para a Itália (onde ele achava que ela ainda morava)... A viajem estava marcada para o dia seguinte, ele agradeceu à Amanda, por isso. Ele também sabia que para ela estava sendo difícil e depois foi arrumar suas coisas...

{...}

Jake estava com um ano e cinco meses, des de que aprendeu a andar não fica quieto. Mesmo sendo bem pequeno era muito ciumento com a mãe, sempre que Vanessa conhecia algum homem, quando algo poderia acontecer entre eles Jake começava a chorar. Isso aconteceu com Brian...

Vanessa conheceu Brian atravez de Chad o namorado da Brittany. Eles marcaram de sair mas Jake não deixou, grudou na perna de Vanessa e não deixou ela ir de jeito nenhum... E ela não foi...

 - Mama - gritou correndo de Vanessa.
 - Vamos tomar banho filho.
 - No no... - gritou.

Jake estava todo sujo de tinta. Estava desenhando, e como é normal de toda criança ele colocou a tinta na mão, sujou a parede, o chão, ele e a Vanessa. Ela por fim conseguiu pegar ele. No banho ele deu um banho nela. Ela saiu toda molhada... Vanessa colocou um pijama de bichinhos nele e fez ele dormir.. Depois foi limpar a bagunça que ele tinha feito...

O que acharam???
EEEEEh o Zac vai atrás dela, mas ele esta indo pro lugar errado... !
Comentem se querem saber o que vai acontecer
10 COMENTÁRIOS PARA O PRÓXIMO...
xoxo

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Capitulo 47

Bem, vou explicar primeiro o acontecimento do capitulo anterior...
  O capitulo foi inspirado em uma seria chamada "Eu não sabia que estava gravida". É possível sim a mulher esta gravida sem saber... Foi exatamente o que o(a) anónimo(a) explicou, a mulher ela toma anticonsepicionais, e o bebe se desenvolve na tuba uterina, não no útero... E muitas delas também já tem o ciclo menstrual atrasado, o que faz com que a gravidez passe despercebido... Elas tem algumas vezes enjoos, dores nas costas, e em algumas desejos...
  E um pouco estranho ne? Como uma pessoa carrega um bebe dentro de si durante nove meses e nem desconfia. Eu achei impossível quando vi pela primeira vez o programa(foi no final de 2009 e na epoca adorava programas de medicina), mas depois entendi... Então, entendera... Ah e o programa passa no Discovery Home &  Health...

Agora o capitulo...

Vanessa estava tendo entender o que acabou de acontecer, era algo diferente. Bizarro de certa forma... O que iria dizer para o seu pai... "Oi pai, tenho uma grande surpresa para você, você é avo" - ele iria surta. Ela ficou pensando mais um pouco e nem percebeu a enfermeira entrar com o filho no colo.

 - Aqui esta ele - disse ela.
 - Oh, ele é lindo. - disse Vanessa. Ela com certeza seria uma mãe babona...
 - Ele não chorou ou reagiu por causa do tranquilizante que aplicamos em você, o remédio estava fazendo efeito nele.

Vanessa ficou em silencio, ele era lindo. Tinha um pouquinho de cabelo castanho, estava com os olhinhos fechados, então não dava para olhar a cor. "Mas com certeza e azul" pensou Vanessa "Zac é o pai". Sim Zac é o pai. Antes de Vanessa ter sido sequestrada eles ficaram juntos uma ultima vez antes de tudo, e calculando, fazia nove meses. Tem lógica.

 - Qual será o nome? - perguntou a enfermeira
 - Eu não sei. - ela fez silencio e depois disse - Acho que Jake 
 - Lindo.

Ainda estava de noite, era por volta das meia noite e meia. Brittany chegou no apartamento e viu o bilhete que estava em cima da cama, Vanessa tinha pedido para um dos paramédicos escrever... Brittany só faltou endoidar quando viu o bilhete. Pegou as chaves do carro e foi direto para o hospital. Vanessa estava no telefone, teria que contar para o pai:

 - Oi pai.
 - Ola queria o que ouve? - perguntou.
 - Bem, preciso que venha pra cá.
 - O que aconteceu Vanessa? - ele se assustou.
 - Bem, e complicado dizer pelo telefone então, pode vir aqui?
 - Vou pegar o primeiro voo.

