quarta-feira, 30 de março de 2011

Capitulo 17 Part 1

Passaram o resto da tarde juntos, rindo, brincando, namorando... De noite foram o boliche com alguns amigos de Zac.

 - Vai Vany - disse Ryan
 - Eu? Não sou péssima. - admitiu.
 - Eu também mas estamos aqui para se divertir. - disse Ashley.
 - Tudo bem.

Ela jogou, errou, mas se divertiu. Depois com algumas pequenas ajudas de Zac ela conseguiu acertar alguns pinos. Já estava tarde, passaram a noite no boliche. Zac e Vanessa conversaram durante o caminho de volta. Quando chegaram na casa dela ele disse:

 - Te pego as quatro.
 - Tudo bem. - disse ela. - Boa noite. - ela o beijou.
 - Boa noite ate amanha.

Vanessa entrou em casa e o silencio estava pleno na sala, sem falar nos outros cómodos. Com certeza já passava das meia noite, e todos estavam dormindo. Subiu para o quarto sem fazer qualquer barulho. Na manha seguinte acordou com o sol em seu rosto, já era tarde, pensou. Sim era. Era quase meio dia. Como permitiu-se dormir tanto, talvez devido a hora que fora dormir na noite anterior.
Desceu e foi tomar o café ou melhor, almoço. Contou para o pai as novidade, como foi com os amigos de Zac, e onde iria com ele hoje.

 - Ele vai me levar para conhecer os pais.
 - Hum. 
 - Como foi seu dia? - disse Vanessa, tentando fazê-lo animar-se.
 - Normal - disse pousando a chicara na mesa e voltando a atenção ao jornal.
 - Pai, fale. Não pode ter sido normal - disse ela alegre.
 - Sabe em que você é mais parecida com a sua mãe?
 - O que?
 - Ambas falam de mais. - Vanessa riu. - Ela queria me contar tudo, assim como queria que eu contasse tudo a ela.

Vanessa sorriu, lembrava da mãe porem pouco. Elas eram parecida, ah eram. Vanessa passou a tarde com o pai, quando estava para dar três horas ela foi começar a se arrumar. Zac iria busca-la as quatro, então ate lá estaria pronta.
Escolheu sua melhor roupa, queria dar uma boa impressão. Dizem que a primeira impressão é a que fica, então não queria arriscar. Zac chegou as quatro em ponto. Estava lindo como sempre.

 - Vamos? - disse abrindo a porta para Vanessa.
 - Claro. - ela respirou fundo
 - Fique tranquila - ele a beijou e deu a volta no carro.

No meio do caminho.

 - Mas e se eles não gostarem de mim.
 - Aposto que sim. - disse ele.
 - Mas..
 - Tranquila...

Vanessa respirou fundo novamente e tentou tirar alguns pensamentos da cabeça. Encostou a cabeça no vidro e ficou admirando a paisagem, quando estavam se aproximando de uma bela casa, com estrutura colonial, estilo Espanhol, ela disse:

 - É aqui?
 - É - afirmou Zac.

Quando chegaram na casa, ele abriu a porta do carro para ela e disse:

 - Tranquila. A propósito esta linda.

Continua...
Gostaram?
Comentem bastante.
xox

terça-feira, 29 de março de 2011

Capitulo 16

 - Vou poder ficar ou não - disse Vanessa cruzando os dedos.
 - Vamos ficar. - disse greg
 - Vamos? Você também vai ficar?
 - Sim
 - Ate quando?
 - Não se preocupe com isso, divirta-se.

Vanessa abraçou o pai e logo sumiu da sala. Ela chegou no quarto e disse:

 - Vamos ficar.
 - Serio?
 - Hum-hum - afirmou ela se sentando na frente dele.

Ele em um simples movimento a abraçou e ela o beijou. Passaram a tarde juntos na casa de Vanessa, ela estava desfazendo a mala e depois foram dar um volta.

 - Esse esta sendo o melhor natal e ano novo da minha vida - disse Vanessa.
 - O meu também sabe porque?
 - Por que?
 - Porque estou com você.

Vanessa sorriu e o beijou. Ficaram ali a maior parte do tempo, conversaram, riram, namoraram, e o principal de tudo estavam juntos. Sem se preocupar quando iria acabar. Greg não disse ate quando exatamente iriam ficar em Los Angeles, e por em quanto não precisavam-se preocupar com isso. Apenas desfrutar o momento a dois.

DESCULPA.
Não deu pra postar ontem... e esta pequeno..
Talvez eu poste um mais tarde.
Comentem :D

domingo, 27 de março de 2011

Capitulo 15

 - Podemos conversar agora?
 - Podemos - disse se sentando ao lado dele.
 - Quer começar?
 - Porque você não quer deixar eu ficar.
 - Você é minha única filha, Vanessa. Quero apenas te proteger.
 - Mas não vai acontecer nada.
 - Quem garante?
 - Pai, temos que correr alguns riscos nê? E então vai deixar? - ela sorriu e ele disse:
 - Vou pensar amanha te responde.
 - Pensa direitinho. - Vanessa beijou o rosto dele - Boa noite

Vanessa subiu para o quarto, e terminou de arrumar suas coisas e foi dormir. Na manha seguinte, por volta das nove Greg não estava em casa, e Zac chegou.

 - Ual, você vai para onde?
 - Se depender de mim lugar nenhum. - ela riu. - Convencei com meu pai ontem. Ele disse que iria pensar se eu poderia ficar.
 - E qual a resposta dele?
 - Não sei, quando acordei ele não estava aqui. Então quando ele chegar eu pergunto.

Zac ajudou Vanessa, e ficou impressionado com a quantidade de roupa para tão pouco tempo. Quando ela terminou ficaram sentados na varanda do quarto conversando com Zac... 

 - Sabe tocar? - Zac disse se referindo ao violão no canto do quarto.
 - Não, ganhei de presente há alguns anos, mas ainda não aprendi a tocar.
 - Posso?
 - Claro.



 - Não sabia que você sabia tocar.
 - Sei, mas não muito.
 - Toque.
 - O que?
 - Eu não sei.

Zac pensou em algumas musicas ate que se decidiu, começou a tocar a muscia Just The Way You Are. Vanessa ficou impressionada alem de tocar bem, canta bem.

