sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Capitulo 29

O advogado disse:

 - Tenho certeza que esta fazendo a coisa certa senhora Hudgens.
 - Já eu não tenho tanta certeza - disse entre os dentes.
 - Entrarei em contato com seu ex-marido logo logo, assim que possível trago mais noticias.
 - Eu lhe acompanho - disse Alex lavando o advogado ate a porta.

Vanessa sentou no sofá, colocou a mão na cabeça e começou a chorar desesperada. Ao ouvir o som da porta bater, limpou rapidamente as lagrimas, Alex se aproximou dela e disse:

 - Sugiro que pare com esse drama, vai ser melhor assim. - limpou algumas lagrimas de seu rosto
 - Vou pro meu quarto. - disse se levantando e indo pegar seus filhos com a baba
 - Não, vamos ficar aqui igual uma família feliz. - disse em tom autoritário
 - Me diz uma coisa, o que você ganha fazendo isso? - ela se virou para ele.
 - Simples. - fez uma pausa e foi ate ela. - você.
 - Você fala isso como seu eu fosse um premio.
 - E não é, uma mulher linda, sexy, talentosa, carinhosa. Ganha o mais forte.

Vanessa revirou os olhos e foi pega Gabi e David. Iria ficar com os filhos todo o segundo possíveis. Alex era capaz de tudo. O orgulho, posse, ciumes, todos os sentimentos tomaram sua cabeça.
Naquele momento Zac não tinha atitude alguma, só pensava o que poderia esta acontecendo com Vanessa. Ele já havia ligado para todos, os amigos, parentes, vizinhos, colegas de trabalho. Nada, nem ninguém sabia dela, ou dos meninos. ~A campainha tocou. Zac se levantou em um pulo na esperança que fosse Vanessa.

 - Sim? - disse um pouco decepcionado.
 - Bom dia senho Efron, sou Carlos Magno. Advogado. - Zac concordou - Venho aqui a pedido de sua esposa...
 - Você sabe dela, onde ela esta? - Zac o enterromepeu
 - Ela esta bem, melhor. - retirou um envelope da pasta - Decidi que será melhor entregar isso diretamente a você.
 - Mas o que é isso? - disse assim que pegou o envelope
 - Um pedido de divorcio.
 - O que?
 - Isso mesmo, sinto em dizer, mas ela achou alguem melhor, e o senho também achará. Tenho certeza.
 - Perai, isso só pode ser pegadinha. - olhou ao redor - Eu sei que tem alguma camera escondida, pode sair dai, acabou a palhaçada.
 - Acha que eu estou brincando? Olhe o documento, com a assinatura da sua esposa, ou melhor ex-esposa.

Zac abriu o envelope, e se surpreendeu, era sim a assinatura de Vanessa. "Como ela pode fazer isso comigo?". O advogado explicou a situação para Zac, que ainda estava sem entender nada. Poucos minutos após a saída do advogado, a campainha tocou de novo. As esperanças de Zac foram-se embora ao ver Hanne.

 - Oi bebe. - disse entrando na casa.
 - Sai daqui.
 - Quanta violência. Saiba que sua querida esposa esta lá, morrendo de prazer com outro.
 - Sai daqui, já. - gritou.
 - Você fica tão bonitinho com raiva. Mas agora falando serio, eu avisei que a Vanessa não era a mulher ideal pra você, você devia aprender a escolher melhor, talvez alguem como eu.

A paciencia de Zac estava se esgotando, Hanne ali falando aquele bando de baboseiras estava o tirando do serio.


terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Beem...

Apos tres semanas sem postar, muita coisa aconteceu. Falei que iria voltar a postar dia 23, sim. Mas quero saber se eu voltar vocês vão ler e acompanhar o resto da fic, porque não vai ter a menor graça escrever pra ninguem.
Então, se eu voltar vocês vão ler e comentar???

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

The little aviso.

Apartir de agora, como estou sem tempo, não poderei atualizar o Vanessa Hudgens Fashion Blog como já devem saber, mas ele continuara sendo atualizado por uma amiga minha. Para manterem-se sempre informados..
Clique aqui para acessar o site

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Eu realmente sinto muito.

Bom... Sabia que um dia as coisas iriam ficar realmente apertadas e que eu teria que vim aqui falar isso, nesse final de ano percebi que as coisas não podem ficar mais do jeito que estão.
Durante todo esse ano, eu me dedicava mais ao blog, do que a escola e outras coisas da minha vida social. E agora as coisas ficaram realmente "feias pro meu lado". A partir de domingo não irei postar mais, motivo: terei que me dedicar 110% a outras coisas. Eu pretendia terminar essa historia ate o inicio do mês, mas com a falta de comentários não foi possível.
Pretendo sim voltar e terminar essa historia, porem só TALVEZ pro dia 9 de Dezembro ou 23 de Dezembro. Não sei bem ao certo, dependera da minha dedicação ao que vou fazer. Quanto ao Vanessa Hudgens Fashion Blog ira ficar um pouquinho desatualizado, e ao One-Shot By Maddi, terá sua estreia adiada, para Dezembro. Não espero que entendam, mas espero que não me abandonem e que não fiquem chateados comigo..
Ate Dezembro..
Xoxo

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Divulgação

Esse é o blog da Carolzinha: Storys!
Passem lá, acho que vai ser muito bom (porque acho, porque ela ainda não fez postagem alguma.. Mas aposto que será otimo)

Só mais uma coisinha... Cade os comentários??? Faltam dez.. Se não, nada de capitulo.
xoxo Comentem

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Capitulo 28 + Divulgação

Oie.. Desculpa a demora, estava (ou estou sei lá) sem um pingo de paciência, sem animo pra postar, alem de sem animo pra fazer tudo... Alem de vim postar o capitulo vim divulgar dois blogs super legais, o primeiro o da Barbara: O fim nunca é o fim e também a Let's Lanza pediu pra divulgar o blog da Manu: A Prostituta e o Empresário. Então esta ai, os dois blogs. São super legais Vale à pena passar lá.
Agora o capitulo... :/

As horas se passavam, o desespero aumentava e nada daquele telefone tocar novamente. Zac já estava a beira do precipício. Tentou ligar novamente para o numero que ligou para seu telefone, mas em todas as vezes que tentava a mulherzinha com a voz chata dizia que o numero não existia. Zac estava frustrado. Porque justo hoje. Tinha planos para aquela noite, mas não, o carro tinha que estragar no meio do caminho, para piorar, estava sem sinal. Não conseguia se quer chamar um guincho. 
Vanessa naquela casa não estava menos aflita que Zac, os filhos dormiam como se nada se passava, tranquilos e serenos. Vanessa estava em um quarto do segundo andar, onde as janelas estavam bloqueadas com madeiras e grades. Impossível de fugir dali. Alem do mais, que Alex tinha homens pela redondezas trabalhando para ele, e algum movimento estranho Alex seria avisado.

 - Como vai minha queria esposa? - disse Alex entrando no quarto com um bandeja de comida. - Com fome?
 - Com nojo desse lugar, e principalmente de você.
 - Ah, que pena, mas terá que se acostumar. Já que moraremos juntos pelo resto da eternidade. Eu, você e nossos filhos lindos.
 - Eu te odeio.
 - Eu também te amo - colocou  bandeja ao lado dela e disse: - Se tentar algum gracinha já sabe ne? - saiu do quarto.

Vanessa jogou a bandeja no chão, se levantou, e fechou a porta. Se levantou e ficou andando de um lado para o outro. Sem saber o que fazer, com fome, com saudades de Zac e com medo resolveu dormir. Quem sabe quando acordasse não poderia perceber que aquilo era um pesadelo. Que nada estava acontecendo. 
Mas para sua infelicidade na manha seguinte, tudo se comprovou real. Aquela casa, aquele lugar, aquela pessoas. Tudo era real. Eram por volta das oito da manha, os meninos já estavam acordados, brincando com alguns brinquedos que estava no berço. Vanessa pegou os pequenos e desceu.
Surpreendeu-se ao ver um advogado na sala. Como Alex dissera que iria fazer. Vanessa deu alguns passos para trás, rezando para que Alex não tenha a visto, porem foram em vão.

 - Vanessa querida, venha cá. - Vanessa sem alternativa obedeceu. - Esse é Carlos Magno o melhor advogado de toda Espanha, especialista em divórcios. 
 - Prazer. - disse fria. 
 - Prazer é meu senhorita. Sente-se que conversaremos sobre o divorcio.
 - Amor, deixe as crianças com as babá, as contratei hoje. Essa são Júlia e Maria.

As babá pegaram Gabi e David que resmungaram mas logo pararam, Vanessa olhou para a mesinha de centro, havia alguns papeis que determinariam seu futuro. A conversa foi longa. o Advogado foi curto e claro quanto ao divorcio. 

 - Agora basta assinar aqui, que enviaremos os papeis para Zachary. - disse o advogado.
 - Eu... Eu... Eu.. não.. não.. - Alex a fitava como se fosse mata-la.
 - Amor, venha cá um instrantinho.

Alex e Vanessa foram a uma salinha pequena, parecido com um escritório. Ele a colocou contra a parede, segurava seu braço com força e dizia frio. 

 - Se você não assinar aquela porra de divorcio, eu juro que na frente daquele advogado, mato você e seus filhos. E depois vou atrás de Zachary.
 - Por favor não faça isso.
 - Então assine aquele papel.
 - Eu assino - disse chorando. - Me solta esta me machucando.
 - Agora para de chorar, lave o rosto e vá assinar aquela merda. - soltou ela, que caiu no sofá ao lado.

Alex voltou para a sala, deixando Vanessa desesperada no escritório. Ela fez o que ele disse, voltou para a sala, pediu desculpas pela demora. Pegou a caneta. Fitou o papel, não com duvida, mas sim com medo. Medo do que podia vim, medo do que o Zac pensaria sobre isso. Medo de tudo. Alex disse:

 - Vamos amor, quanto mais rápido melhor certo?
 - Certo. - sua voz falou ao concordar.

Vanessa, vendo não ter outra alternativa assinou o papel. Soltou a caneta e colocou a mão no rosto. Poderia esta cometendo o maior erro de sua vida. Mas naquele momento era o que achava certo, para salva a vida de seus filhos, e de seu verdadeiro amor. Quem sabe um dia não voltam a se encontrar?

O que acharam?? Fiz meu melhor 
14 Comentários para o próximo :D
xoxo

sábado, 12 de novembro de 2011

Capitulo 27 - mini

Vanessa tentava permanecer-se calma, mas parecia impossível. Alex dirigia em alta velocidade, Vanessa estava com os filhos no colo, iria protege-los, aconteça o que acontecer. Zac ao chegar em casa, estranhou a calmaria. Chamou por Vanessa, mas sem resposta. Procurou no quartos dos filhos, no quarto deles, no banheiros.. Nada! Vanessa não estava em nenhum canto daquela casa. Sua bolsa estava lá, as chaves do carro, as bolsas das crianças. Tudo o que ela precisaria para sair estava ali.
Ele logo percebeu que só poderia ter sido culpa de Hanne a Alex. Zac estava se culpando pelo que tinha acontecido, "como pude tão estúpido a isso?" - perguntava a si mesmo. "Se acontecer alguma coisa com os meninos ou a Vanessa, eu me mato" - pensou. Zac estava desesperado, andava de um lado para o outro sem saber o que fazer. O telefone tocou, ele deu um pulo e foi atender.