Logo depois Vanessa desligou, Brittany chegou no quarto, mas não entrou parou na porta e disse:

 - Que que isso? - Vanessa riu, a cara que ela fez ao ver o bebe no colo de Vanessa foi hilaria.
 - Um bebe oras.
 - Eu sei, mas de quem?
 - Meu filho
 - Vanessa primeiro de Abril já passou.
 - Brittany, não é uma pegadinha, é meu bebezinho - Vanessa acariciou o rostinho do bebezinho.

Brittany entrou no quarto e disse:

 - Como, onde ele tava?
 - Aqui dentro oras.
 - Mintira - contrariou - Você não ficou com aquele barrigão.
 - Não, mas ele estava aqui.

Vanessa explicou tudo para Brittany, foi difícil de acreditar, ela contrariava Vanessa a cada frase dita. Mas depois acreditou. Ela disse:

 - E do Zac não é?
 - É.
 - Vai falar pra ele.
 - Vou tentar...

Elas conversaram mais um pouco, depois a enfermeira veio buscar Jake, Vanessa choramingou para que ela deixasse ele ficar, mas não... Brittany passou a noite no hospital com Vanessa. Na manha seguinte, quando Vanessa acordou estava sozinha no quarto, Brittany tinha saído. Já que estava sozinha, Vanessa resolveu ligar para Zac.

 - Alo? - disse a voz do outro lado da linha
 - Quem fala? - perguntou Vanessa
 - Amanda, quem esta falando?
 - Vanessa, o Zac esta.
 - Ah, Vanessa. Vanessa Hudgens certo?
 - Sim.
 - Ele mandou avisa-la que não quer que o incomode mais. E digo des de já que vamos nos casar, e estou gravida. E quero lhe pedir também que não nos incomode mais... O que minha filha iria pensar, uma mulher que sabe lá da onde ligando para o pai dela... Então já dei o recado, mais alguma coisa.

Vanessa teve vontade de xingar ela toda... Mas apenas respondeu.

 - Não, avise a ele que não incomodarei mais. Obrigada.

Assim que Vanessa desligou Zac entrou no quarto novamente.

 - Quem era? - perguntou. Ele não tinha reparado que o celular que amanda segurava era de Vanessa, mas quando percebeu tratou de pega-lo. - Onde achou isso?
 - No fundo da gaveta, e porque guarda isso? Você não disse que tinha esquecido ela?
 - Quem ligou, foi a Vanessa?
 - Foi, mas eu já fiz com que ela nos deixe em paz, não precisa se preocupar.

Zac saiu furioso do quarto. Foi para um lugar qualquer, nem sabia onde estava indo ou pra onde pretendia ir, apenas seguiu a estrada reta... 

As lágrimas foram inevitáveis, Vanessa tomou uma decisão, iria esquecer Zac e iria fazer para que seu filho tivesse a melhor vida que ela poderia dar. Seu pai entrou no quarto do hospital. E pouco antes dele chegar a enfermeira tinha trago Jake. Vanessa estava conversando com ele, em um tom de voz delicado e suave.

 - Vanessa?
 - Oi. - ela levantou o olhar e logo voltou a abaixa-lo -  Jake, aquele é o vovo Greg.
 - Vovo?
 - Pai, esse é seu neto Jake
 - Neto, como assim neto?

Vanessa explicou ao pai, e depois ele foi falar com o medico... Um pouco depois, Brittany chegou com algumas caixas e sacolas...

 - O que são isso?
 - São pro bebe.
 - Brittany obrigada.
 - De nada... Ah e já vou avisando, quero ser a madrinha dele.
 - Com certeza.

Ambas riram...

 - Qual será o nome dele?
 - Jake, Jake Hudgens
 - É lindo Vanessa...

Brittany pegou Jake no colo, ele era tão pequenininho, delicado, lindo...

 - Conseguiu falar com o Zac?
 - Nem me lembre dele. Ele mandou a noiva me falar para deixa-los em paz, e ela disse que esta gravida e vão se casar.
 - Mas...

Brittany iniciou, mas parou logo em seguida.

 - O Zac não iria falar isso, ele te ama.
 - Não sei. Só sei que vou dar tudo que meu filho merece.


Meses mais tarde...


Gostaram????
Comentem MUITO
Obrigada pelos comentarios. :D Adorei...

DEZ PARA O PROXIMO OK?
xoxo

Bem a enquete acabou.. Jake ganhou por 3...
Então o nome do bebe da Nessa vai ser Jake Hudgens

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Pergunta!!