 - Ual - disse batendo palmas - Você canta muito bem.
 - Valeu. - ele sorriu.

Vanessa da varanda do quarto viu seu pai passar pelo portão ela falou para Zac espera-la, e em alguns minutos já estava lá em baixo?

 - E então pensou? - disse Vanessa
 - Pensei.
 - Vou poder ficar ou não? - disse Vanessa cruzando os dedos.

hahaha..
vão ficar curiosos ate amanha...
Comentem muitooo.
xoxo

sábado, 26 de março de 2011

Capitulo 14

Vanessa se arrumou quando estava prestes a dar sete horas, dez minutos depois da sete Zac chegou, Vanessa passou pelo pai que disse:

 - Onde vai?
 - Sair - disse fechando a porta.

Zac estava encostado na porta do carro, e disse ao abrir a porta do carro para Vanessa.

 - Esta linda.
 - Obrigada. - ela sorriu e ele fechou a porta e deu a volta - e agora pode dizer onde vamos?
 - Surpresa.

Vanessa fez um biquinho e fez cara de brava, ele por sua vez beijou os lábios dela. Que riu.
Vanessa tagarelou o caminho todo, onde eles iriam não era um lugar muito perto, mas também não muito longe. Foram ao parque de diversões em santa Mónica (pier de santa Mónica). Estavam em frente a montanha russa e Zac disse:

 - Escolhe esse ou aquele?
 - Nenhum - Vanessa sorriu irónica. - Eu não vou em nenhum dos dois.
 - Vamos. - disse empurrando ela para o brinquedo.

Vanessa acabou cedendo foi na montanha russa com Zac. Coisa que ate antes de conhecer Zac, não tinha coragem de fazer nem morta. Zac ficou rindo das expressões faciais dela, enquanto ela estava ali morrendo de medo e se divertindo.

 - Quero ir de novo. - disse Vanessa histérica e recuperando o fôlego após tanto gritar.
 - Olha só quem não queria nem ir.
 - Mas foi divertido. Onde vamos agora.
 - Que tal...

Eles foram no tiro ao alvo, Vanessa era péssima, acertava tudo, menos o alvo. Zac era bom, após duas jogadas a mais conseguiu, pegou de brinde um ursinho cor caramelo com um coração escrito "I Love You". Depois de irem em mais alguns brinquedos, eles compraram Milkshakes e foram na roda gigante.

 - Esta esta sendo minhas melhores ferias.
 - A minha também - disse Zac passando o braço envolta de Vanessa.
 - Pena que esta acabando. - disse V.
 - Mas eu vou me lembrar desse momento para sempre!

Zac beijou Vanessa. Com uma paixão como se o mundo fosse acabas amanha. Bem iria para Vanessa. Quando se separaram viram que o moço que ficava na portinha olhando para eles. Eles saíram do brinquedo rindo, ficaram sentados em um banco conversando, ate mais tarde.

 - Tchau. - disse ao chegar em casa. 
 - Tchau Vany.
 - Vem aqui amanha?
 - Claro que venho. 
 - Te amo
 - Também te amo.

Vanessa se inclinou e beijou Zac, ele a abraçou e ela entrou em casa.

 - Meia noite e meia. - disse Greg.
 - Oi pai. - ela sorriu. 
 - Podemos conversar agora?

E agora?
O que ele tem pra falar????
8 comentarios para o proximo!!!!!
xox 

quinta-feira, 24 de março de 2011

Divulgação

Vanessa Hudgens Style
(eu postei uma noticia muito interessante sobre Zanessa, quem quiser ver, é a primeira noticia da pagina...)
Passem lá!

Capitulo 13

Após o longo e confortante abraço de Zac, eles se sentaram em um banco no parque para conversar.

 - Acalma-se - disse ele passando a mão gentilmente pelo rosto de Vanessa. - O que aconteceu.

Vanessa respirou fundo e disse:

 - Vou embora daqui dois dias.
 - O que? - disse surpreso - Não era daqui uma semana?
 - Era. Mas meu pai tem que voltar para a Europa e quer me arrastar com ele.
 - Vai ficar tudo bem - disse ele em um tem tranquilizador.
 - Não não vai
 - Claro que vai
 - Zac eu quero ficar com você. - disse abraçando Zac.

Zac conversou com Vanessa disse que teriam oportunidades para se verem novamente no verão.

 - O verão e daqui seis meses - disse Vanessa
 - Eu sei. - disse ele passando o braço envolta dela. - Mas vai passar rápido você vai ver.
Vanessa bufou e resmungou, Zac riu, pois dês da semana que se conheceram nunca vira ela reclamar tanto de algo. A tarde passaram juntos, conversando, rindo, se beijando. Passaram a manha no parque e depois foram no McDonalds almoçar. Greg pensou em ligar para Vanessa, mas não ligou. Sabia que ela estaria com Zac, e que com certeza ela ainda estaria com raiva dele. E estava.

 - O que vai fazer de noite?
 - Não sei, arrumar as malas.
 - Que tal depois de arrumar as malas te levar em um dos lugares mais legais da Califórnia, aposto que você nunca foi lá;
 - Onde?
 - Segredo.
 - Como vou saber se já fui se não sei onde é?
 - Você já andou em uma montanha-russa?

 - Não.
 - Então você nunca foi.

Vanessa ficou insistindo para ele falar onde era, mas ele estava decidido a não falar. Ele a levou para casa lá para as cinco. E iria buscar ela as sete. Ela entrou e casa e logo foi barrada pelo pai.

 - Onde estava?
 - Por ai?
 - Porque não ligou.
 - Porque não quis.
 - Vanessa
 - O que? - disse no pé da escada.
 - Onde estava?
 - Ai que saco, estava com o Zac satisfeito? Agora eu vou subir começar a arrumar minha mala e vou sair.
 - Onde vai?
 - Sair. - disse com raiva.

Vanessa subiu para o quarto, e praticamente jogou as roupas na mala, apenas separou uma com qual iria sair...

Gostaram??!
ps: eu so vou poder postar no sábado.. Amanha vou fazer trabalho de historia...
Então comentem bastante e eu posto um grandão!