 - Vanessa?
 - Sinto decepciona-lo Zachary
 - Onde esta a Vanessa, Hanne?
 - Ela esta bem. Mas não estará daqui alguns minutos.
 - Se você tocar em um fio de cabelo dela eu juro que te mato.
 - Ei, calminha ai, caso você não faça o que mandarmos, jamais verá ela novamente.
 - Primeiro deixe-me falar com ela.

Hanne passou o telefone para Vanessa, e disse que ela teria cinco minutos.

 - Zac?
 - Meu amor você esta bem? Eles fizeram alguma coisa?
 - Estou bem, só estou assustada. Estou com medo Zac.
 - Vai ficar tudo bem. Eu não vou deixar que eles façam nada com vocês.

Hanne tomou o celular de Vanessa e disse tempo esgotado.

 - Ate mais Zachary
 - Espe...

Hanne desligou antes que Zac pudesse terminar a frase. Ao chegarem em seu destino, era um lugar afastado de tudo, era parecido com uma fazenda, porem um pouco abandonada. A casa era grande, devia ter uns três andares, tinha uma piscina nos fundos e um pequeno jardim na frente. Hanne entrou primeiro, depois Vanessa e Alex atrás de Vanessa, apontando a arma para ela.

 - A partir de hoje essa será sua nova casa. - disse Alex colocando a arma em cima de uma mesinha de centro.
 - Como é?
 - Isso mesmo, amanha um advogado vira para iniciar o processo do divorcio, e logo logo você será minha mulher.
 - Nunca.
 - Claro que sim, a menos que queria ver seus lindos bebes mortos.

Vanessa deu um passo para trás, se assustou com o modo de como ele disse. Foi tão frio, sem sentimentos era melhor obedecer.

O que acharam???
Bom, ruim, péssimo, maravilhoso??
Queria pedir desculpas por não ter postado antes, e também por não postas no one-shot by maddi. Estou super atolada, tenho dois trabalhos pra fazer, provas, livros pra ler. Estou sem tempo, mesmo. Eu não sei quando irei postas no one-shot by maddi, quando tiver um tempinho eu posto lá.. ok??
dez comentários para o próximo capitulo.. XD

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Sorry, Sorry, Sorry...

Era pra mim ter postado ontem no blog (one-shot by maddi) nê?? mas aconteceu uns imprevistos, eu tinha esquecido que tinha prova de matemática, (sorte que lembrei a tempo de estudar), depois tive que fazer muitos deveres... Queria postar hoje, mas não vai da estou lotada de trabalhos pra fazer, tem trabalho de geografia da professora nova, trabalho de historia (um jornal), tenho dever de duas matéria (o pior muito, e deveres atrasados também), tenho que ler um livro em dois dias, pra prova de literatura... e alem do mais, tenho medico, vou tentar fazer de tudo pra postar ate quarta, aqui e no one-shot by Maddi.. Ok.. xoxo <3

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Divulgação

Vanessa Hudgens Fashion Blog (on Facebook) - agora também na rede social, você poderá acompanha as atualizações do blog. Um modo diferente de nos mantermos sempre actualizados na nossa Diva, Vanessa.
Vanessa Hudgens Fashion Blog - você que tem algum conta no Blogger, é fã da nossa querida Vanessa, quer manter-se sempre atualizado nas noticias, aparições publicas, novos projetos, e também o estilo de Vanessa. Esse é o luga ideal.
One-Shot By Maddi - meu mais novo blog, de one-shot. Ou seja, historia curtas, rápidas de lê, e divertidas de escrever. Contendo um único capitulo, nele inicio, meio e fim, será inspirada em livros, filmes, ou todas de total autoria minha.

 Obs:
        - A primeira One, esta quase no fim, ate amanha, ou domingo posto. 
        - Já comentou no capitulo de Don't you remember? Não?! Esta esperando o que? Quanto mais comentários tiver, mais rápido vou postas o próximo capitulo

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Capitulo 26

Semanas após o natal. Estava tudo muito calmo, Vanessa não havia voltado a trabalhar, Zac sim. Estava quase próximo ao ano novo, eram por volta das seis da tarde, David e Gabi estavam agitados, Vanessa estava tentando dar papinha para eles, mas parecia impossível. Eles riam das tentativas fracassadas da mãe.

 - Coopera meu amor - disse para Gabi. - David é pra comer, não fazer bagunça. - riu - Nunca pensei que seria tão difícil cuidar de dois bebes.

David estava com o rosto todo sujo de papinha de banana -(eu acho uma delicia, tem gosto tipo de doce de banana, esperimentei a da vitoria uma vez kk) - tinha derramado vários cereais no chão, a cozinha estava realmente uma bagunça. Gabi nem se fala, sempre avançava a mãozinha na colher e derramava a papinha toda, sujando ela e Vanessa.
Estava começando a escurecer, "Zac já devia ter chegado" - pensou, um vento frio entrou pela porta que dava à varanda, Vanessa se assustou. Seu coração acelerou, tinha alguém ali. Ouvirá passos, não eram os de Zac, se não teria ouvido o barulho do carro. Assustada levantou, colocou algo para entreter os meninos. Puxou uma faca do faqueiro e foi em direção a porta de entrada para tranca-la.

 - Surpresa? - disse Alex

Vanessa se assustou, deu um passo para trás e olhou para os filhos, estavam entretidos com a bagunça que fizeram.

 - O que esta fazendo aqui? - disse com a faca próximo a ele.
 - Vim fazer uma vizitinha de velhos amigos, não posso?

Hanne entrará na casa agora, porem pela porta principal, se aproximou dos meninos e disse:

 - Eles não são as coisinhas mais linda que você já viu Alex. - disse pegando David. Que resmungou um pouco. - Devem ser o orgulho da mamãe e do papai.
 - Coloque ele na cadeirinha, e saia de perto deles ou...
 - "Ou" o que? - disse Hanne. - Vanessa, sabe que não tem coragem de fazer nada.

Vanessa ficou calada, seria melhor que não a provocasse, ela estava com David no colo, poderia fazer alguma coisa contra seus filhos, e se fizesse, Vanessa nunca se perdoaria.

 - Então, onde esta o maridinho? - em um movimento rápido, Alex conseguiu tirar a faca da mão de Vanessa, e coloca-la contra seu pescoço.

O coração de Vanessa estava acerrelado, onde Zac tinha se enfiado? Via Hanne brincando com David, Gabriella olhava atenta a atitude de Hanne a a reação de David. Ales não era nem um pouco gentil, torcia o braço de Vanessa a ponto de achar que se colocasse um pouco mais de força o quebraria.

 - Responde. - foi bruto, apertou com a mão o braço de Vanessa que gritou de dor.
 - Esta trabalhando. - respondeu - Você esta me machucando. - gemeu.
 - Serio, e se eu fizer isso? - apertou mais o braço de Vanessa
 - Para. Para por favor - girou.
 - Sabe que é bom vê-la implorando assim. - jogou Vanessa no sofá.

Hanne pegou Gabriella também, e se aproximou de Alex.

 - Meus parabéns Vanessa, você tem a família perfeita. - disse Hanne. - Tem um otimo marido, e filhos adoráveis. - disse colocando os bebes no chão. - Mas acho que as coisas não deveriam ser assim tão otimas.

Hanne após colocar os meninos no chão, rodeou um pouco a sala. Alex colocou a faca no móvel da TV, tirou uma arma e apontou para Gabriella.

 - Se fizer alguma coisa, eu atiro.
 - Eu não faço nada, eu juro. Mas agora não aponta essa arma para eles, por favor.
 - Calada. - disse frio.

Vanessa obedeceu, temendo que alguma coisa acontecesse. Hanne parou perto de uma foto que estava proximo a tv, era Zac e Vanessa no dia do nascimento dos gémeos, outra a do primeiro mês de Gabriella, segundo, terceiro (alguém ai já viu aqueles porta retratos de bebes que mostram os meses, então é tipo esse, caso não, clique aqui) e o mesmo de David porem azul.

 - Mas você tem algo que é meu. - abaixou os porta-retratos. - E que por direito tomarei posse.

Ouviu-se logo o barulho de um carro se aproximando, logo todos na casa constataram que era Zac. Hanne pegou Gabriella, mandou que Vanessa pegasse David e que saísse da casa sem fazer barulho. Hanne foi na frente, Vanessa atrás, com medo do que poderia acontecer e Alex por ultimo, apontando a arma para a cabeça de Vanessa...

aaaaaaaaaaaaah, eles voltara.. o.O
Então... mesmo faltando um comentário eu resolvi postar, porque estou feliz :P
Então... 14 comentários para o próximo capitulo desse misterioso trama...
xoxo

domingo, 30 de outubro de 2011

Divulgação

Ola.. Vim aqui hoje para divulgar dois blogs.. um da Taty, e um meu :D

Taty: Of A Chande To Love - Uma historia, parecida com 'Rebelde'. Os personagens Zac, Vanessa, Ashley e Scott. Envonvidos em um trama incrivel. Vale a pena passar lá

Meu: One-Shot by Maddi - Como podem ver no titulo, é um blog de 'one-shot' ou seja, historias com apenas um capitulo, historia curtas. Já tenho minha primeira one-shot em mente. Bem, não é totalemente minha, é um filme "Juntos pelo acaso", mas sera adaptada.. As proximas, podem ser totalmente de autoria minha, ou baseadas, em livros e filmes. Espero que gostem :D

E ai.. Vai passar nesses blog?? Aposto que não vão se arrepender :)
Xoxo

Capitulo 25

Primeiro, quero pedir que me perdoem pela demorar pra postar, domingo eu passei muito mal, segunda fui no hospital, e o exame não tinha dado nada, ai anteontem fui ao medico de novo, porque não melhorava, passei na mão de quatro médicos.. E por fim o ultimo descobriu o que eu tinha... Agora estou melhor - tomando remédio - mas pronta para postar mais um capitulo.. Xx.. Agora o tão esperado capitulo.


Alguns dias depois da inesperada 'presença' ou melhor invasão de Hanne e Alex, as coisas voltaram, quase ao normal. Vanessa e Zac se mudaram para a Espanha, onda Vanessa retomará o trabalho como modelo, e Zac iniciará sua carreira na empresa da família.
A casa estava uma alegria só, era véspera de natal, a casa estava cheia de amigos e parentes. Todos reunidos para comemorar essa data tão especial. Gabriella estava com Ashley e David com Starlla, ambas mimando os bebes. Os convidados todos bebiam champanhe, conversavam super animados. Perto da porta de entrada - a qual do outro lado dava-se para um jardim magnifico, com uma piscina, algumas espreguiçadeiras alem de uma bela vista - havia uma árvore de natal, com muitos enfeites, e algumas presentes em baixo da árvore como é de tradição.
Zac e Vanessa estavam agasalhados, deitados abraçados em uma das espreguiçadeiras, conversando. Vanessa estava usando um belo vestido branco Ralph Lauren, saltos Chanel, e um casaco Burberry vermelho. Zac uma roupa social, terno, mas sem gravata.