Qual deveria ser o nome do bebe da Nessa?
 A) Benjamin
 B) Jake...


VOTEM 
xoxo

Capitulo 46

Poucos minutos depois que Brittany saiu a agonia começou... Era uma forte dor que se localizava no abdomen, Vanessa não queria incomodar Brittany, então resolveu não ligar pra ela... Bem, deve ser uma dorzinha qualquer - pensou. Ela se levantou com dificuldade e foi ate a cozinha, procurou algum remedio pra dor e tomou... Deitou-se no sofá, ligou a tv e esperou a dor passar... É passou... Ela acabou pegando no sono...


Zac estava em casa com Amanda. Amanda estava radiante por causa da gravidez, foram no medico, ela estava acabava de entrar na décima sexta semana. E seria uma menina, eles estavam discutindo os nomes, Alexandra, Julia e Nádia... Zac não parecia esta muito atendo ao que a noiva dizia. Ela percebeu então disse:


 - Esta pensando nela nê?
 - Não, esta apenas pensando... 
 - Mas pensando em que? - Amanda.
 - Nada de importante amor - ele acariciou seu rosto e continuou - estava pensando em nos, não melhor adiar o casamento.
 - Porque amos, estava tão entusiasmado.
 - Eu ainda estou, mas não seria algo precipitado?
 - Não - respondeu amanda.- Você não quer se casar é isso Zac?
 - Não, Amanda, quero sim. Mas não agora, tenho apenas 19 anos...
 - Mas vamos ter uma filha, isso também não é precipitado.
 - Não, isso foi um erro...
 - Erro? Quer dizer que você não queria fazer isso.
 - Não - disse confuso. - O que quis dizer foi que vacilamos, e então aconteceu isso, mas só porque esta gravida não significa que precisamos nos casar.
 - Mas eu quero me casar com você Zac, muito. 


Vanessa também - pensou ele.


 - Eu também, mas acho que agora não é o momento certo. 
 - É por causa dela não é, dessa Vanessa. - disse Amanda
 - Não - mentiu. 
 - Pare de mentir, sei que é, você ainda à ama, sei disso. Vejo nos seus olhos.
 - Não...
 - Tudo bem. - ela fechou os olhos, respirou fundo e disse: - Vamos conversar isso depois, não posso me estressar lembra?


Ele concordou, lembrava bem as recomendações do medico, e iria seguir a risca as recomendações...


Por volta das onze da noite, Vanessa acordou sentindo as mesmas dores, só que mais fortes, na mesma região do abdómen, ela procurou o celular, agora não iria aguentar mais, iria ligar para Brittany, mas não foi possível... Seu celular estava descarregado. A cada minuto que passava parecia que a dor ia apenas piorando...Ficando cada vez mais forte. Era insuportável. Vanessa por um segundo achou que estava morrendo, mas tirou essa ideia da cabeça no segundo seguinte... Ela foi para o quarto, ficou deitada na cama ate a dor passar...
Ela sabia que deveria ir para o hospital... Mas não foi... Logo depois Vanessa deixou de ser teimosa com sigo mesma e foi procurar o telefone... Discou o numero da emergência, falou rapidamente com a recepcionista - que também enfermeira - disse que a ambulância iria chegar em menos de dez minutos...


Dito e feito. Logo os paramédicos já estavam ajudando Vanessa a entrar na ambulância, eles mediram a pressão, olharam os batimentos, que estavam muito acelerados... Assim que chegou ao hospital foi lavada para dentro de uma sala onde havia alguns enfermeiros e um medico. O medico disse:


 - A quanto tempo esta sentido essa do?
 - Começou tem uma duas horas talvez... - disse com um pouco de dificuldade, ela gemia de dor...
 - Vamos tirar uma amostra de sangue para analise e aplicaremos uma doze remédio tranqulizante para pàrar com a dor. - Vanessa não disse nada apenas concordou.


Ele tirou o sangue dela, e logo saiu da sala para levar para analise. O enfermeiro aplicou o remédio, e poucos minutos depois a dor foi diminuindo... Quando o medico voltou ele estava com uma prancheta e o resultado era surpreendente... Ele afirmou:


 - Você esta gravida. 
 - O que? Não, impossível...
 - Sim, Você esta gravida... Vamos fazer uma ultra sonografia pra sabermos de quantos meses esta...