Bekki Hudfron: sim a V na fic é de maior tecnicamente, ela tem 17 anos, mas pode dirigir, e tudo mais, menos beber bebida alcoólica, mas greg ainda é responsável por ela, então ela tem que ir com ele... 

quarta-feira, 23 de março de 2011

Capitulo 12

 - Preciso falar com você.  - O que foi?
 - Vamos voltar para a Europa daqui dois dias.
 - Mas não era daqui sete dias.
 - Ouve alguns imprevistos Vanessa, preciso voltar, e você vai comigo.
 - Mas pai, eu não quero ir quero ficar aqui, por favor. Só mais essa semana. Por Favor. 
 - Não.

Vanessa incistiu mais um pouco, mas nenhum dos por favors  funcionava, ele sempre respondia que não. Então ela disse:

 - Que droga, porque que quando tudo esta dando certo você sempre estraga?

Vanessa apos explodir subiu para o quarto. Ficou trancada lá o resto da noite toda ate adormecer. Amava Zac, era um sentimento inesplicavel, ela o amava e só queria ficar com ele. Queria ficar em Los Angeles. Apenas isso, mas Greg não deixava, não queria ver sua menininha de coração partido. Greg de noite foi ate o quarto de Vanessa, tentou entrar mas a porta estava trancada, então ele esperou ate a manha seguinte para falar com ela.

 - Bom dia - disse Greg em um tom animador.
 - Pessimo dia. - disse se sentando a mesa mas sem olhar para ele.
 - Vanessa, tente me entender.
 - Claro que eu entendo, entendo que você quer estragar minha vida igual fez a cinco anos atras.
 - Vanessa eu so quero o melhor para você
 - Serio? Então deixe-me ficar.
 - Não posso.
 - Então eu não vou falar mais com você. - Vanessa realmente não falou, o ignorou.

Estava agindo igual uma criança mimada, mas era assim que fazia para conseguir as coisas que queria, chantagem emocional. As proximas horas foram assim, Greg tentava se explicar e Vanessa o ignorava colocando os fones de ouvido. Um pouco depois do almoço, foi dar uma voltar para esquecer a manha chata que teve.

 - Me desculpe - disse ao esbarrar em alguem.
 - Vanessa? - disse Zac

Vanessa sem reação abraçou Zac que também a abraçou. Um abraço confortante, carinhoso e cheio de ternura

bubu' :(  Gostaram?
xoxo 

terça-feira, 22 de março de 2011

Capitulo 11

Já de noite, Zac chegou por volta das oito e dez. Ele foi muito bem recebido por Greg e Vanessa, que ambos trocavam vários olhares. Estavam na sala de visitas quando a cozinheira vez dizer que o jantar estava na mesa.

 - Não me diga que seus pais são David Efron e Starlla. Meu Deus que mundo pequeno, eu e seu pai éramos amigos de infância.
 - Que legal - Zac

O Jantar foi tranquilo, mas no meio dele, Greg recebeu uma ligação que estava esperando a dias de um sócio. Ele deixou Zac e Vanessa sozinho, quando eles terminaram de Jantar. Foram para o jardim.

 - Seu pai é legal. - disse Zac
 - Eu disse. Mas o ruim é que ele esta sempre pendurado no telefone.
 - Mas ele importa com você, - ele fez uma pausa - assim como eu.

Vanessa sorriu e encostou no ombro de Zac. Já um pouco mais tarde, começou a chover, muito. O céu estava limpo, bonito não parecia que iria chover, mas choveu. Zac e Vanessa estavam a uma distancia razoável da entrada da frente, a dos fundo tinha sido trancada, então a opção era correr da chuva. Mas não foi o que fizeram, foram devagar, curtiram o momento a dois. Entraram na casa encharcados claro, mas valeu à pena. Zac se despediu de Greg com um aperto de mão, e Vanessa o acompanhou a porta. Já de Vanessa eles se despediram de forma mais carinhosa, eles se beijaram e Zac correu ate o carro.
Assim que Vanessa entrou Greg disse:

 - Preciso falar com você.

Misteriooo..!!
Querem saber o que ele tem para falar???
8 Comentarios para o próximo...
xoxo

Mayara: eles estão apenas na amizade colorida, por enquanto..

segunda-feira, 21 de março de 2011

Capitulo 10

Assim que Vanessa entrou em casa seu pai a encheu de perguntas.

 - Onde estava? O que fez? Porque não ligou?
 - O carro do Zac acabou a gasolina.
 - O que vocês fizeram?
 - Nada pai, não aconteceu nada.
 - Acho bom
 - Zac estará aqui as oito.

Ele fez um sinal confirmando e Vanessa subiu para o quarto e foi lá que ficou ate a hora do almoço. Depois do almoço, foi ao shopping, passou horas e horas escolhendo o vestido. Quando ela estava indo no caixa:

 - Oi - disse.

Ela se assustou e se virou e disse:

 - Oi Zac
 - Te assustei?
 - So um pouquinho.
 - Rá, eu te assustei.
 - Não.
 - Admita?
 - Tudo bem - disse Vanessa dando-se por vencida.

A atendente entregou a sacola à Vanessa e saíram da loja.

 - O que esta fazendo aqui?
 - Compras. E você?
 - Passando o tempo.

Eles entraram em uma sorveteria e ficaram lá conversando, rindo, e tomando sorvete.

 - Seu chato - disse ela limpando o sorvete da ponta do nariz.
 - Sou nada, se fosse chato faria isso. - ele passou mais sorvete no rosto dela.
 - Agora já chega. - ela pegou mais guardanapo e limpou o rosto e saiu da sorveteria.
 - Ta eu paro. - disse indo atrás dela.
 - Para mesmo?
 - Paro.
 - Otimo.

Eles continuaram andando pelo shopping ate por volta das seis e mais. Zac levou Vanessa para casa, para se verem novamente daqui uma hora é meia.

GOSTARAM???
@Thais100zanessa: Não eles não fizeram aquilo, eu também daria tudo pra ficar perdida com o Zac.
(OBRIGADA PELOS COMENTARIOS)

domingo, 20 de março de 2011

Capitulo 9

Estava tarde, já havia passado das meia noite, e eles ali ainda aconchegados olhando a Lua Cheia. Alguns minutos mais tarde eles resolveram voltar, mas o que Zac achava que não aconteceria aconteceu.