 - Obrigada Zac.
 - Pelo que?
 - Por cumprir sua promessa não se lembra? - sorriu ao lembrar-se
 - Não.
 - Mas eu me lembro, verão de 2008. Primeira vez que nos brigamos, estávamos perdidos na praia, eu te culpei e você me culpou, agora lembra.

Zac fez uma cara meio de desentendido. Junho de 2008. Vanessa, Zac e um grupo de amigos resolvem ir passar as ferias de verão na Grécia. Uma viajem turística, sem guia, apenas um mapa e bussula. Zac e Vanessa tinham se conhecido anos antes, mas só em no inverno do ano anterior Zac tomou atitude de chama-la para sair. Eles e os amigos resvolram fazer uma trilha por uma praia que aparentava deserta. Fizeram tipo uma competição a rota estava no mapa e com bussula deveriam achar o caminho correto ate o outro lado. 
Como ironias da vida Vanessa fez dupla com Zac. Contrariou o quanto pode, mas no fim acabou indo com ele. Estava com raiva e chateada com ele, dias atrás eles tinha discutido feio, e o pior por motivos bobos, na realidade nem tinha um motivo. No meio do inicio (isso existe?) do percurso Vanessa sentou em uma pedra e disse.


 - Estou cansada Zachary - ela sabia que ele odiava que o chamasse de 'Zachary', fez isso só para irritar 
 - Não importa, anda se quisermos ganhar temos que andar rápido. - disse puxou-a pelo pulso.
 - Esta me machucando. - gritou.

Zac a soltou e seguiu em frente com ela reclamando a maior parte do caminho. Vanessa estava realmente cansada, a agua estava acabando, a comida? Só tinham umas barras de cereal. 


 - Zac. - sua voz saiu fraca, como se suplicasse para que eles parassem e descansassem. 
 - Tudo bem, quinze minutos. - ficou em pé olhando-a.
 - Para de me olhar assim. - virou com raiva


O clima entre eles não estavam um dos melhores, andavam, andavam, andavam e nada de saírem do mesmo lugar. 


 - Zac estamos andando em círculos.
 - O que?
 - Eu juro que já vi essa pedra antes - disse apontando para a pedra.


Vanessa estava certa, já passaram por aquela pedra mais de três vezes. Vanessa se sentou, colocou a mão na cabeça e disse:


 - Nunca vamos sair daqui. - suspirou
 - Ei, calma. - sentou ao seu lado e a abraçou - Vamos dar um jeito de sair daqui, eu prometo. 
 - E se não? Daqui a pouco vai escurecer, vai ficar difícil sair daqui.
 - Eu prometo que não vou deixar nada te acontecer, eu te amo Vanessa.
 - Eu também te amo.


 - E agora lembra-se?
 - Eu me lembrava antes, só queria saber se você lembrava de tudo. - riu e Vanessa deu um soco no ombro dele.

Zac cumpriu sua promessa, dês daquele dia, vem protegendo Vanessa de tudo e de todos. E... não seria agora a deixaria.

HEI... Desculpe a demora, mas de sexta pra sábado, estava relanpiando muito, e meu pai achou melhor desligar o computador antes que acabe a luz e queime, e ontem, fiquei na casa da minha prima, e de noite tiver um aniversário.
Mas como prometido (fora da data) ta ai o capitulo..
So relembrando. 14 COMENTÁRIOS.
Xx

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Novidades...

Tenho algumas novidades pra vocês, hoje, mais anoite TALVEZ tem capitulo - porque  to jogando wii com a minha prima de caraoque sou um horror kk mas quando cansamos de jogar vou escrever o capitulo, e posto ainda hoje..
Estou melhor do meu problema que eu tive, to tomando remedio, e tudo vai dar certo.. (se não vou ter que auperar)
EFRON PRETENDE V OLTAR COM A HUDGENS... clique aqui para saber mais...

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Acho que devo algumas explicaçoes ne??

Bom eu sei que sou enrolada, desconpromissada, preguiçosa e muitas outras coisas, mas o motivo de eu não esta postando é porque eu estou péssima, hoje passei a tarde de gejum, indo em médicos... Ontem, disse que iria postar eu sei, mas a luz acabou e quando voltou era tarde de mais e não me deixaram mexer no computador, e hoje em diante não sei quanto vou postar, estou passando por alguns problemas... Vou tentar postar o mais rápido possível... E peço de por favor não me abandonem :)

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Aviso e Desculpas...

Foi mal por não postar o capitulo, quando completou 14 comentarios, eu começei a escrever o capitulo, so não deu pra terminar, ai ontem de noite quando estava terminando, passei mal, minha barriga doeu de mais... Ainda esta doendo, mas não muito.. Talvez amanha eu poste ok??
Xx

sábado, 22 de outubro de 2011

Vanessa Hudgens Fashion Blog... agora também no facebook.

Agora você podera acompanha as atualizações de Vanessa na nossa pagina do facebook... Vanessa Hudgens Fashion Blog.. Xx

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Capitulo 24

 - É a cena perfeira - disse ironica
 - Como conseguiu entrar aqui? - disse Vanessa, Gabi naquele momento comçou a chorar, Vanessa pegou ela, e Zac pegou David.
 - Isso não te interessa... mas vim ver como é a familia perfeita.
 - Sai daqui Hanne - disse Zac
 - Nossa amiga vai deixar ele fazer isso comigo? - disse fingindo-se chocada.
 - Amiga? Ainda me chama de amiga? Me apunhalou pelas costas e ainda tem coragem de me chamar de amiga. Você não tem vergonha mesmo não é?
 - Eu tenho - riu - Só vim aqui pra começar o que eu terminei.
 - Quem quer ser o primeiro? - apontou a arma para Vanessa

Estavam indefessos naquele momento, a unica coisa que importava naquele momento era assegurar que nada acontecesse com os filhos.

 - Hanne abaixa essa arma
 - Alex? - disse Vanessa
 - Abaixa essa arma Hanne - se aproximou dela, pegou a arma e disse. - Você sabe que a solução não é isso.
 - Eu so quero o que é meu. - disse com os olhos cheios de lagimas - Eu te amo Zac, eu so quero ficar com você.
 - Vamos Hanne

 - Você esta bem? - disse Zac a Vanessa.
 - Estou, calma filha. - disse a Gabi querendo faze-la parar de chorar. - Zac eu não quero mais morar aqui. Por sorte ela não fez nada, e quando fizer?
  -Eu sei, eu sei - beijou o topo da cabeça de vanessa de Vanessa - Ate o final da semana não estaremos mais aqui, eu prometo

Vanessa ainda estava assustada, não sabia o que pensar, se Hanne estava arrependia, ou se Alex mudou de lado, nada fazia sentido naquele momento

 - Vanessa vou trabalhar.
 - O que? Não - começou a chorar - Zac estou com medo, e se eles voltarem e... Zac - sentou no sofá colocou a mão no rosto, ele sentou-se ao lado dela, e disse:
 - Não vai acontecer nada, para provar-lhe fico aqui com você, amanha vamos a imobiliaria, colocar a casa a venda e procurar outro imovel.
 - Que não seja em Nova York, - disse enchugando as lagimas. - Um lugar bem loge daqui.
 - Tudo, bem agora para de chorar. Vai ficar tudo bem, eu te amo - enchugou algumas lagimas dela e a a beijou.

Como eles entraram no aparatamento? Isso ainda era um misterio, Zac havia pedido ao sindico as cameras de segurança, ao ve-las perceberam que entraram com facilidade, o porteiro disse que eles falaram que era uma surpresa para Vanessa e Zac, que eram velhos amigos que não se viam des do colegia, e que eles implorram para não anuncia-lo.
O resto da tarde foi tranquila, Vanessa e Zac ficaram de olho nos filhos o tempo todo, ficaram namorando e conversando...

O que acharam????
Se surpreendera???  Eu sim..
Espero que tenham gostado :D
xoxox
14 COMENTARIOS SE NÃO EU NÃO VOU POSTAR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Happy B-Day Zachary

Já fora 24 anos de conquistas, lutas, tristezas, felicidades e muitos amores. Nesses 24 anos Zac conquistou o coração de muitas pessoas, com seu carisma, simpatia e principalmente por seu sorriso e seus olhos azuis de dar inveja em qualquer um.


Nesses anos, Zac provou que não é mais aquele garotinho de "High School Musical", provou que cresceu e que consegue tudo que quiser, mas claro com muito esforço. Desejo para ele tudo de bom, todo o sucesso do mundo, que ele nunca desista de ir atrás da sua felicidade, - e também que ele caia na real, e tome a iniciativa de voltar com a Vanessa :D - Que ele seja sempre o homem lindo que ele é...
Happy B-day Zachary 


aviso: faltam só 4 comentarios para o proximo capitulo, então bora lá comentar (o capitulo já ta escrito des de ante-ontem.) XD

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Divulgação...

Atualizei o  Vanessa Hudgens Fashion Blog... Para quem não sabe, é um blog de moda, onde falo sobre o estilo da nossa Diva, onde posto também noticias, atualizações, fotos pessoas, tudo feito com muito amor e carinho :) E estou aproveitando pra divulgar ele e os blogs da Margarida Oliveira...


PASSEM LÁ... GARANTO QUE NÃO VÃO SE ARREPENDER :D

domingo, 16 de outubro de 2011

Capitulo 23

Após o desastre da noite anterior, Vanessa queria que essa noite fosse especial. Não sabia que Zac planejama o mesmo, que a noite fosse especial. Zac iria oficializar o pedido de casamento, iria pedi-la e casamento formalmente. Durante a tarde, Vanessa tentou cansar os meninos para que dormissem rapidinho. Apôs o jantar, Vanessa e Zac deram um banho nos pequenos, para que dormissem tranquilos, David dormiu rapidinho, Gabi ficou enrolando Vanessa, mas por fim acabou pegando no sono. Vanessa colocou ela no berço e encostou a porta.

 - Dormiram?
 - Sim, - sorriu e sentou-se ao lado de Zac. - finalmente, Gabi ficou fazendo hora comigo e não queria dormir. O quanto mais cresce mais fica difícil de cuidar - riu.
 - Mas você sabe que pode contar comigo para sempre não é?
 - Sei - olhou para ele - E conte comigo sempre, sempre e sempre. - fez biquinho e beijou ele.
 - Eu te amo Vanessa. - com um simples movimento tirou a caixinha do bolso de disse - Casa comigo? - Vanessa sorriu e disse o que era de se esperar.
  - Sim.

