terça-feira, 20 de agosto de 2013

love story - capitulo 2

Após o taxi deixa-la em seu destino, Vanessa iria fazer uma pequena surpresa a Ashley. Ashley achava que Vanessa só chegaria na próxima semana e que iria busca-la no aeroporto. Ela tocou a campainha e Ashley atendeu.

- Você está aqui. - gritou e Vanessa riu e revirou o olhos.
- É logico que estou, onde mais estaria? - Ashley logo a puxou para um abraço.
- Achei que seus pais não iriam deixar você vir. - elas entraram na casa.
- Foi difícil, mas consegui convencer eles. - ela sorriu e abraçou a amiga novamente. - Estou tão feliz de estar aqui.

- Quem é Ash? - disse uma menininha de quatro anos entrando na sala.
- Oh meu Deus, essa é a Luna? - disse indo até a menina. - A titia Ash me fala tanto de você.
- Quem é você?
- Eu sou amiga da titia Ash. - disse com uma voz idiota de criança - Você a chama assim não chama? - Vanessa fez uma careta e Luna riu.
- Chamo. - sorriu. - Era pra ela estar lá em cima fazendo desenhos comigo. - fez um biquinho.
- Ah, então agora você desenha? Unicórnio e arco-iris?
- E princesas. - Luna.
- Olha só, agora temos a titia Vane pra desenhar com você. Que tal?
- Tô fora.
- Por favorzinho? - Luna.
- É por favorzinho? - Ashley imitou Luna.
- Tudo bem. - ela levantou a mão se rendendo.

Luna segurou a mão de Vanessa e a puxou até seu quarto, era rosa com algumas flores coloridas pregadas na parede, tinha uma grande janela que dava para todo o jardim e a área da piscina. Elas se sentaram perto de uma pequena mesinha onde havia varias folhas coloridas e lápis de cor. Elas passaram grande parte do resto da tarde desenhando, Ashley e Vanessa conversavam e uma hora ou outra Luna dizia algo.

- Ash? Luna? - disse uma voz no andar de baixo. - De quem são essas malas? - ele colocou suas coisas no sofá e subiu para o segundo andar da casa
- Papai. - Luna se levantou e correu para fora do quarto.
- Quem está aqui com você amorzinho?
- Uma amiga da Ash, ela é bem legal. Ela fez desenhos comigo. - disse abraçando seu pescoço.
- Vanessa?
- A própria Jake. - sorriu ao sair do quarto.
- Quanto tempo. - ele a abraçou logo depois de colocar Luna no chão.

Jake e Ashley eram casados a um anos, e poucos meses depois do casamento, Sofie ex-namorada de Jake apareceu na porta da casa do casal, com Luna. Foi um choque para todos. Vanessa consolou Ashley por semanas, foi quando chegaram a um acordo. Sofie não queria a filha, sua mãe havia lhe expulsado de casa e ela estava morando em lugares improvisados com a filha por três anos, e isso tinha que ter um fim. E então Jake e Ashley concordaram em cuidar da menina, em pouco tempo Ashley, que até então não gostava muito de crianças, se conectou com Luna, elas se divertiam e faziam coisas que mãe e filha fazem...
Logo apos o jantar Jake foi colocar Luna para dormir, e Ashley e Vanessa foram para o quarto de hospedes colocar o assunto em dia...

- Sabe acho que isso fortaleceu nosso relacionamento. - disse Ashley se deitando na cama.
- Isso é bom não?
- É, mas... Ah eu não sei. - ela abraçou um travesseiro e disse: - Mas e a senhorita, ainda tem muito que me dizer sobre Matt.
- Não tem o que dizer acredite. Ele é legal, mas só. As vezes, na maioria delas, ele é muito cheio de si, nos meses que convivi com ele, eu era praticamente um móvel na casa. Não posso me casar com alguém assim, e nem quero. - ela fez uma longa pausa. - Só tenho 24 anos, tenho que curtir minha juventude. Ter uma carreira antes de pensar em me casar ou ter filhos.

Ashley e Vanessa conversaram por horas, elas eram melhores amigas desde que se lembram. Quando pequenas aprontavam horrores, faziam tudo juntas.

...
Enjoy
Obrigada as meninas que comentaram no capitulo anterior, isso é muito importante pra mim.
comentários = escritora feliz = capítulos mais rápidos ;) 
Devem ter percebido que não coloquei prologo ou lista de personagens, é porque vou desenrolar tudo no decorrer da história. 

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

love story - capitulo 1

Era inicio de primavera em Toronto; as flores estavam lindas no jardim da família Hudgens, mas as coisas não estavam tão agradáveis dentro da casa. Vanessa, a filha mais nova dos empresario Clarisse e Henrik Hudgens estava de mudanças para a Califórnia. Clarisse, a tipica mãe protetora estava fazendo seu pequeno drama com a tentativa de convencer a filha a não se mudar.