 - Mas como você não colocou gasolina no carro? - disse Vanessa
 - Eu achei que dava
 - Mas não deu, e agora?
 - Não sei.

 - Aonde fica o posto mais próximo? - Vanessa
 - Não sei.
 - Zac
 - Ei eu não tenho culpa
 - Tudo bem. - ela riu. - Sabe eu nunca fiquei perdida
 - E como esta sendo? Esta se divertido.

Ela riu e respondeu:

 - Sim esta sendo divertido, principalmente ficar com você.
 - Pra mim também.
 - E então, o que vamos fazer?
 - Esperar ate o amanhecer.

O silencio estava reinando o carro. Vanessa estava encolhida no banco do passageiro e com a cabeça encostada no vidro.

 - Esta com frio? - disse Zac ganhando a atenção de Vanessa.
 - Um pouco.

Zac sem responder tirou o seu casaco e deu a Vanessa, ela por sua vez colocou o casaco.

 - Obrigada.

Zac abriu a porta do carro e Vanessa disse:

 - Ei onde vai?
 - Dar uma voltar, para ver se acho um posto de gasolina. Sei lá.
 - Você acha que vai me deixar aqui sozinha, no meio do nada?
 - Então vem.
 - To indo.

Vanessa logo grudou a braço de Zac enquanto procuravam algum local, andaram um pouco mas nada. Então resolveram voltar para o carro. Sentam banco de trás e Vanessa disse:

 - Não quero que esse momento acabe.
 - Não vai acabar - ele abraçou Vanessa.

Em poucos minutos Vanessa adormeceu abraçada a Zac. Já de manha...

 - Zac? Zac? - Vanessa acordou e se viu sozinha dentro do carro. Ela saiu do carro e viu Zac atravessando a estrada - Onde estava? Fiquei preocupada.
 - Não prescisa mais, já estou aqui.

Ele beijou os labios dela e disse:

 - Esta com fome?
 - Sim.
 - Ali tem um restaurante, vamos?
 - Vamos. Ah conseguiu a gasolina?
 - Consegui

Eles tomaram o café em no restaurante na beira da estrada e depois foram para a casa de Vanessa.

 - Fica perdida com você foi divertido.
 - Também achei - Zac.
 - Obrigada. - Vanessa beijou Zac e entrou...

Liked?
Comenteem :D

sábado, 19 de março de 2011

Capitulo 8

Zac ajudou Vanessa subir as escadas, e quando já estavam na cobertura do edificil.

 - Zac, nossa. - disse ao ele tirar a venda dela. - é simplismente incrivel.

Sim, era simplesmente incrível. Uma das melhores vistas de Los Angeles. Zac planejou tudo com todos os detalhes, iriam jantar em uma tenda de seda, a luz de velas, e comida chinesa. Tudo saiu perfeito, Vanessa se divertiu assim como Zac. Foi a melhor noite de Vanessa dês de que ela estava em Los Angeles, mas ainda muitas surpresas estavam por vir.
  Vanessa estava aconchegada a Zac, olhando a lua, que estava magnifica por acaso.

 - Vanessa. - disse Zac ganhando o olhar de Vanessa - Eu te amo.
 - Eu também te amo - após dizer Vanessa selou seus lábios aos dele demoradamente.

Ficaram ali meio a trocas de carinhos e palavras carinhosas. Zac tinha se declarado totalmente a Vanessa, assim como Vanessa a Zac. Em poucas semanas criaram um amor muito mais forte que imaginam. Ficaram ali ate tarde fazendo juras e juras de amor, que tinha de testemunhas apenas as estrelas.

Desculpe, estou muito ocupada...
O proximo capitulo vai ser maior, eu garanto.
Sorry...

quinta-feira, 17 de março de 2011

Capitulo 7

 Eles passaram o resto da tarde em um clima sereno, romântico. Estavam realmente apaixonados, em tão pouco tempo. Estavam andado de mãos dadas, pelas ruas. Pouco antes das cinco e meia, Zac deixou Vanessa em casa, e as sete iria busca-la para saírem.

 -  E então como foi seu dia? - perguntou Greg
 - Maravilhoso.
 - Vão sair novamente?
 - Sim
 - Onde vão? - perguntou.
 - Não sei acho que ao cinema
 - Hum, ao cinema.
 - Fica tranquilo não vai acontecer nada. - Vanessa deu um beijo no rosto do pai e subiu para começar a se arrumar.

Quase uma hora e quinze depois, Vanessa ficou realmente pronta. Esperou alguns minutos, ate Zac chegar.

 -  Cuide bem dela. - disse Greg.
 - Pode deixar - Zac
 -  Tchau pai.

Vanessa entrou no carro quando estavam em um terço do caminho Vanessa diz:

 - Onde vamos?
 - Surpresa.
 - Fala? - disse sorrindo e piscando varias vezes os olhos
 - Não adianta.
 - Mal.
 - Eu sou mal é?
 - Hum-hum. -  Vanessa riu da cara que ele fiz e depois disse. - Estou brincando.

Zac também riu. Eles conversaram ate chegar no local. Zac estacionou o carro e deu a volta. Abriu a porta para Vanessa e na mesma colocou uma venda.

 - Pra que isso? - disse tentando tirar a venda
 - Eu disse que era surpresa.

E vai ser pra vocês também!!
O que acharam?
Comentem...
:D
-> Obrigada pelos comentarios..

quarta-feira, 16 de março de 2011

Capitulo 6

 No dia seguinte, Vanessa estava tomando café com o pai quando ele diz:

 - Por que não convida Zac para jantar aqui amanha?
 - Claro.

Assim que terminaram Vanessa saiu e foi encontrar Zac... Eles estavam conversando.


 - O que vai fazer hoje? -  perguntou Zac
 - Não sei, porque?
 - Vamos sair hoje de novo?
 - Claro.
 - Otimo as sete.  
 - E amanha que tal você jantar lá na minha casa?
 - Pode ser.


continuaram conversando, almoçaram juntos, riram juntos, fizeram muitas coisas juntos. Já estava de tarde eles estavam no parque. O clima de romance plenava em volta deles. Zac contava alguma piadas que faziam Vanessa gargalhar. Estavam se aproximando cada vez mais, estavam olhando um nos olhos do outro.