Zac colocou o anel no dedo da noiva, ela entrelaçou os braços em volta do pescoço dele e o beijou.

 - Estou louco para te-la só para mim - sua voz estava rouca, empurrou-a no sofá.
 - Não consegue esperar mais um pouquinho - riu da careta que ele fez.
 - Nem mais um minuto.

Antes que Zac pudesse deitar sobre ela, ela riu, se levantou, ele ficou olhando meio sem entender. Ela chamou-o com o dedo, ele levantou e a seguiu ate o quarto. Ao chegarem perto da cama ela o empurrou, e subiu em cima dele dando um sorriso malicioso, começou a tirar a gravata e desabotoar a camisa, enquanto ia dando beijos no peitoral de Zac, que rapidamente tirou o casaco e a blusa de Vanessa, logo em seguida tirando seu jeans, Zac ficou admirando aquela linda mulher a sua frente, apenas de roupas intimas sorrindo para ele.
Zachary trocou as posições ficando por cima de Vanessa, e tirou as peças que restavam na mesma , e a penetrou com força e rapidez, fazendo Vanessa soltar um gemido alto, Zac se excitou ainda mais com aquilo, e começou a penetrá-la, Vanessa gemia alto e mordia o ombro de Zac para abafar tais gemidos que insistiam em sair, sem poder aguentar mais Vanessa acabou chegando ao clímax, sendo seguida por Zac, que se deixou cair por cima do corpo de Vanessa, que lhe acolheu com um abraço, ainda ofegante Zac disse em seu ouvido.

 - Nunca mais quero me separar de você Vanessa. - sorriu, Vanessa deu-lhe um pequeno selinho e acariciou-lhe o cabelo.
 - Eu também não quero me separar de você Zac.

Na manha seguinte...

Ao acordar Vanessa se viu sozinha na cama, estava uma bagunça o quarto, foi quando lembrou-se da noite anterior, riu e olhou para a mão "é real" - disse surpresa. Era tão perfeito que parecia um dos mais incríveis contos de fadas. Zac logo entrou no quarto com Gabi no colo.

 - Olha filha a mamãe dorminhoca acordou - a pequena gargalhou. 
 - Bom dia pequena - Zac sentou na cama, colocando a menina entre os dois - Bom dia amor - beijou Zac
 - Bom dia, dormiu bem?
 - Perfeitamente bem.
 - Que bom, pois vai ser assim todos os dias de sua vida.

Zac e Vanessa estavam brincando com Gabi, quando David começou a chorar no berço, Vanessa se levantou, vestiu um casaco e foi pega-lo.

 - Bom dia meu amor - pegou o menino que logo se aconchegou no colo da mãe. 

Vanessa colocou ele deitado com Gabi, os dois estavam brincando e Zac e Vanessa babando os filhos. Zac  beijou Vanessa, e nesse momento ouviu-se:

 - É a cena perfeita - disse irónica. 

Heiii o que acharam??
GANHEI MAIS UM SEGUIDOR EEEEEEEEEEEEEEH
Obrigada pelos comentário.. De verdade. E obrigara também pelos elogios a fic. E Liinee não é pra tanto ne.. kk Mas obrigada por acha que minha fic daria um livro. Quem sabe eu faço uma adaptação?? kk e Anonimo que disse que nunca tinha comentado.. Pode comentar viu. lol Eu não mordo gente.. e adoro comentarios
Xoxo
14 COMENTÁRIOS. 

sábado, 15 de outubro de 2011

Capitulo 22 + Aviso

Porque é tão dificil receber 14 comentarios (no minimo ainda)??? Querem saber porque não postei nesses ultimos cinco dias? Por causa dos comentarios, tenho agora 80 seguidores (obrigada Sabrina por seguir o blog, e é graças a você que estou postando esse capitulo hoje), 64 pessoas leram o capitulo, o que custava comentar? Se gastam cinco minutos lendo, porque não mais dois minutinhos comentando. Eu to realmente chateada.. Estava olhando as postagens antigas, (da minha fic passada - Forgive Me) e vocês comentavam mais, porque pararam?? E também eu não tinha que vim aqui pedir, quase implorar pra vocês comentarem (em Don't you remember já fiz isso tres vezes) isso desanima, fica chato... Falei pra algumas pessoas, que se não tivesse os 14 comentarios eu iria parar de postar (escrevi ate minha "carta de despedida"), mas ganhei um seguidor novo (EEEEEH) e isso que me animou... ENTÃO, SE NÃO COMENTAREM NÃO VOU POSTAR MAIS. Ok???

Agora o capitulo :D


A vida para Zac e Vanessa não poderia esta melhor. Vanessa estava otima após o parto, Zac conversava com ela o tempo todo, estava com ela todos os momentos. David estava otimo, saudavel, a respiração e os batimentos cardiacos exelentes. Gabi não estava muito diferente, era dengosa, adora um colo e chamego. Zac estava encantado com os filhos, nunca pensou que poderia ser assim, tão incríveis.

 - Quem é a senhora? - disse Zac ao chegar no berçário e a mulher esta saindo com Gabriella
 - Alexia, nova enfermeira. É sua filha?
 - Sim, ela não é linda? - disse o pai babão.
 - Muito, qual o nome dela?
 - Gabriella, e aquele ali e o David. - apontou. - Para onde estava levando-a?
 - Para o quarto da mãe, ela estava chorando de fome.
 - Mas não tem nem dez minutos que ela mamou.
 - Ah é?
 - É
 - Então deveria ser manha mesmo.

Zac pegou a filha dos braços de Alexia, e depois entrou no berçario, colocou ela no mesmo berço que David e os levou para o quarto de Vanessa, achou a voz daquela enferemeira muito familiar, "deve ser so conhecidencia" - pensou

DOIS MESES DEPOIS...


Os bebes estavam com dois meses, Zac e Vanessa pretendiam se mudar do apartamento, iriam para uma casa onde houvesse um jardim grande, para que os filhos pudessem crescer ao ar livre. David ainda pequenino já mostrava personalidade forte, queria ser sempre o primeiro, era agitado, adorava gritar, mas era doce quando queria. Gabi já era mais delicada, calma, tranquila, mas quando não conseguia aquele tão desejado colinho fazia um drama.
Stella e Gina estava ajudando Vanessa e Zac nos primeiros meses, Zac estava trabalhando na empresa de seu pai - a qual tem sua cede em Londres. Vanessa ainda não voltou a trabalhar como modelo, estava de licença a maternidade e não tinha ideia quando pretendia voltar, queria ficar com os filhos o máximo possível, e partia seu coração a ideia de deixa-los com uma babá.

 - Cade a princesinha da mamãe - disse fazendo a menina gargalha. - É você é a princesinha da mamãe.

Estavam se preparando para sair, Vanessa estava colocando um vestidinho, com meia-calça, na Gabi, pegou um casaquinho e disse:

 - Estamos prontas amor.
 - Finalmente - reclamou Zac com David no colo. - Vai ser sempre assim?
 - Temos que ficar bonita não é filha? - olhou para a menina que com certeza não estava prestando a mínima atenção na conversa.

Zac e Vanessa colocaram os bebes na cadeirinha, e foram para o restaurante. Ao chegarem foram bem atendidos, e sentaram em uma mesa mais para o centro, colocaram as cadeirinha presas na cadeira do restaurante e olharam o menu.

 - Zac vamos embora daqui.
 - Porque? O que ouve? Esta se sentindo mal?
 - O lugar esta mal habitado.
 - Do que você esta falando.
 - Hanne e Alex.

Assim que Vanessa pronunciou o nome deles, Hanne sussurrou algo para Alex e se aproximou da mesa de Zac e Vanessa.

 - Ola, que conhecidencia não?
 - Conhencidencia de mais pro meu gosto - disse entre os dentes - E uma pena, mas já estamos de saída.
 - Ah, que pena, poderia jantar juntos, eu adoraria.
 - Sinto muito Hanne.
 - Hanne não, Alexia.
 - Como é que é?
 - Isso mesmo, eu quis deixar o passado de lado, e pra fazer isso mudei meu nome.
 - Mas mudando seu nome você não muda o que fez Hanne. - Zac
 - Eu sei, mas posso tentar ne?
 - Você pode ir presa, tentou me matar.
 - Foi uma pena que não consegui
 - Pra mim já chega, estava muito bem pro meu gosto. - pegou Gabi no colo que estava começando a resmungar, pegou a cadeirinha e Zac saiu com ela.

Vanessa estava chateada, aquele era pra ser um jantar especial. Colocou Gabi na cadeirinha de novo e com a ajuda de Zac a colocou no carro.

 - Ai como eu odeio aquela mulher. Nem acredito que já a chamei de melhor amiga.
 - Vamos na policia.
 - O que? Pra que?
 - Sei lá, só quero que ela morra. - suspirou. - Estou com medo, será que ela pode fazer alguma coisa com os meninos? - olhou para trás, David estava olhando concentrado nas luzes da cidade, e Gabi estava brincando com um brinquedinho.
 - Eu não vou deixar, ela nunca vai tocar um dedo em você ou nos meninos, eu prometo.
 - Eu te amo Zac. - sorriu

No restaurante, com Hanne e Alex.


 - Essa do nome foi dez, perfeito.
 - Tive que inventa alguma coisa, Alexia, essa foi dez mesmo - riu e tomou uma taça de champanhe - Vanessa Hudens o que é seu ainda esta guardado.

O que acharam??? 
Perceberam algo no inicio e no final??? Eu sim lol
ESPERO QUE GOSTEM, PORQUE EU GOSTEI!!
Eu sei que fui chata quando disse aquilo lá em cima, foi pra ser chata mesmo.. Porque chateia, que passa por isso vai me entender.
Ok..
NO MÍNIMO 14 COMENTÁRIOS, SE NÃO TIVER NO MÍNIMO 14 COMENTÁRIOS, EU NÃO VOU POSTAR. OK? 
xoxo 

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Capitulo 21 Part 2

Zac e Vanessa estavam apaixonados por Gabriella e David. Eles eram tão doces, perfeitos.

 - Eles não são lindos? - passou o braço em volta do corpo dela e puxou-a para perto, a acolhendo em um abraço.
 - Sim, são perfeitos - encostou a cabeça no ombro de Zac e ficou admirando os filhos  - Agora minha família esta completa. - olhou para Zac que sorria. - Eu te amo meu amor.
 - Eu também te amo.

Durante o resto da manha, Zac, Vanessa e os bebes, receberam muitas visitas. Stella insistiu para que Grag fosse com ela ate Nova York ver os bebes, os sobrinhos. Ashley e Brittany embarcariam no próximo voo para Nova York, Gina e Starlla se encantaram com os netos. Estava mais do que na cara que elas seriam as avós mais babonas desse universo. Zac então.. O pai mais babão de todos. Os meninos estavam deitados, Gabriella estava com uma roupinha rosa e david com roupinha azui.