 Eles levaram para a sala de ultra som, e mais uma surpresa... Vanessa estava prestes a das a luz... As dores voltaram assim que e ele disse à ela que estava de nove meses... Os médicos conversaram entre si, o medico que atendeu Vanessa disse:


 - Esta na hora. 
 - Como é que é? - Ela quase gritou, e logo em seguida veio uma contração forte, ela gritou e ele disse
 - Vamos, faça força...


Quase uma hora depois... Ele nasceu, era um menininho, mas para o desespero de Vanessa ele não chorou... Vanessa olhou assustou e disse:


 - O que aconteceu? Ele.... Ele... - ela não teve forças para terminar a frase... a enfermeira do seu lado disse:
 - Ele vai ficar bem...


É então????
Gostaram????
Muito, pouco, médio ou péssimo??

E Paula você estava certa!! Me inspirei exactamente naquele programa "Eu não sabia que estava gravida"... Eu assistia ai vi novamente esses dias, e tive a ideia de por no blog...
E também muitos de vocês que falaram que ela estava gravida acertaram!!
anonimo: pode ficar tranquilo(a) que eu não vou parar de escrever... Bem só em quanto comentarem... Porque se pararem de comentar eu paro de escrever :D

Querem saber o que vai acontecer com o bebe???
DEZ COMENTÁRIOS PARA O PRÓXIMO...
xoxo 

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Capitulo 45

A semana passou rápido, mais rápido do que se esperava. Brittany e Vanessa estavam se dedicando muito aos estudos, mas também tinham seus momentos de diversão.. Era final de semana, estavam em casa comendo cupcakes e assistindo a muitos filmes de comédia romântica... Quando o filme "Cartas para Julieta" acabou, Vanessa se levantou correndo e foi ate o banheiro vomitar.

 - Já chega Vanessa, vou te levar ao medico. - disse Brittany ajudando a amiga
 - Não, não vai. - vou tomar um remédio para dor, e já vai passar.
 - Vanessa - disse em um tom autoritário e serio.
 - Que?
 - Olhe para você, esta pálida e vomita o tempo todo
 - Tem algo te errado com você. Você pode esta doente.
 - Tudo bem, segunda feira eu vou...

Era sempre assim, amanha eu vou, esta marcado pra semana que vem... Mas ela nunca marcava consutal alguma...
Vanessa ainda estava de frente ao espelho, estava usando um jeans, e uma regata, levantou parte da blusa e ficou olhando sua barriga no espelho.

 - O que você ta fazendo?
 - Estou gorda. - disse ela virando-se de lado cada vez mais.
 - Claro comendo o tanto que esta comendo, esta obeso. - brinco ela.
 - Estou falando serio. Esses últimos meses estou me sentindo casada, com muita falta de ar, e um desejo de comer amendoim.
 - Você odeia amendoim.
 - Viu.
 - Você é louca.

Brittany sentou-se novamente para ver o próximo filme, Vanessa abaixou a blusa e deitou ao lado da amiga.

Zac estava na casa dos pais para contar a novidade, pediu a mão de Amanda em casamento, e ela estava gravida de três meses e meio. A familia aceitou muito bem a noticia, Albet estava completamente satisfeito, estava conseguindo o que queria e para ele com Vanessa fora do caminho seria bem mais fácil...
Zac estava contente com a noticia, mas não deixa de pensa em Vanessa nem um minutos se quer...
Assim como ela, em tudo que fazia estava com seus pensamentos nele...

A saudade chegava a matar, poucos meses depois de se separaram, Vanessa se sentiu culpada e entrou em inicio de depressão. Dizia que não tinha mas sentido viver. E aos poucos foi se recuperando. Mas hoje ainda sente falta de Zac, muito... Mas tem que superar...

Já era de noite e Brittany combinou de sair com Chad, mas ficava apreenciava de deixar Vanessa sozinha naquele estado, Vanessa a garantiu que ficaria, bem...

 - Qualquer coisa me ligar. Aconteça o que acontecer. Ate mesmo se tiver uma borboleta aqui.

Vanessa riu. "exagerada ela" pensou... Poucos minutos depois que Brittany saiu a agonia começou...

Hehe, o que vai acontecer...
Não ficou tão grande.. eu sei, mas foi porque quero deixar o suspense e também pela quantidade de comentarios...
Só posto o proximo quado tiver no minimo sete comentarios ok?
Bjs... xoxo