 - Eu gosto de você. - disse Vanessa
 - Eu também gosto de você.

Após dizer isso, acariciou o rosto de Vanessa, e aproximou seus lábios dos dela. Juntos em um só movimento. Ali ficaram durante um longo tempo, nenhum dos dois tomava a iniciativa de separar os lábios. Apenas separaram para respirar. Quando enfim pararam de se beijar, Vanessa encostou no ombro de Zac, que o mesmo a abraçou. 

 -  Eu amo você - disse Vanessa.
 - Eu também.

Em poucas semanas que se conheciam, cresceu uma relação de amizade e amor. Amor a primeira vista podemos dizer. A amizade foi o que veio primeiro, perceberam que podiam confiar um no outro, e da confiança veio o amor, o mais simples e único. AMOR.

E então???
Melhor que o outro nê?
E então gostaram ou não...
8 comentarios para o proximo ok?!
xoxo

Musica1425: Sim o Greg esta tentando conheçer melhor Zac, antes de o julgar. Mas ainda a MUITA coisa para acontcer...
@Thais100Zanessa: eles iriam conversa, iria rolar um clima no capitulo anterior, mas o caso foi que eu não estava conseguindo escrever. Aqui em casa estava a maior bagunça então, ficou daquele jeito..
Bekki Hudfron: é o Greg tem que ser bem bomzinho com eles...
Thaina266: não o Zac ainda não contou para ela que é rico, mas por enquanto isso não vai fazer muita diferença. Mas ele vai contar...
Mayara: é verdade ele fez mais que a obrigação dele. Sim a Vanessa é rica, o Greg - pai dela -  é advogado e empresário. Que bom que gostou..
Jennie:  Sim nesse capitulo eles se beijaram!! Que bom que gostou.
Paula: É as coisas vão melhorando agora que ele vai conhecer Zac, mas ainda tem MUITA coisa para acontece...

Obrigada pelos comentarios :D

Capitulo 5

Era vespera da Natal, Vanessa estava anciosa para que chegasse a noite, para essa ocasião escolheu um vestido e sapato Red Valentino. Recebia alegre os parentes, ate que vê Zac.

 - Conlicença. - Vanessa foi ate ele e disse. - Oi, sabia que viria.
 - Claro que viria. Feliz natal.
 - Feliz natal. Vem.

Vanessa puxou Zac para dentro e ficaram conversando com alguns amigos. Zac estava se divertindo, Vanessa fazia de tudo para Zac incluir-se na conversa e estava dando certo. Greg se aproxima de Zac e Vanessa.

 - Então Zachary gostando da festa? - disse
 - Sim, esta otima.
 - Esta tratando bem minha filha?
 - Pai.
 - Claro, como ela merece.

  Greg conversou alguns minutos a mais com ele, e percebeu que Zac era um bom rapaz, mas ainda não estava completamente confiante. Zac e Vanessa se afastaram de todos e ficaram sentados perto da estufa conversando... Mais tarde quando a maioria dos parente de Vanessa já haviam indo, Zac e Vanessa ficaram ali no mesmo lugar de antes conversando.
  Greg os olhava de longe e via como Vanessa estava se divertindo com ele, e muito.
  Minutos depois Zac foi embora, Vanessa o acompanho ate a saída.

 - Ele já vai? - perguntou Greg.
 - Sim.

Na manha seguinte...

Desculpe.. Esta horrível e pequeno...
Se tiver 4 comentarios eu posto outro hoje.
xoxo

Paula: sim o Zac é rico. O pai dele é empresario.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Capitulo 4

Zac e Vanessa se viam constantemente nesses últimos três dias, nesses dias haviam descobrido que poderiam confiar um no outro, consequentemente dessa confiança nasceu a amizade e quem sabe não o amor?

23 de Dezembro.

Véspera da véspera de natal, Vanessa e Zac estavam saindo da Barney's com algumas sacolas.

 - O que vai fazer no natal? - Vanessa
 - Não sei, provavelmente ficar em casa, assistindo TV.
 - Não vai passar o natal com a sua familia?
 - Não.


Após alguns minutos em silencio ela diz:

 - Que passar o natal na minha casa?
 - O que?
 - Passar o natal lá em casa? - pediu ela - Vamos vai se divertido.

Ele ficou meio indeciso, mas após Vanessa insistir tanto ele acabou concordando. Andaram mais um pouco, conversaram, riram... E logo depois Zac deixou Vanessa em casa.

 - Te espero aqui amanha.
 - Pode deixar.
 - Tchau - Vanessa deu um beijo no rosto dele e entrou.

Seu pai logo veio com perguntas de onde ela estava, com quem estava, o que fez...

 - Convidei um amigo para passar o natal com nos.
 - Como assim convidou um amigo para passar o natal com nos?
 - Convidando, você sempre convida sócios, porque eu não posso convidar alguém?
 - Quem? - Greg
 - Zac - Vanessa - Vou subir.

 - Boa noite.

Vanessa ignorou o pai, e bateu a porta do quarto, jogou-se na cama e começou a chorar era nessas horas que mais sentia falta da mãe, no natal. Ela morreu à alguns anos devido ao câncer. Se lembrava claramente dos natais de quando era criança. Faziam as coisas sempre juntas, na época ainda morando nos EUA, faziam a tradicional torta de maça, e biscoitos natalinos. Sentia falta disso tudo, e dos carinhos dela...

Divulgação

Esse é o blog da Margarida Oliveira,
e é muito bom. A fic prometem
Passem lá...

domingo, 13 de março de 2011

Capitulo 3

Vanessa subiu as escadas correndo e se jogou na cama e ficou relembrando a sensação dos lábios de Zac nos dela.


Continues

Apos se trocar, desceu e conheceu seus convidados, a família Pettyfer, com seu filho Alex Pettyfer. Alex estava falando em que queria se formar, estava fazendo de tudo para dar uma boa impressão, em Greg ele conseguiu, mas em Vanessa ela não estava nem ai.

Um pouco antes do jantar, Greg sugeriu, que Vanessa levasse Alex para dar uma volta, para irem ao jardim se conhecerem.