- Não adianta mãe, já esta tudo programado. - mesmo com os pequenos ataques de drama de sua mãe, Vanessa não ia mais voltar atrás. Iria seguir sua vida, longe de todos aqueles com quem ela sempre conviveu.
- Mas minha filha, aqui é melhor pra você. Sua casa, sua família.
- Se vocês fossem realmente minha família não me obrigariam a me casar com alguém que não amo.
- Amor é irrelevante, você sabe. - disse Henrik.
- Assim como eu continuar morando nessa casa.
- Tudo bem, não vou discutir mais.

Apos colocar todas as malas no carro, Vanessa entrou em casa para se despedir uma ultima vez dos pais. Por mais que estivesse com raiva deles, não deixava de ama-los.

- Me prometa que vai me contar tudo. - disse Clarisse abraçando a filha.
- Prometo.
- Tem certeza que não prefere ficar?
- Tenho mãe, vai ser bom. Veja, vou poder fazer um curso, conseguir um emprego, e essas coisas normais.
- Você não precisa ser normal, pode ser você aqui. - sorriu
- Mãe. - repreendeu-a.
- Tudo bem, tudo bem...

Logo depois que se despediu do pai, Vanessa entrou no carro e o motorista a levou até o aeroporto, onde embarcaria para Los Angeles. Durante toda viagem, ela pensou se estaria fazendo a coisa certa, pensou algumas vezes em voltar atrás, mas oras, já cheguei até aqui... 
Horas e horas entediantes de voo, Vanessa finalmente desembarca em Los Angeles. Pega suas bagagens, chama um taxi e vai até o endereço que sua melhor amiga havia lhe dado...

...
new writer
enjoy ;)

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

2013

Desejo um feliz ano a todos voces, que nesse ano de 2013 seus sonhos se realizem, suas metas e que seja um ano de muita paz, amor, alegria.
xx mady!

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Cliquem, leiam, sigam...

"Amizade Colorida" Eu sigo e super indico essa web/fic, bom ela ainda não começou, mas tá com cara que vai ser ótima, é de uma pessoa muito especial pra mim, então... cliquem, leiam, sigam...

domingo, 29 de abril de 2012

Capitulo 35 - Fim!

 - Vanessa, Vanessa.
 - Han? - disse ainda com os olhos fechados
 - Minha filha você dormiu a manha toda, já são meio dia. Tem que levantar para arrumar as postas par...
 - Funeral?
 - Que funeral menina, ficou doida?
 - Não. Mas... mas.. mas..
 - Vanessa, você se drogou?
 - Não. Cade o Zac? Mãe não minta pra mim.
 - Ele esta lá em baixo. - respondeu - Vanessa tem certeza que não se drogou.

Vanessa levantou correndo, desceu as escadas. Logo que chegou ao primeiro andar procurou por Zac. Para sua surpresa ele estava na cozinha, dando almoço para os filhos.

 - Zac?
 - O que foi meu amor? - disse se levantando e indo ate ela.

Ela olhou nos fundos dos olhos dele, colocou a mão em seu rosto e disse:

 - Você esta vivo!
 - Estou
 - Você esta vivo! - repetiu - logo ela tirou as mãos do rosto dele e agarrou seu pescoço, e ele a abraçou. - Não me deixe, nunca. Não suportaria viver sem você. Eu te amo. Por favor.
 - Vanessa, meu amor. Eu nunca vou te deixar, eu te amo. Vamos ficar juntos para sempre. Neste ou em outro mudo.
 - Eu te amo! - repetiu.

Logo tudo estava esclarecido. Vanessa percebeu que tudo não passou que um terrível sonho, um sonho que de fato será difícil de esquecer. Mas iria esquece-lo aos poucos. O resto daquele dia foi uma paz e tranquilidade. Vanessa e Zac brincavam com os filhos .
Alex foi encontrado morto em uma fazenda, próximo a casa de Vanessa. Os policiais encontraram seu corpo atravez de uma denuncia anonima, junto a ele estava duas cartas uma que deveria ser entregue a Vanessa e outra onde ele dizia todos os crimes cometidos por Hanne
Hanne após saber da morte de Alex fugiu para o Japão, mudou seu nome e pintou o cabelo. E recomeçou uma nova vida esquecendo todo o passando, menos seu amor paranóico.

Zac e Vanessa se mudaram para o Canada, Vanessa abriu uma loja de roupas, Zac fundou na cidade uma nova empresa da família. Eles estavam ótimos, atualmente Gabriella e David tem dois anos e meio, são a alegria da vida deles.

FIM :D