(Benjamin Brady)

(Vitoria Martins)
Aviso: essa é a vitoria, so que pequenininha, isso foi no dia que ela nasceu ano passado. Hoje ela ta com um aninho. NÃO PEGUEM A FOTO DELA)

Gina, Starlla, Zac e Vanessa estavam conversando sobre varias coisas, sobre o futuro, os bebes, e Zac tocou no assunto do casamento, quando seria?, onde seria?... Mas de uma coisa tinham certeza seria perfeito.

Um pouco mais tarde, Gina e Starlla resolveram ir e deixar Vanessa descançar, a enfermeira entrou no quarto e disse que levaria os pequenos para o berçario, onde iriam fazer mais alguns exames. Vanessa ficou chateada queria que eles ficassem ali com ela.

 - Queria que eles ficassem aqui. - fez uma carinha triste - como vou saber se eles estão seguros lá.
 - Pode ter certeza que eles ficaram bem.

No dia seguinte...


   Na manha seguinte, ao acordar Vanessa percebeu que aquilo que viveu ontem era realidade, pois parecia um perfeito conto de fadas. Estava acordada a umas meia hora, Zac não estava no quarto, provavelmente estava no berçario com David e Gabriella.

 - Bom dia - disse a enfermeira que estava cuidando dos meninos, entrou no quarto com a pequena Gabriella no colo.
 - Bom dia. - sorriu - ola minha princesa - sentou-se na cama para pegar Gabriella - Onde esta David?
 - Com seu marido, ele já já estara aqui - disse ela simpática.

A enfermeira olhava a cena entre Vanessa e Gabriella, Vanessa era uma mãe otima, não tinha sombras de duvida, sempre adorou crianças a gora tinha seus dois anjinhos para cuidas.

 - Bom dia minhas princesas - entrou no quarto com David no colo.
 - Ola papai - disse sorrindo e segurando a mãozinha de Gabriella
 - Como passou a noite meu amor? - sentou-se ao lado dela.
 - Bem, mas morri de saudade dos nossos anjinhos.
 - Eu também. - olhou para Gabriella que estava quetinha no colo de Vanessa.

Pouco mais tarde Dra Elizabeth entrou no quarto para ver como estava Vanessa e os bebes. No momento em que chegou no quarto David estava mamando e Zac brincando com Gabriella. Elizabeth examinou Gabriella primeiro, e disse que a menina esta otima, logo em seguida David, que também estava com a saude exelente.
Ashley e Brittany bateram na porta, Zac disse que podia entrar.

 - Ola novos papais. - disse Ashley.
 - Deixe me ver esses anjinhos. - disse indo ate Vanessa. - Como esta?
 - Estamos otimos

Ashley e Brittany ficaram encantados com os meninos, eles eram tão doces, tranquilos, verdadeiros anjos. Ashley comprou um vestidinho, Dior para Gabi e um conjuntinho. E Brittany uma sandalinha Ralph Lauren para cada um. Zac estava com os sapatinhos na mão, estava encantado com tudo, estava bobo, parecia que não era realidade, mas sim uma grande e perfeita fantasia. Em quanto Vanessa, Brittany e Ashley conversavam, ele estava no mundo da lua... Imaginava Gabriella e David dando seus primeiros passinhos, o primeiro "Papai" e "Mamãe" ditos, os primeiros dentinhos, sorrisos... O primeiro aniversário, a primeira viajem, tudo... Para Zac tudo seria diferente, tudo em dobro. Ele estava disposto a largar o passado que tanto adorava para viver esse futuro incrível que o esperava. Com as tres pessoas mais importantes de sua vida, Vanessa, Gabriella e David.

Ola... Desculpem a demora.. :) 
alguém viu o video da lily.. She is so sweet???
Bem espero que tenham gostado do capitulo.. 
Remember: no mínimo 14 comentários para o próximo capitulo.
xoxo

So SWEET!

Olha que gracinha a Lily, de aniversario de 6 anos ela recebeu uma surpresa e tanto, ir para a Disney... Olha a reação da fofa.


Fofa não??
ps: acabei de chegar, capitulo daqui a pouco!

Aviso:

Capitulo daqui a pouco, estou terminando de escrever, so que agora vou ter que sair, então assim que eu voltar eu termino de escrever e posto..
Prometo que ainda hoje vocês terão o capitulo..
xx Mady

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Desculpas e Aviso.

Sorry por não postar mais cedo, essa semana ta sendo uma correria.. Materias novas, tive que ler um livro pra prova (li de ultima hora como sou enrolada), provade matematica, trabalho de fisica, simulado daqui duas semanas. E tanta coisa pra fazer que nem sei mais. Iria postar hoje, mas fui pra casa da minha melhor amiga andar de bike, e ficamos a tarde toda.. To exausta e alem de morrendo de dor de cabeça e no corpo. Se der eu posto o capitulo, mas se não der posto amanha (se minha dor de cabeça melhorar, eu posto, porque mal to conseguindo ouvir o barulho do teclado e tão doendo que esta)
Espero que entendam, assim como vocês, eu estudo, tenho deveres a serem cumpridos dentro de casa... E não e sempre que estou livre para escrever... Mas vou fazer o possivel, lembrem-se
E... Não me abandonem!

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Oie (Divulgação)

Eu mudei o estilo do Vanessa Hudgens Fashion Blog.. Eu achei que ficou legal.. Que tal vocês irem la e comentar?? Não vai doer nada.. E vai fazer bem pro meu coração. :) (Se quiserem comentar podem comentar na ultima postagem) e quem quiser também divulga pra mim :P (porque to pedindo isso: porque to pensando em fazer isso aqui no blog, e se vocês gostarem, faço, se não gostarem, não faço.)
xx Site: http://vanessahudgensfashionblog.blogspot.com/


segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Capitulo 21 Part 1

Meses mais tarde (SETEMBRO) .... Vanessa estava quase na quarta semana, quase em nove meses. Gina estava em Nova York com a filha ainda, Zac havia pedido a mão de Vanessa em casamento, bem no centro do central park, ela disse um claro e sonoro "Sim", meio as lágrimas também. O casamento ainda não tinha data, mas seria depois de que Gabriella e David completassem um mes. Os pais de Zac adoraram a ideia dos bebes e do casamento, Gina e Starlla seriam duas avós muito babonas desse universo, Starlla nos últimos meses tinha se mudado para Nova York para fica mais próximo do filho e dos netos.

 - Trouxe chá meu amor - disse Zac entrando no quarto.
 - Hmm, obrigada.
 - Por nada. - beijou-lhe o topo da cebeça. - Esta sentindo alguma coisa? Dor? Enjoos?
 - Um pouco de dor nas costas, mas a Dra. Ellizabeth disse que no final da gestação isso é normal.

Vanessa entrou para o banheiro e foi tomar um banho morno, para relaxa e preparar-se para dormir. Ao terminar, sentou ao lado dele.

 - Não vai dormir meu amo?
 - Não. - sorriu. - Estou feliz e ansiosa de mais para dormir, não aguento mais, quero ver o rostindo desses bebezinhos aqui. - disse acariciando a barriga

Durante os dois últimos messes de gravidez Vanessa evitou sair, ficava em casa com Zac, ou a mãe, ou a sogra. Zac insistiu para Vanessa dormir, mas ela não estava com sono, então ele resolveu ficar acordado com ela. Ficaram conversando sobre tudo, sobre o agora, e sobre o depois.

 - Qual vai ser o tema do aniversário de um aninho dele? - riu - Nossa já estou um ano avançada.
 - Não sei. Disney talvez.
 - É talvez - fez uma careta. - Porque vocês tem que demorar tanto pra nascer? A mamãe e o papai estão doidinhos para ver vocês meu amores - acariciou a barriga de novo
 - Garanto que eles vão ser lindos iguais a você.
 - Mas quero que tenha seus olhos - disse Vanessa olhando para ele.
 - O que á de tão especial nos meu olhos.
 - São lindos meu amor. - beijou. Conversa vai, conversa vem...

 - Tente dormir meu anjo, já esta tarde e isso não lhe fará bem.
 - Mas não estou com sono.
 - Só tente descansar, não precisa dormir, só feche os olhos e fique tranquila.
 - Sabia que você fica tão lindo preocupado.
 - Fico é?
 - Fica, e você fica tão linda quando esta dormir... Então que tal dormir?

Vanessa riu

 - Tudo bem, vou tentar fazer isso, mas só por você, e por vocês também.
 - Boa noite.

A noite foi muito cansativa, Vanessa não parava quieta, não achava uma posição confortável, Zac dormiu mal, Vanessa mexia de mais, o que as vezes o acordava, outras ele acordava para ver se ela estava bem ou se precisava de alguma coisa.
Na manha seguinte (30 de Setembro, 8:40am) 
Vanessa estava acordada a muito tempo, agora porem sentindo umas dores estranhas "Sera que esta na hora?" pensou um pouco em duvida."Acho que não, o nascimento estava marcado para dia 04 de Outubro". Cerca de 15 minutos depois, sua bolsa d'agua rompeu.

 - Zac minha bolsa estourou - gritou.

 - O que? - gritou da cozinha, a única coisa que fez antes de ir ate Vanessa foi desligar o fogo, não queria que nada acontecesse.
 - Esta na hora?
 - Mas como? Não... Não era mês que vez. - gaguejou um pouco de nervosismo.
 - Não sei - gritou

Zac pegou o celular, e ajudou Vanessa a se levantar, estavam no 16º andar, ir de escada não iria dar certo, então Zac entrou com Vanessa no elevador, e em quanto iam a garagem, ligou para Dra Elizabeth.
8:35am

 - Zac se você não estiver naquele hospital em menos de dois minutos juro que você vai fazer o parto do seus filhos.
 - Calma vai da tudo certo.
 - Estou calma - gritou.

Zac foi o mais rápido que pode, dirigir com Vanessa gritando ao seu lado não estava dando muito certo. Logo que chegaram no hospital estava tudo pronto para receber Vanessa e Zac, colocaram Vanessa em uma maca, levaram ela para a sala, em quanto Zac preenchia algumas fichas.
Assim que acabou, foi correndo ao quarto onde Vanessa estava, colocou a roupa e entrou. Assim que entrou ouviu um chorinho, era David (8:39).

 - Chega, eu não aguento mais. - começou a chora.
 - Vamos Vanessa, não desista, você chegou tão perto para desistir?
 -Vamos meu amor, você é forte e você consegue. - ele disse perto do ouvido dela, beijou-lhe os labios e ela concordou.
 - Esta pronta?

Vanessa balançou a cabeça concordando, Dra Elizabeth Wood disse que iria contar ate três, e quando dissesse já Vanessa teria que fazer o máximo de força que conseguisse. Vanessa assim fez, juntou todas as suas forçar, gritou e apertou o máximo a mão de Zac. O choro de Gabriella (8:40) ecoou pela sala, o irmão já estava enrolado e tranquilo, não chorava mais. Enrolaram a menina e entregaram aos papais.
Eles eram lindos, tão serenos, encolidinhos. Eram perfeitos, Vanessa segurava Gabi e Zac, David. Zac e Vanessa se emocionaram ao verem aqueles bebezinhos, tão pequenininhos em seu colo, seus anjinhos em seus braços, era como um prémio, um grande sonho realizado, nove meses que realmente valeram a pena.