 - Então senhorita... - Iniciou ele.
 - Vanessa.
 - Vanessa, o que pretende se formar?
 - Fotografa.
 - Curioso, seu pai me disse que queria ser medica.
 - Nos sonhos dele sim.
 - Me desculpe me intrometer, mas onde estava mais cedo?
 - Porque quer saber?
 - Por razão nenhuma, quero apenas conhece-la melhor.
 - Estava com um amigo.

Conversaram mais um pouco, Vanessa não demonstrava nenhum interesse em esta ali com Alex. E ele por sua vez percebeu e resolveu dizer:

 - Você não esta nem ai certo?
 - Me desculpe, não é você. É que...
 - Tudo bem, eu também estou interessado por outra pessoa.
 - Porque não vá atrás dela.
 - Estou tentando agradar meus pais.
 - Entendo.

Conversaram mais um pouco e os chamaram para jantar. Após o jantar...

 - Me desculpe, mas estou indisposta para continuarmos conversando - mentiu - Estou com dor de cabeça. Mas foi um prazer conhece-los.
 - O prazer foi nosso senhorita. Melhoras. - disse o pai de Alex.
 - Obrigada

Vanessa se despediu e subiu, pelo menos estava livre daquela conversa chata de adultos. Deitou na cama e viu o visor do celular piscar, era uma mensagem de Zac. A desejando boa noite e outras palavras carinhosas, ela respondeu a mensagem, se trocou e foi dormir.

E então???
Liked?
Comente!!

Sorry: esta pequeno, eu não estou muito bem, então foi o melhor que conseguir fazer, o de amanha será melhor...

sexta-feira, 11 de março de 2011

Capitulo 2

19 de Dezembro

Faltava apenas alguns minutos para Zac chega a casa de Vanessa, Iriam a um restaurante Chinês. Vanessa estava na sala esperando Zac ansiosa. Ela escolheu um modelito simples um vestido florido, casaco e uma sapatilha "Red Valentino". Quando Zac chegou Vanessa o apresentou ao pai e logo saíram.

 - Acho que seu pai não gostou muito da minha presença.
 - Ele não gosta da presença de nenhum homem comigo.
 - Claro.
 - Mas não se preocupe, ele é assim mesmo, mas é legal.

Conversaram, ouviram um pouco de musica, riram, e logo chegaram ao restaurante.

 - Aqui esta o cardápio. - disse o garçom.

[...]
Após o jantar

 - Em que pretende se formar? - Vanessa
 - Vou administra a empresa do meu pai.
 - Qual é?
 - EfronEntreteriment. E você?
 - Meu pai quer que eu me forme em medicina, mas eu quero ser fotografa.
 - Ele não aceita o que você quer fazer.
 - Mais ou menos.
 - Quer um sorvete?
 - Claro

Após estarem tomando o sorvete, um menininho de 5 anos estava jogando a bola e à acerta bem na mão de Zac, que consequentemente o faz o sorvete bater em sua blusa, Vanessa tenta esconder o risos mas não consegue..

 - Ei, do que esta rindo, não estou achando graça nenhuma,
 - Mas eu estou.
 - Ah agora vamos ver o que é engraçado. - ele bete a mão dela com o sorvete no vestido dela.
 - Zac.
 - Rá, isso sim foi engraçado.
 - Você me paga.

Eles começaram a correr um atrás do outro igual duas crianças. Ate que Vanessa "tropeça" e cai no chão.

 - Ai meu tornoselo. - disse ela.
 - O que foi? - ele se agachou ate ela.

Ela o derrubou e colocou deitado na areia. Ele por sua vez puxou ela para perto de si e a beijou. Ela se estava tão perto que conseguia sentir a respiração dele. Fechou os olhos e logo sentiu o toque dos lábios dele nos dela. Ela reagiu, retribuiu, se deliciava ao toque dos lábios dele. Só se separaram quando gotas caiam sobre eles. Ambos olharam para o céu. Vanessa se levantou e ajudou Zac.

 - Você é louca. - disse ele
 - Eu? Ah ta - ela deu um tapa no braço dele e riu.

Correram ate uma lanchonete, e quanto mais corriam, a chuva piora. Chegariam em casa encharcados, sentaram na lanchonete e pediram dois cafés. Conversavam sobre eles em quanto esperavam a chuva dar uma trégua.

[...]

Estavam a caminho da casa de Vanessa, ouviam musicas, que ambos gostavam. Quando chegaram ela disse:

 - Obrigada, me diverti bastante.
 - Eu também. Podemos faz isso mais vezes.
 - Claro - ela deu um beijo no rosto dele e saiu.

Assim que ela entrou em casa ele saiu. Seu pai e as três visitas olharam para ela e ela disse.

 - Peguei um pouquinho de chuva sabe.
 - Não - disse Greg. - Suba, e vá se trocar.
 - Claro.

Vanessa subiu as escadas correndo e se jogou na cama e ficou relembrando a sensação dos lábios de Zac nos dela.


Continues
E então, qual a opinião de vocês sobre a nova fic?
Comentem...

ps: Obrigada pelos comentarios...

Estudando a simbologia do coração.

No post que eu fiz no meu outro blog explica o significado do braselete "Live in Love", do Kuuipo, do "love braselet" e de um recente.
É um post grande, mas vale a pena ler. 

quinta-feira, 10 de março de 2011

Nova enquete

Ali do lado tem a enquete "O que acham do blog?", que por sua vez se refere a Back to December, votem lá... :D

Capitulo 1

18 de Dezembro

Vanessa Hudgens, uma adolescente atraente, simpática, tem 17 anos e esta de ferias em Los Angeles. Ela estava fazendo compras antecipadas de natal, e entre uma loja ou outra parou para tomar um café.

 - Um café por favor. - disse Vanessa ao atendente da Starbucks.
  - Aqui esta.
 - Obrigada.

Vanessa entregou o dinheiro a ele e saiu. O atendente, Zac Efron, arranjou um emprego de meio turno em uma caféteria, para ganhar uma grana extra. Ele, assim que Vanessa saiu, foi limpar algumas mesas que haviam desocupado e viu alguns documentos e papeis.

 - Vanessa Anne Hudgens - leu na carteira de habilitação.

