quarta-feira, 15 de junho de 2011

Capitulo 7

Alguém ai já viu o comercial da Candie's da V? Entre em: VHudgens Style  para saber mais :)

Agora o capitulo:

[...] Ele ainda sem entender nada, foi para a praia, ficou sentado lá durante um bom tempo ate... que Megan chegou e sentou ao seu lado.

 - Oi - disse ela
 - Oi - disse ele bem desanimado
 - O que aconteceu? - disse ela em um tom delicado e logo pensou "eles brigaram"
 - Nada - mentiu.
 - Pode falar, não somos amigos?

Zac olhou para ela confuso, dês de quanto eram amigos.

 - Tudo bem, sei que não somos amigos, mas podemos não é.
 - Talvez - disse zac
 - E então quer conversar? - ela ficou em silencio - E sobre Vanessa não é
 - É, ela esta com raiva de mim e o pior, nem sei porque.
 - Tente conversar com ela
 - E ela escuta, ela é muito cabeça dura.
 - Você gosta dela?
 - Sim - ele abaixou o olhar
 - Ei, - disse ela - talvez ela não mereça você. Ela ama você?
 - Eu sinceramente não sei.
 - Então, bola pra frente, não vale sofrer por alguém que não ama.

Vanessa almoçou sozinha, mal tocou na comida, em sua mente fica passando varias vezes a mesma imagem vista, as mesmas palavras ditas, era torturante, sempre, uma hora ou outra vinha algumas lágrimas.

 - Chega - disse ela determinada - Não vou nunca mais chorar por ele, nem por homem nenhum, não vou deixar que façam isso comigo. - ela pegou a coleira de Luci e sua bolsa, iria a qualquer lugar, levaria primeiro Luci ao Petshop no shopping, e depois iria fazer terapia de compras.

 Antes de tudo passou no banco e pegou uma boa quantia que tinha guardada, ela não era de fazer compras em abundância, mas nada importava nesse momento, apenas esquecer Zac, e as decepções vividas...
  Essa já era a segunda, a primeira foi com seu primeiro amor, o qual dizem que ninguém esquece. Ele era novo na cidade, era mais velho, ela apenas uma garota insegura de quinze anos de idade. Atravez de amigas ela foi se aproximando mais e mais dele, ele por incistencia dos amigos fez o mesmo. Ele se chamava Allan e tinha 18 anos de idade, na época três anos mais velho que Vanessa, ele era mais experientes e certas coisas e mais maduros.
  Com a aproximação Allan se apaixonou por Vanessa, começaram a namorar três meses após se conheceram, os pais de Vanessa, de cara foram contar o relaciomento, não aceitavam que a filha menos de idade namorasse com alguém mais velho - de fato não era a idade que os incomodava, era Allan em geral, ele não era o tipo de pessoa com mais sã conciencia do mundo.

 - Vamos fugir. - Disse ele enquanto estavam no Central Parque em Nova York. Os pais de Vanessa por rígidos nesse momento, disseram a filha que se separasse dele, mais rápido possível, diziam que ele não era uma boa influencia. 
 - Allan... - disse ela meio em duvida, ela queria. Queria ficar com ele, mas não desse jeito.
 - Vanessa, prove que me ama, e vamos fugir, vamos pra qualquer lugar, podemos primero ir para Boston, depois Carolina do Norte ou Sul, e então podemos viver em frente à praia na Florida.
 - Allan, eu te amo, mas não sei se devo.
 - Claro que deve, não percebe que seus pais querem nos separar, vão fazer de tudo para isso.

Ela pediu um tempo para pensar, ele a deu quarenta e oito horas, esse tempo era o suficiente para ela tomar a decisão mais arriscada de sua vida... Vanessa sempre forá uma filha educada e responsável, mas com a entrada de Allan em sua vida mudou drasticamente.

 - Vanessa - sua mãe bateu a porta.