 - Eu disse que conseguiria, você é forte! Eu amo você Vanessa - olhou bem nos olhos dela, e ela nos dele e algumas lágrimas e felicidade caíram de seus olhos.
 - Eu te amo meu amor.

Zac se aproximou dos lábios de Vanessa e os beijou, os enfermeiros olhavam discretamente a cena de amor entre o casal, que era linda de fato.

 - Vamos ver quanto esses anjinhos pesam? - disse a enfermeira pegando David. Ela colocou ele na balança que logo começou a chorar - 3kg e 400gramas e 45centimetros, meus parabéns. - Entregou David a Zac novamente e pegou Gabriella, que assim que a colocou na balança começou a chorar. 3kg e 200gramas e 40centimetros.

Os meninos eram lindo. David com o cabelo castanho mel, pele clara, um anjinho, ele porem ainda não tinha aberto os olhinhos mas Vanessa estava apostando que eram azuis igual o do papai.
Gabriella era tão serena, doce a princesinha da família. Pequenininha, delicada, com muito cabelo castanho escuro, olhos azuis clarinhos. Vanessa foi transferida para um quarto junto com os bebes, agora estavam lá, Zac, Vanessa, Gabriella e David. A família completa.

Explicaçãozinha basica: adoro o dia 30 de setembro, porque é aniversario do meu anjinho, ela é tão linda e eu tão babona... kk tem olho claro, cabelo castanho escuro e é pesadinha.. kk mas eu amo essa minha princesa, ela fez um aninho, se chama Vitoria. Ai resolvi colocar a mesma data, nem sei porque...
Oi pessoal... Viram meu "Avisinho" basico no post passado... Esperam que tenham lido, pois é crucial para esse capitulo...
Para quem não leu, ou ta com preguiça de ver. LEIAM. 
15 Comentarios... Se não nada de capitulo..
XX

Avisinho...

Hoje tem capitulo, mas não sei se amanha vai ter, ou depois de amanha, ou depois depois de amanha, ou semana que vez, ou me que vez, ou ano que vem... Tudo vai depender da quantidade de comentários do capitulo que vou postar mais tarde... Porque isso? Porque vocês não estão comentando, alguns leem, mas eu não sei porque não comentam, acho que ficam com preguiça..? Sei lá... Então se não tiver no MINIMO 15 COMENTARIOS eu não posto mais. (ah e não adianta comentarem varias vezes seguida ta?? porque da pra ver que o fez pelo horário da pastagem - é so racicinar) Então... por favor comentem...
Daqui a pouquinho o capitulo.
Obrigada, xoxo

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Esperança... Talvez?

Na tarde de ontem, ao ir a uma plantação de abobora, almoçar e buscar um produdo da epson na Best Buy com sua irmã Stella, Vanessa usava o mesmo bracelete que usava em 20 de julho de 2010 na premier de Charlie St Cloud...

Alguém ai conhece esse bracelete?? Eu conheço.
No ano passado, essa bracelete passou a ser visto no pulso de Vanessa, o qual usava em todos lugares que ia, então a equipe do Kuuipo fez algumas buscas e descobriu que o bracelete, ou melhor, o love bracelet, como é chamado, possui toda uma lenda explicando seu significado.

No verão de 1969, Aldo Cipullo, um jovem designer do staff da Cartier criou uma peça inspirada num prática medieval que o intrigava: os guerreiros antes de sair pras batalhas, muitas vezes trancavam as esposas pela cintura com cintos de castidade de ferro para mantê-las fieis. Ele então teve a ideia de criar um símbolo moderno dessa tranca e desenhou uma pulseira com parafusos chamada "Love Bracelet", que vinha com uma pequena chave de fenda pra abrir e fechar. 
Conta a lenda que a directoria da Cartier rapidamente pegou o espitiro da peça e lançou o produto com uma politica de vendas inédita: nenhum cliente tinha permissão pra comprar uma Love Bracelet pra si! Isso mesmo, a marca bateu o pé e disse que ninguém estava autorizado a comprar uma pro seu próprio punho.

 Ou seja, estava claro que o bracelete no pulso da Vanessa não podia ser presente de ninguém mais que não fosse Zac. ( Essa chave de fenda e a tranca simbolizam uma relação fiel de compromisso)
A primeira vez que Vanessa usou esse bracelete foi em 17 de Julho, porem só foi percebido em 20 de julho  na premier de Charlie St Cloud.


Sem querer dar falsas esperanças, nem a mim, nem a vocês... mas sera que isso significa algo?

terça-feira, 27 de setembro de 2011

DIVULGUEM!!!!!

Oie.. posso pedir um favor??? Divulguem meu blog??:D
http://vanessahudgensfashionblog.blogspot.com/
Please..
XOXO
ps: não esqueça de comenta no capitulo anterior ok.. :)

Capitulo 20 + Divulgação..

Primeiro vou divulgar o blog da Alexia.. (a fic promete ser boa hein?)

Passem lá.. xoxo
Agora o capitulo..

Os dias fora passando, Zac melhorando e a barriga de Vanessa crescendo. Zac e Vanessa estavam mais felizes e unidos do que nunca, dês de que Zac saiu do hospital não falaram mais sobre Hanne ou Alex, só falavam sobre Gabriella e David, os dois amores da vida deles. Zac estava pensando em pedir Vanessa em casamento, para que nunca mais se separassem, para que permanecessem felizes para sempre. Bem "para sempre" é muito tempo, mas talvez ate o fim de suas vidas.

 - Bom dia minha princesa - disse Zac acordando Vanessa.
 - Bom dia meu amor - sorriu. Riu.
 - O que foi? - perguntou Zac sem entender
 - Sei lá, não parece real, parasse que estou sonhando. Um conto de fadas talvez.
 - Nosso conto de fadas - beijou seus lábios.
 - Eu te amo.

Os meses foram passando, Vanessa estava entrando no 5 mês. Zac não poderia esta mais feliz, estava acompanhando passo a passo a gravidez de Vanessa, Vanessa estava radiante, estava deslumbrante gravida, Zac seria o pai mais babão do mundo, algumas vezes deitava ao lado de Vanessa, e conversava com os bebes, algumas vezes eles respondiam com um chute.

2anos atrás
 - O que espera do futuro? - disse Vanessa sorrindo.
 - Não sei - aconchegou ela em seus braços. - Dois filhos talvez, eu e você em uma bela casa na beira da praia, só nos e os meninos, ninguém mais. E você?
 - O mesmo, mais um pouquinho mais, só nos, os meninos e o nosso amor que permanecera eterno.


O que eles conversaram naquela praia na Carolina do norte, em uma noite de lua cheia, estava se concretizando por fim, "só nos, os meninos e o nosso amor que permanecerá eterno" sussurrou Vanessa ao lembrar se daquele dia.
Em quanto Vanessa tomava banho, Zac ligava para a recepção pedindo o café deles.
Zac estava preocupado com tudo na gravidez de Vanessa, alimentação, bem estar, tudo nos mínimos detalhes. No café da manha ela comia alimentos saldáveis e balanceados, o mesmo vale para as outras refeições. Ela gostava dos mimos de Zac, mas as vezes passava do limite.

 - Amor vou sair. - disse procurando uma roupa.
 - Ei, ei, vai aonde?
 - Fazer compras prós bebes.
 - Você tem que descansar.
 - Estou mais do que desncasada.. Preciso andar um pouco.
 - Tudo bem, mas eu vou com você.
 - Serio? - riu - Você odeia fazer comprar.
 - Errado, odeio é carregar sacolas, mas tudo bem.
 - Oh meu bebe. - se aproximou perto dele apertou suas bochechas e o beijou depois.

Vanessa colocou um maxi dresses da Burberry e uma sapatilha, Zac uma roupa social, jeans, camisa de manga e uma jaqueta. Vanessa passou por zilhoes de lojas, Sack's (na fifth aveune), Bonpoint, Gap, Little Me, Crewcuts. Comprou coisas que seriam fundamentais, carrinhos de auto, carrinho de gémeos, cadeira para papinha, berço. Vanessa estava tão animada para decorar cada cantinho do quarto dos filhos, cada cm do quarto seria decorado por Vanessa e Zac.

Hello Peoples.. :)
O que acharam???
Fofo?? Péssimo? Ruim?? Maravilhoso???
Comentem muito.. 
obs: amanha não sei se vai dar pra postar, porque vou ter que arrumar o cenário do auditório da escola para a apresentação.. Se der de noite eu posto, se não der sexta... ok... 
remember: TEN COMENTS
xoxo

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Hello??? Cade vocês??

Ei pessoal o que ouve?? Não gostaram do capitulo ou me abandonaram?? :'( Poxa deixei de fazer muitas coisas sexta como ir ao shopping com meus amigos, e comer subway pra vim aqui postar, e o que recebo e seis comentários?? (MUITISSIMO OBRIGADO A QUEM COMENTOU) Sei que fiquei muito tempo sem postar... Mas não e por isso que vou abandonar o blog. 
Eu não postei no final de semana esperando mais comentário, (tentei) prometer a mim mesma não escrever isso, deixar com que vocês percebessem por conta própria, mas adoro escrever aqui, e escrever pra ninguém não tem graça nê??
Então bora lá povo... Vamos comentar..
XoXo

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Capitulo 19

Oiee.. a enrolada ta de volta.. (ou bem vou tentar lol) Esta ficando cada vez mais difícil vim aqui escrever, não por falta de criatividade, mas sim por falta de tempo. Agora (não sei porque diabos fiz isso) mas me coloquei na dança na apresentação que vamos fazer... E na semana que vem vamos ensaiar mais, já que estamos quase na reta final, vou tentar fazer de tudo para postar todos os dias ok??


A falta de noticias da parte dos médicos era agoniante, Vanessa andava de um lado para o outro, desesperada, nervosa e preocupada. Pouco depois de darem entrada no pronto socorro, Vanessa ligou para a mãe, e os pais de Zac - que mesmo não estando na América ficaram souber angustiados e preocupados com o filho - Gina tentava acalmar a filha, que ainda andava de um lado para o outro.
Assim que o medico saiu do corredor, Vanessa foi ate ele e disse:

 - Com Zac esta?
 - Esta bem, agora. A cirurgia foi um pouco delicada, mas Zachary esta fora de riscos.
 - Posso ve-lo?
 - Ele precisa... - Vanessa o interrompeu
 - Por favor?
 - Tudo bem

O Medico indicou o quarto e Gina foi conversar com ele para obter mais informações. A porta do quarto estava entre-aberta, Vanessa abriu a porta devagar, Zac estava desacordado ainda devido anestesia, ela se aproximou dele, sentou ao lado da cama. Por um momento veio em sua mente em beijar aqueles lábios, se entregar completamente a ele, esquecer o passado e pensar apenas no futuro.
Ficou observando Zac durante algum tempo, ai pensou "o que realmente estou fazendo aqui? E agora?" Ela pegou a bolsa foi ate a porta, sem olhar para trás abriu a porta...