Duas quadras dali

 - Mas senhor eu tenho carteira de motorista eu juro - disse Vanessa ao policial.
 - Claro e eu tenho uma mansão a beira mar.
 - Mas...
 - Mas esta encrencada.

Vanessa bateu a mão no volante e bufou. Ela foi a delegacia, estava realmente encrencada. Enquanto esperava os policiais olhar o arquivo, viu o homem da Starbucks(Zac) conversando com o outro policial. Ela antenta na conversa ouviu:

 - Vanessa Hudgens. Não sei quem é. - disse o policial.

Ela foi ate lá e disse:

 - Isso é meu, onde achou? - Vanessa
 - Você deve ter deixado cair mais cedo, quando foi a cafeteria. - Zac

Vanessa pegou os documento e foi ate o policial que a havia pego sem habilitação.

 - Aqui esta minha habilitação.

Ele olhou atento e depois disse. - Teve sorte.
Vanessa sorriu vitoriosa e saiu da delegacia, e Zac foi atrás dela

 - Ei não mereço um obrigada.
 - Obrigada - disse ela olhando para ele.
 - Bem, - disse parando ela. - agora vamos começar de novo. Sou Zac.
 - Vanessa.
 - Quer dar uma volta?
 - Pode ser.

Após alguns minutos de caminhada, eles se sentaram em um parque..

 - Porque esta me olhando dessa forma??
 - Por nada - Zac
 - Sabe de uma coisa, eu odeio quando as pessoas ficam me olhando, e quando eu pergunto o porque dizem nada.

Os minutos de conversas foram interrompidos pelo celular de Vanessa..

 - Perai, preciso atender - ela se afastou e após alguns minutos voltou - tenho que ir.
 - Vamos sair amanha?
 - Claro. - Vanessa escreveu seu endereço em um pedaço de papel e entregou a ele. - foi um prazer te conhecer.
 - O prazer foi meu.

Vanessa foi para casa, e Zac para o trabalho no qual estava atrasado.

 - Onde estava? - disse um amigo de Zac
 - Por ai
 - O chefe estava te procurando.
 - Depois eu me esclareço com ele.
 - Mas onde estava, com alguma garota não é? - ele riu.
 - Talvez
 - Qual é o nome dela?
 - Vanessa
 - É bonita?
 - Muito.

Na casa de Vanessa.

 - Onde estava? - disse o Pai de Vanessa
 - No shopping.
 - Onde estão as compras?
- Eu não comprei nada

Vanessa subiu para o quarto deixando o pai com uma duvida.


E ai gostaram?
6 comentários para o próximo!
xoxo  

Zanessa forgive me: Eu não sei se vou conseguir postar o próximo capitulo hoje, tenho 3folhas de dever de Química, por isso não sei, mas que sabe...

quarta-feira, 9 de março de 2011

Data de estreia alterada

A nova fic iria estrea no dia 11(Sexta), mas eu resolvi mudar a data, ela vai estrear amanha dia 10...

terça-feira, 8 de março de 2011

Divulgação

Gente, essa fic e inrivel.
Eu adorei
Passem lá.!

segunda-feira, 7 de março de 2011

Vanessa and Children

Gente precisei postar isso, achei super fofo...


Estava imaginando ela com a filha dela em uma loja.
Imaginem...
OWNN

sábado, 5 de março de 2011

Divulgações

All About Work - Alunos Olival
Passem lá!!!

***



Passem aqui também...!

Nova Fic!

Back to December
Não tem nada haver com a musica da Taylor Swift. Ok? 

Juntos pelo destino. Separados pelo destino.
 Vanessa Hudgens, era uma adolescente romântica, delicada igual uma flor, que vivia sonhando com seu príncipe encantado. Zac Efron, adolescente rebelde, se apaixonou pela garota mais delicada.
 Se conheceram em Dezembro. Se apaixonaram. E se separaram.
 Mas o destino tem uma surpresa para eles!!

24 de Dezembro.

 - Eu te amo - disse ele enquanto sentia o perfume dela.
 - Eu também te amo, muito. - disse ela. - Não quero me separar de você jamais.
 - Não vai, é uma promessa. Vamos ficar juntos ate morrer.
 - Zac, vou para Itália daqui uma semana.
 - Eu sei, mas ainda há tempo.

Ela suspirou.

 - Podemos fugir.
 - Zac.
 - Tudo bem, mas ainda estou pensando nessa possibilidade.

28 de Dezembro.

Estavam no aeroporto de Los Angeles, LAX. Vanessa iria embarcar de volta a Itália.

 - Não quero partir.
 - Vai ficar tudo bem. - disse ele limpando as lágrimas dela. - Amor. - disse delicado - Vamos dar um jeito.

Ela confirmou com a cabeça e disse:

 - Me prometa uma coisa - disse ele.
 - O que quiser.
 - Prometa que vai me amar para sempre.
 - Para sempre! - disse ela antes de beija-lo


  O tempo passou, Vanessa cresceu. Zac também.
  Das poucas vezes que se viram, brigavam, era constantes, ela sempre ia em Los Angeles no verão, em Junho e Julho, e no natal em Dezembro. Onde viviam as mais belas lembranças do passado.
  Eles terminaram, o namoro à distancia. Mas ambos ainda amavam um ao outro. Separados pelo Atlântico, escondiam um amor que nunca morreu...

                 Data de estreia: 10 de Março...
Porque essa data: porque sei que muitos vão viajar, e se eu postar, não vão comentar. Ai da para todos lerem e comentarem, e pra mim adiantar alguns capitulos. Ok?

quarta-feira, 2 de março de 2011

Selinhos...




Dez coisas sobre mim...