Vanessa estava arrumando algumas coisas, ela abriu a porta e disse:

 - O que foi?
 - Podemos conversar?
 - Claro.
 - Eu e o seu pai conversamos e concluímos que estamos fazendo errado, se você ama esse rapaz daremos uma chance à vocês. Apenas uma chance.
 - Serio? - ela sorriu.
 - Sim

Vanessa abraçou a mãe, perfeito agora não precisariam fugir, no dia seguinte, ligou para Allan para se encontraram.. Ele não concordou nada com a "chance" que eles estavam cedendo.

 - Estão blefando, garanto.
 - Allan, esse e o único modo de ficar bem com meus pais e com você.

Allan não concordava de jeito nenhum, queria que Vanessa fosse embora com ele... Ele ficou revoltado, disse que Vanessa tinha ainda um dia para se decidir, e saiu, deixou-a ali sozinha. No dia seguinte, Vanessa estava sozinha em casa, alguém pateu a porta bem cedo, Vanessa desceu meio sonolenta, abriu a porta e esboçou um sorriso sincero.

 - Allan, amor - ela o beijou.
 - Decidiu.
 - Já disse o que prefiro. Meus pais disseram que tudo bem ser namorarmos.
 - Não é isso que eu quero você sabe.

Vanessa discordava com a ideia de Allan, ele ficou com raiva e segurou o braço dela com força, ela pedia para ele soltar... Vanessa percebeu então que ele não era como imaginava, ele sempre tinha o que queria, e então era carinhoso (de certa forma) amável, Vanessa estava apavorada, rezava para seu pai chegar bem naquele momento, e chegou. Mas foi pior, Allan ficou com mais arma, tirou uma arma e apontou para Vanessa.

 - Abaixa isso por favor - Vanessa suplicava e chorava ao mesmo tempo.
 - Sabe de uma coisa. - ele abaixou a arma e disse: - Vai pro inferno, eu nunca gostei de você mesmo, estava com você porque meus amigos iriam me pagar cem dólares. 

Vanessa abaixou o olhar e nada disse, ela gostava dele, como pudera? Ele parecia ser honesto quando dizia que a amava... E dias mais tarde, ela descobrira também que alem de ele esta "fingindo" namorar ela, estava tendo ralações quase todas as noites com uma outra mulher... Então essa foi a primeira desilusão de Vanessa...

OIIIII... Esse capitulo esta grande (acho).. Mas bem... se tiver é pra compensa os dias que não postei..
Espero que gostem.. E se não estiverem gostando da fic
falem ok?
xoxo

10 COMENTARIOS PARA O PROXIMO




8 comentários:

  1. Nossa, Vanessa num tem sorte com homem hein!
    Que Allan sem vergonha,inútil. Zac é um cara bom, a gente sabe, mas imagina a cabecinha dela? Deve estar a mil, pobre Vane! "/
    Ta demais amr, certinho!
    Beejo ;*

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    Que triste!
    Tadinha da V!
    Que raiva da Megan e do Alex!
    Ela só tá assim por culpa deles!
    Ai que raiva!
    Amei o cap!
    Posta logo
    Bjos amorê

    ResponderExcluir
  3. Esse Allan que desgosto grande, um primeiro amor tão mau, coitada da Vanessa.

    ResponderExcluir
  4. Que triste,que odio desse Allan,é um idiota coitada da Vanessa,aain que raiva desse imbecil,a Vanessa tem que acreditar é no Zac
    o cap ficou perfeito
    POSTA LOGO
    BJS

    ResponderExcluir
  5. cap esta demais... posta logo

    ResponderExcluir
  6. Mady, sorry, semana corrida, não consigo usar a net.
    Nossa, mas esse cap foi meio tenso, e esse allan meu deus que idiota, ficou com medo agora, -nnn rsrs
    Ameeei, beijinhos c2c2

    ResponderExcluir
  7. ta muito bom lindo de
    mais pobrezinha da V
    posta logo bjss

    ResponderExcluir
  8. aaaaaaaaaiii.amei;;;sorry..ñ comentei vc sabe porque...amei mesmo...essa Allan..safado..probre zac..e pobre nessa...
    beijinhos :*..e se eles ñ querem comentar..prol deles..até pq vc faz isso pq gosta..ñ depende deles pra nada oras..rum'
    love ya s2

    ResponderExcluir

#PrayForZanessa