 - Espere. - disse Zac com uma voz franca.
 - Oi - disse com um meio sorriso nos lábios e um ar de "ele esta bem"
 - O que aconteceu?
 - Você foi baleado dentro do seu apartamento.
 - Hanne.
 - Foi ela?
 - Creio que sim, não me lembro bem agora.
 - Como esta se sentindo.
 - Sei la, cansado, com dor, e com dor de cabeça.
 - Vou chamar o medico perai.
 - Hei, promete que vai voltar?

Vanessa olhou para ele, suspirou e sussurrou: "Eu prometo". Vanessa voltou cinco minutos depois, o medico passou um remédio para aliviar a dor de cabeça e a dor no corpo.

 - Preciso falar com você. - disse Vanessa e Zac juntos.
 - Fala primeiro - disse Vanessa
 - Ok. - "Por onde começo" - O que aconteceu no shopping não era verdade, Hanne não esta gravida, achei que estivesse, mas não esta, ela falsificou um teste para mostrar que estava gravida, e nos nunca dormimos juntos, eu estava bêbado ela fingiu que tinha acontecido algo.

Por dentro Vanessa queria se matar, como pode ser tão estúpida a ponto de não acreditar em Zac, "como pude ser tão besta meu Deus, isso estava na cara"

 - Me desculpe. - foi a única coisa que conseguiu falar - Como sou idiota, Zac me desculpe por favor
 - Hei, eu te desculpo, com certeza. - sorriu

Eles começaram a conversar sobre tudo, sobre eles, sobre o tempo que ficaram separados, conversaram como se estivessem se conhecendo hoje, conversaram sem medo ou rancor. Como nos velhos tempos.

 - Zac.
 - Hum?
 - Eu to gravida - ele olhou surpreso - De gémeos, e os filhos são seu.

Zac não sabia se ria, se chorava ou se beijava Vanessa. Escolheu a ultima opção. Vanessa entrelaçou os braços no pescoço de Zac e aprofundou o beijo... Matando assim, a distancia, a saudade, tudo que os mantia afastados. Nada importava, apenas eles e o futuro.

 - Você esta falando serio? - Zac
 - Sim. - sorriu alegre - Estou de 10 semanas.
 - Dois meses e meio, certo?
 - Sim.

Zac e Vanessa ficaram abraçadinho durante um longo tempo, conversando, trocando caricias, Zac beijando Vanessa e acariciando sua barriga....

O que acharam.. 
Não ficou tão grande mas matou a curiosidade de alguns ne???
kk Espero que estejam gostando da fic..
ok?? Se não  gostarem falem!!!
XXX
(10 comentários)

terça-feira, 20 de setembro de 2011

SORRY

Primeiro eu quero pedir UM ZILHÃO de perdões.. To SUPER coupada.. Hoje fiquei na escola ate as seis... Amanha tenho que ir de novo, e quinta de novo (estou participando da apresentação e estou no cenario e vestuario..) Ainda tenho que fazer uma fantasia pra sexta... To HIPER ocupada..
Se eu consegui, quinta eu posto.. ou amanha se der.
XOXO... SORRY

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Sorry

Desculpe por não postar nesses ultimos cinco dias, estou toda atolada.. Ficando na escola o dia todo, participando de uma apresentação que vai ter na escola... Hoje fui tirada de sala duas vezes, por causa disso. kk Por causa do cenario.. Hoje não vai ter capitulo, to morta.. Tava na escola des das seis da manha.. So sai pra almoçar, depois voltei e fiquei ate as quase seis.. To exausta...
Amanha provavelmente vai ter capitulo, so que de noite (de tarde vou ter que ficar na escola de novo¬¬')
XOXO
Please, não me abandonem!!!!

sábado, 10 de setembro de 2011

Capitulo 18

LOL hoje com o post anterior completei 400 postagem (entre posts e rascunhos) LOL² Agora o tão esperado capitulo.. hehe. lol ³

 - Não existe bebe. 
 - Como assim não? - se pós de pé
 - Simplesmente não estou gravida, nos nunca dormimos juntos, você estava bêbado de mais e eu aproveitei essa oportunidade para finalmente ter você, Alex levou Vanessa ate lá e bingo ela viu. - riu. - Saiu tudo perfeito, ate você não me querer mais, então não vi outra escolha.
 - Perai. - colocou a mão na cabeça - Vanessa esta com raiva de mim por nada.  
 - Basicamente sim - riu arrependida (de certa forma) - A culpa de fazer você acreditar que vai ser pai me corroía por dentro, você estava animado por nada. Mas ainda podemos nos casar certo?
 - Não. - gritou. - Você vai comigo procurar a Vanessa e vai contar toda a verdade para ela.
 - Não vou não. 
 - Ah concerteza que vai. 
 - Porque eu faria isso.
 - Porque eu estou mandando - começou a ficar nervoso, como pode ser tão estúpido a ponto de acreditar em Hanne.
 - Sabe porque fiz isso?
 - Não, porque é maluca.
 - Não, eu não sou maluca. Sou apaixonada por você Zac, não entende. - Se aproximou dele - A Vanessa não e mulher certa para você, sou eu. 
 - Tem razão, ela não e a mulher certa, e mais que ideal, é minha metade. Você é louca e fique sentada ai, vou ligar para ela.
Hanne ficou com raiva, se Zac não seria dela, não seria de mais ninguém. Na gaveta da cabeceira da cama tinha uma arma, ela aproveitando a distração de Zac, abriu a gavetinha pegou a arma, colocou-a debaixo da coberta e esperou o momento exato. O celular de Vanessa, chamava, chamava e ninguém entendia.. Na terceira tentativa, Hanne percebeu que ele não iria desistir. Se levantou, ele sussurrou para que sentasse de novo, ela apontou a arma.
Zac não teve nem tempo de correr ou mover-se, disse "O que esta fazendo" e ela "Eu te amo". 

Vanessa estava dormindo naquele momento, acordou e começou a chorar. Sentia um aperto enorme no peito e algo em sua consiensia dizia que devia ir ate o endereço o qual Ashleu tinha passado. Se levantou quase em um pulo, pegou o casaco e a bolsa e saiu rápido de casa, Gina perguntou onde iria com tanta pressa ela nem respondeu e logo estava dentro de um táxi rumo ao apartamento. 

 - Tem como ir mais rápido - disse o taxista 
 - Desculpe mas estamos meio de um engarrafamento. - respondeu com calma
 - Droga. - tirou uma nota de cinquenta dólares da bolsa - Obrigada e fique com o troco.

Ela desceu do carro e correu o máximo que pode, chegou no apartamento disse ao porteiro com quem queria falar, e ele disse o nº do apartamento de Zac, ela entrou no elevador, apertou varias vezes o andar... Quando finalmente chegou lá, a porta estava entre aberta, respirou fundo e entrou. 
Chamou  por Zac, mas ninguém respondia, viu a porta do quarto entre aberta. Abriu metade, gritou e começou a chorar. Aquela foi a pior cena que já viu em sua vida, superava a de Zac na cama com Hanne. 

Ligou para a ambulância, estava desesperada a atendente disse que iram esta lá o mais rápido possível. Vanessa se abaixou ao corpo de Zac, temeu em colocar a mão nele e ele estar morto, então preferiu não saber. Assim que a ambulância chegou uma paramédica acalmou Vanessa e fez algumas perguntas. 

 - Sabe o que aconteceu?
 - Não, quando cheguei aqui ele já estava ali - gaguejou um pouco por causa das lágrimas. - Ele vai ficar bem?
 - Vai sim, ele esta vivo por sorte, se você tivesse demorado mais um pouco para chegar ou nos ligar talvez ele não tivesse chance.
 - Vamos levar ele para o hospital, ele precisa ser atendido urgente, pela gravidade é capaz de precisar auperar.
 - Eu quero ir.
 - É melhor ir para casa, descansar e vamos entrar em contato com os familiares dele.
 - Não eu quero ir, ele é pai dos meus filhos - colocou a mão na barriga.
 - Você esta gravida 
 - Sim. 
 - Outro motivo do porque e melhor ir pra casa.
 - Mas eu quero ir.
Vanessa acabou indo na ambulância, insistiu tanto que a paramédica concordou. Dentro da ambulância Vanessa não soltou a mão de Zac. Mesmo ele desacordado era importante para ela, ele saber que estava ali ao lado dele, que iria enfrentar tudo aquilo juntos. 

Oh Deus, como eu odeio a Cacatua da Hanne 
ps: não me pergunte porque cacatua, vi uma novela uns tempos atras e agora estou com mania de chamar as pessoas que eu não gosto de cacatua (ps: escondido lol)
O que acharam.. Pelo menos esse capitulo ficou maior que o outro...EEE
10 Comentarios para o proximo OK????
Xoxo
I love Ya.. :)

Divulgação + Olha que fofinha

Oiiee vim qui pra duas coisas divulgar o Vanessa Hudgens Fashion Blog e pedir pra divulgarem também (Vou tentar atualizar ele todo ate a manha, vou fazer o maximo possivel, mas podem ir divulgando)

E o segundo motivo foi pra mostra esse cover muito fofo da musica Rolling in the deep da Alede (eu sou laoucamente apaixonada por essa musica, ouço o tempo todooo literalmente)  


Obs: nove comentarios e eu posto o capitulo...
XOXO

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Capitulo 17

Apos a terrível descoberta Vanessa não sabia o que fazer, não sabia se queria sumir, ir pra casa ou simplesmente ficar ali sentada chorando. Mas preferiu ficar alia no central park sentada em um banco sozinha, porque? Porque se fosse pra casa com certeza que sua mãe iria enche-la de perguntas, perguntas as quais ela não queria responder, não naquele momento. Uma senhora que aparentava ter setenta anos sentou no banco ao lado de Vanessa. Ela tentou disfarçar que estava chorando, porem tentativa fracassada, seu rosto estava vermelho, os inchados de tanto chorar. A senhora colocou a mão no ombro de Vanessa e disse:

 - Hei querida, vai ficar tudo bem. Porque choras?
 - Por nada - limpou algumas lágrimas que insistiam em cair.
 - Ninguém chora por nada, mas pela intensidade com qual choras já da para perceber que é por um homem, estou certa?
 - Sim. - gaguejou.
 - Sabe de uma coisa, nenhuma dessas lágrimas dessas que esta derramando valem a pena. Mas mesmo sabendo que não valem a pena, continuamos correndo e sofrendo por eles.

Vanessa conversou com a senhora ate mais tarde. Aquela conversa mudou-lhe totalmente seu ponto de vista. Agora, dali em diante ela seria completamente diferente, iria se empenhar em novos projectos, mudar o visual e se dedicar vinte e quatro horas para seus filhos, Gabriella e David.