  1.  Estou viciada na musica: Whenever You Remember da Carrie Underwood
  2. Vivo falando com os personagens do filme. Mas fala serio quem nunca falou?
  3.  Adoro a escola, (kkkk) A quem eu estou querendo enganar? Eu so gosto de ir para a escola para conversar... 
  4. Adoro o Tumblr 
  5. Adoro jogar Gitar Hero, estou trenando o experd, eu e minha best ficamos jogando uma competindo contra a outra.
  6. Odeio esquecer o que estava falando ou fazendo.
  7. Odeio quando cantam com-quem-sera pra mim. Quando tinha sete anos escondi de baixo da mesa no aniversario do meu melhor amigo. (eu gostava dele)
  8. Não sou muito fã de comida saldavel.
  9. Agora viciei na musica Last Kiss da Taylor Swift
  10. Eu acredito em Zanessa
Indique 5 Blogs
Dizer qual deles você mais gosta - Sacanagem

Os cinco são perfeito, e eu adoro todos. O da GHudgens(Save Me) é incrive, você se envolve na historia, é perfeita. O da Paula(Zanessa Love Story) também é simplismente incrivel. O da Mayara(I'm Here for You) é incrivel, é perfeita. O da MyaH(Quando o amor é mais forte) é perfeita, ela tinha dito que iria para de postar, mas agora voltou.. ebaaa!! Eu amo o blog dela. E por fim, o da Lary(amor eterno) ela parou de postar, a um mes bubu', mas a fic é incrivel e mereçe.


1. Qual era o seu objetivo quando criou esta história?
Objetivo, objetivo, não tem um objetivo exato. Eu começei a escrever, gostei, os seguidores, gostam, e comentam, e é isso que da inspiração de continuar...

2. Se pudesse dizer algo para os personagens principais o que diria?
Para que a Vanessa desse uma chance ao Zac, ele não fez nada, ela estava sendo muito cabeça dura...

3. Nos de uma pista sobre o proximo capitulo.
Bem, a fic acabou, mas estou pensando na ideia de fazer outra, minha terceira. Mas vocês qurem outra fic?

Capitulo 50 - Epilogo

Foi a maior cerimonia de Nova York. Zac e Vanessa se casaram 3 semanas depois. Todos os amigos e familiares estavam presentes. Foi uma cerimonia desnunbrante. Vanessa estava perfeita.
 - Vanessa Hudgens aceita Zac Efron como seu legitimo esposo?
 - Sim - disse sem tirar os olhos de Zac.
 - Eu os declaro marido e mulher, pode beijar a noiva

Zac sussurrou "te amo" e beijou Vanessa. Manu estava usando um vestido branco "Marc Jacobs" e uma coroa de flores.

[...]
 

Na festa, estava tudo perfeito. Era o terceiro casamento que Vanessa planeja. Mas foi mais perfeito que os outros dois. Zac estava dançando com Manu no colo quando anunciam a dança do casal.

 - Mas eu quero dançar com o papai - disse Manu.
 - Podemos dançar depois, agora deixa eu dançar com a mamãe.
 - Ta.

Zac puxou Vanessa e começaram a dança

 - Eu sou a mulher mais feliz do mundo - disse Vanessa
 - Eu te amo - Zac
 - Zac
 - O que foi?
 - Eu estou gravida.
 - O que?
 - Estou gravida.

  Zac puxou Vanessa e a beijou com todo amor. Depois de se divertirem, dizerem te amo, eles foram para a lua de mel. Manu ficou com Ashley, Vanessa e Zac foram para o Caribe uma semana juntos, apenas eles.

Após meses do casamento, Vanessa foi fazer a primeira ultrason, e tiveram uma grande surpresa.

 - O que é isso? - disse ao ver no monitor.
 - É o bebe - disse a medica. - Ou melhor, os bebes, parabéns são gémeos.
 - Dois? - disse Manu
 - Dois. - disse Vanessa.
 - Dois? - disse Manu - Vou ter que dividir a atenção com dois?
 - Vai?
 - Vou morrer - disse manu fingindo desmaiar.

Meses depois, os bebes nasceram, dois meninos Alexandre e David, mais dois ajinhos para alegrar a casa.

FIM!

terça-feira, 1 de março de 2011

Capitulo 49

Quando Zac acordou, as cartas estavam espalhadas por todo lado. Ele levantou meio que dolorido por dormir no sofá e foi preparar o café. Manu como sempre a alegria da casa acorda Vanessa sempre de modos diferentes, hoje ela resolveu levar bob para ficar olhando ela dormir ate ela perceber que ela estava ali.

 - Bom dia - disse ao ver Vanessa acordando.
 - Bom dia. - disse beijando varias vezes a filha - bom dia para você também bob.

Vanessa foi preparar o café da manha de Manu, cereal com leite.

 - Mãe o bob quer passear.
 - Terminar de tomar o café que eu levo vocês para passear
 - Ouviu bob, vamos passear.

Zac terminava de tomar o café da manha, e viu a ultima carta encima da mesa, ele pegou e leu. Vanessa estava sendo totalmente sincera com ele naquela carta, disse o que queria dizer anos mas nunca teve coragem. Ele correu para o chuveiro, tomou um banho rápido, e foi no apartamento de Vanessa.

Vanessa estava andando com Manu no Central Parque, Manu estava no carrinho com Bob.



 - Sorvete. - disse Manu
 - Tudo bem, mas só um
 - Eba. Mas e o bob?
 - Nada de sorvete para o Bob

Zac estava chegando no apartamento de Vanessa, ele diz ao porteiro:

 - Vanessa Hudgens esta?
 - Não acabou de sair.
 - Pode me dizer onde ela foi.
 - Me desculpe, não sei. Mas ela foi por ali.
 - Obrigada

Zac correu para a direção em que o porteiro havia indicado, mas nada de Vanessa. Vanessa enquanto isso, estava se divertindo no parque com Manu.

 - Mamãe vamos embora?
 - Vamos - disse Vanessa.

Zac cansou de procurar Vanessa, estava exausto, foi quando viu ela atravessando a rua.

 - Vanessa. - gritou Zac no meio da rua, o que atraiu a atenção de muitas pessoas, ate mesmo a dela  - Eu amo você 
 - Zac. - disse Vanessa - Sai do meio da rua
 - Ate você me responder uma coisa. - disse ele
 - O que?
 - Casa comigo?
 - Siim

Zac colocou o anel no dedo de Vanessa e a beijou, muitos na rua aplaudiram e uma velinha cutucou Zac e disse:

 - Parabéns, mas será que pode sair do meio da rua - disse ela - Caso não percebeu esta na rua mais movimentada de Nova York.
 - Desculpe. - Vanessa riu e Zac disse: - De que esta rindo?
 - Eu te amo - ela o puxou e o beijou. - Eu te amo, te amo, te amo, te amo...

The End