 - Oi mãe - disse assim que entrou em casa
 - Graças a Deus, porque demorou tanto? Achei que tinha sido abduzida por Ets.
 - Não, só fui dar uma volta, encontrei o Zac, fiz umas comprinhas e fiquei no parque.
 - Han... Perai encontrou o Zac.
 - Sim. - abaixou o olhar.
 - Ai Deus, pela sua cara da pra ver que não foi muito bom.
 - Hanne esta gravida
 - Filha... - ela não sabia o que dizer, esperava por tudo menos isso.
 - Tudo bem, daqui em diante sou outra Vanessa. Vou viver minha vida e o Zac vai viver a dele, foi assim que o destino quis.
 - Foi assim que ele quis, mas será que é assim que é pra ser?

Vanessa não respondeu e entrou para o quarto, ficou pensando na frase da mãe, o que será que ela quis dizer?... Dois dias depois! Era o dia "oficial" do exame. Hanne estava uma pilha de nervos, estava fazendo de tudo para Zac não ir com ela, dizia que era melhor ir apenas ela. Varias coisas algumas completamente sem sentido.

 - Zac. - chamou Hanne
 - Hum? - virou-se para ela.
 - Tem certeza que quer ir comigo?
 - Absoluta, não perderia isso por nada - Zac estava realmente animado

Hanne respirou fundo, tomou coragem e disse:

 - Zac.
 - Que foi querida?
 - Preciso te contar uma coisa, e preciso que se sente - disse nervosa.
 - O que ouve? Esta nervosa. Sabe que isso faz mal pro bebe... - Hanne o enterrompeu
 - Não existe bebe.

EBAAAAAAAAAAAAAAAA Finalmente eu postei e finalmente essa cacatua contou a verdade...!! 
E agora como será a reação de Zac???
O próximo capitulo vem amanha de noite - porque de tarde vou ter que ir na escola e depois na biblioteca fazer trabalho, obs: esse capitulo não ficou maior porque estou atrasada pra aula (eu não estudo de tarde, estudo de manha).. 
XOXO

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Hello People...

Queria pedir desculpa pela minha ausencia, estou de castigo e so posso mexer no computador um pouquinho, vou tentar fazer de tudo pra postar amanha, mas não garanto muita coisa não.. Ok??? 
Não me abandonem Please!!!!

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

1º de Setembro de 2005

Seis anos se passaram des do encontro de Zac e Vanessa, encontro esse que mudou suas vidas para sempre. Tudo começou nas audições de High School Musical - porem eles já tinham se visto antes, na estreia de Thunderbirds em Los Angeles Zac na estreia, e curiosamente Zac admite que gostaria de trabalhar com ela - Nas audições de High School Muscial a química foi inevitável, os elogios a parceira de palco Zac não deixava de lado, o primeiro beijo foi na cena final de HSM, porem o diretor achou que estava rapido e cortou a cena - infelicidade nossa. Com o tempo passando, quanto mais eles se conheciam, mais percebiam que tinham muito em comum, começaram a sair com amigos ou so eles e em 1º de Setembro começaram a namorar
Primeiro de Setembro é uma data muito especial para eles e para todos os Zanesa fãs, uma data em qual completam mais um ano de amor e complicidade. Porem, esse amor e complicidade não é mais tão real quanto antes. Mas não deixem de acreditar que o amor que havia entre eles em 2005 mudou ou acabou, eu não acho que acabou, eu ainda acredito no amor de Zanessa e você?
True love never dies... True love lasts forever... True love has no end





quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Capitulo 16

O voo foi longo e tranquilo, Vanessa dormiu a maior parte da viajem, a outra parte ficou conversando com a mãe ou olhando pela janela pensando em Zac. Ao chegar em Nova York, elas foram para o hotel, onde ficariam hospedadas. 


 - Vai lá agora?
 - Mais tarde. - sorriu 
 - Tudo bem, eu vou deitar, estou cansada
 - Vou dar uma volta por ai
 - Cuidado - disse Gina dando um beijo na testa da filha antes dela sair.
 - Pode deixar - sorriu


Vanessa não sabia onde iria, ou o que pretendia fazer só queria andar, pensar um pouco, pensar na vida, no passado, nos bebes e em Zac. A paisagem de onde estava era linda, estava perto do central park, sentou em um banco e ficou pensando.


Com Zac e Hanne.


 - Esta bem amor? - disse Zac chegando perto da cama. 
 - Sim. Vamos dar uma volta?
 - Com certeza. Onde gostaria de ir?
 - Sei lá, passear, ir ao central park talvez. - sorriu
 - Vamos.


Depois de se arrumarem, foram andando de mãos dadas pelas ruas de nova york rumo ao central park, parando em lojas e conversando. De longe Hanne viu Vanessa sentada em um banco no park, sentiu seu sangue fervendo de ódio, apesar de esta arrependida de esta fazendo isso com Zac não queria ver ele com Vanessa de jeito algum.


 - Amor vamos voltar?
 - Porque? Vamos dar uma volta no parque e depois voltamos
 - Não, então vamos nessa loja - disse puxando para a loja.


O que Hanne realmente não esperava e que os planos de Vanessa naquele momento era ir a mesma loja. Hanne tentou levar Zac para o mais fundo da loja pelo máximo de tempo possível.


 - Bom dia em que posso ajuda-los?
 - Vou experimentar esse vestido - disse Hanne. - Amor fique aqui que eu já volto.
 - Ta bem - ela deu um selinho nele e depois entrou no vestiário.


Pouco depois de Hanne entrar no vestiário Zac levantou e foi andar pela loja para ver se achava algo de entereçante.


 - Vanessa? - viu ela de longe e automaticamente foi ate ela. - Oi Vanessa
 - Han? - ela se virou e seu coração disparou - Oi Zac - sorriu
 - O que faz aqui?
 - Vim falar com você - sorriu tímida


Hanne assim que saiu do vestiário viu os dois conversando e ficou furiosa, deixou o vestido ali mesmo e foi ate eles.


 - Ola Vanessa, amor eu e o bebe estamos com fome.
 - Oi Hanne. - disse desfazendo o sorriso e segurando para não chorar. 
 - Perai Hanne, o que queria me falar Vanessa. 
 - Não era nada de importante, eu já vou. Tchau Zac
 - Vanessa espera...


Porem foi tarde de mais, assim que ela saiu da vista deles desabou em lágrimas.


 - Hanne, só estávamos conversando.
 - Eu sei, me desculpe. - abaixou o rosto.
 - Tudo bem, mas não faça isso mais.


Quem quer matar a Hanne poe o dedo aqui que já vai fechar e não adianta chorar!!!!
lol
O que acharam...? Obs: vou tentar sem mais presente no blog mês que vem... 
(quem sabe que dia e amanha??? Vou chorar:'()
XxxxX
10 Coments para o próximo 

sábado, 27 de agosto de 2011

Capitulo 15

Em quanto esperava a ligação de Ashley, Vanessa pensou o que falaria para Zac e pensou se ele aceitaria as desculpas dela. Ele de certa forma tinha todo o direito de agir como ela, mas Vanessa imaginou que ele seria mais compreensivo.


 - Hey Baby - disse Ashley assim que Vanessa atendeu. - Eu consegui a informação que queria
 - Então?
 - New York City. (obs: ashley deu o endereço todo ok?)
 - Valeu Ash - sorriu esperançosa. 
 - De nada, mas me conta qual vai ser o nome dos meus sobrinhos?
 - Gabriella e David

 - São perfeitos


Vanessa e Ashley ficaram no telefone pelas próximas uma hora, colocaram as fofocas em dia, Ash perguntou o que Vanessa pretende falar para Zac.


 - Ei, mas você esta preparada para talvez quando chegar lá ele estiver com outra?
 - Não. Mas vou arriscar.
 - Você também sabe que não pode se estressar certo?
 - Eu sei Ashley, vou fazer tudo na maior calma possível. 
 - Espero que sim.


Elas conversaram mais um pouco depois disso, e desligaram o telefone, Vanessa ligou para a companhia aérea, pediu para que reservassem sua passagem para o dia seguinte.


No dia seguinte.


Aquele seria o dia o qual Hanne nunca se esquecera... Ou talvez... Bem, aquele era o dia da ultra-sonografia, o dia que Zac iria fazer uma surpresa para Hanne, uma surpresa bem inesperada. A falsa consulta estava marcada para as dez da manha, um horário em que Zac estaria com certeza no trabalho, foi o que Hanne havia planejado. 


 - Bom dia amor - disse Zac acordando Hanne com um beijo no rosto. - Vamos nos arrumar, temos que ir à consulta
 - Bom dia, que horas são?
 - Nove horas.

Hanne logo caiu em si, o que diabos Zac estava fazendo ali?


 - O que você esta fazendo aqui, não devia estar trabalhando?
 - Devia, mas quis lhe fazer uma surpresa, vou a consulta com você.
 - Han? Mas... Mas... - "pensa, pensa, pensa... já sei" - Eu tive que remarcar a consulta para semana que vem.
 - Hum, que pena. Mas mesmo assim semana que vem eu vou com você e hoje posso aproveitar para mimar minha futura mulher e meu bebe. - disse passando a mão na barriga dela.


Aquele gesto de Zac fez ela se sentir muito culpada, ele estava realmente acreditando que ela estava gravida, que ele seria pai, ele seria mas não pai dos filhos dela. 


 - Zac, eu não estou me sentindo muito bem, vou ficar deitada e depois desço para tomar o café - deu um meio sorriso e depois virou para o lado.
 - Deve ser por causa da gravidez, o que esta sentindo?
 - Dor no coração. - disse melodramatica.
 - Estou lá em baixo qualquer coisa me grite. 
 - Claro.


Zac foi para a sala de tv, ligou a tv e ficou rodando os canais ate achar alguma coisa interessante para assistir, acabou que por fim assistiu uma matéria no E! sobre a Vanessa, onde fotografaram ela conversando e rindo com Charles.


 - É pelo menos ela estará sendo feliz.


Para Zac não importava com quem ela estivesse, mas sim que ela estivesse sendo feliz....


Com Vanessa


Gina iria com Vanessa ate Nova York, para que se algo acontecesse Vanessa tivesse alguém ao seu lado. 

 - Esta pronta Vanessa?
 - Não, eu não vou.
 - Porque não?
 - E se ele estiver com outra? Se ele tiver me esquecido? E se ele não quiser me ver nunca mais depois do tanto que eu esnobei ele?
 - Você só vai saber se for lá.
 - Então prefiro não saber.
 - Ande vamos, troque de roupa e enfrente os problemas, corra atrás dele, se ele estiver com outra, paciência. 


Vanessa deu um meio sorriso tristonho e concordou. Em poucas horas estava dentro de um avião rumo a New York...


O que acharam???
Se não tiverem gostado do capitulo falem que vou tentar melhorar no próximo..
10 comentário para o próximo
Xo